Categoria

Economia

Categoria

Os três primeiros meses do ano já resultaram na piora da economia brasileira, trazendo aspectos negativos em meio ao cenário de incertezas em relação ao prazo de quando serão realizadas mudanças importantes no país, em especial a Reforma da Previdência. Em afirmação nesta quarta-feira (22), ap´ós palestra no Sindicado de Habitação (Secovi- SP), o presidente do Bradesco, Octavio de Lazari disse que o segundo trimestre está ainda pior e é de se esperar que com a aprovação da reforma da previdência seja possível correr atrás do tempo perdido no segundo semestre, isso traz grande desconforto para o mercado e está tendo grande influência sobre o PIB. No começo de 2019 as projeções financeiras para o PIB apontavam um crescimento na ordem de 2,5%, mas segundo Lazari o mesmo deve dicar em torno de 1,1% a 1,2% sem passar deste limite. O executivo ainda colocou em pauta que se houver a reforma na…

As taxas dos títulos públicos prefixados e negociados no Tesouro Direto se apresentaram em alta desde quinta-feira (16). No mesmo dia também ocorreu o leilão do Tesouro com a oferta de LTNs para vencimento em 2019, 2021 e 2023; NTNs – F para 2025 e 2029; e também LFTs para 2025. O Tesouro é um programa que possibilita a compra e venda dos papeis por investidores pessoas físicas pela internet. O papel prefixado com juros semestrais e vencimento para este ano oferecia retorno de 8,89% ao ano, dessa forma o investidor podia aplicar uma quantia minima de R$ 33,18 (sendo assim receberia uma rentabilidade proporcional ao aplicado) ou se preferisse, também poderia comprar o título integralmente por R$ 1.106,03. O investidor também pode aprender a usar a nova calculadora do Tesouro. A alta também ocorreu com os prefixados que vencerão em 2025, que pagavam taxas de 8,67% ao ano. Com estes títulos…

A agência Reuters divulgou nesta quinta-feira (16), que em meio ao cenário político e de atividade fraca no país, o principal indicador da bolsa paulista (B3) opera em queda. Um dia antes, o Ibovespa chegou aos 91.623 pontos, queda de 0,51%, o menor resultado desde o começo do ano. O reflexo da situação negativa do país pode ser visto nas instituições bancárias: Itaú Unibanco caiu 0,91%, Bradesco 0,78% e Banco do Brasil 1,57%. A Eletrobras caiu 3,72%, no entanto, representantes do setor elétrico relataram que o vice-presidente Mourão não pretende privatizar a companhia neste ano. A Vale, ao lado de mineradoras europeias, ganhou 1%. Já a Marfrig, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, subiu 8,1% após fechar o primeiro trimestre com lucro líquido continuado de R$4 milhões. A Pesquisa Focus mostrou que a expectativa de crescimento do PIB nacional está em 1,45%, porém, analistas esperam menos do que 1%.

A empresa Uber mal estreou na bolsa de valores de Nova York e já teve uma queda de 7,62% nas ações, este foi tido como o pior IPOs da bolsa Norte Americana. Em termos de percentual, a queda da Uber pode ser considerada a quarta maior da década, segundo a Bloomerang. Já em valores nominais, o percentual resultou perdas em cerca de US$ 618 milhões. De início a empresa arrecadava em torno de US$ 25 bilhões, mas nem todos os momentos bons duram para sempre. Com o andar dos negócios, a corporação passou a perder dinheiro todo trimestre e de acordo com seus relatórios financeiros, perdeu também valores astronômicos em pouco tempo. Com a estreia na bolsa na última sexta-feira (10), e em meio à incertezas em relação ao comércio internacional e a greve de seus motoristas, os investidores estão percebendo que a empresa está insustentável e até agora não se mostrou…