As taxas dos títulos públicos prefixados e negociados no Tesouro Direto se apresentaram em alta desde quinta-feira (16). No mesmo dia também ocorreu o leilão do Tesouro com a oferta de LTNs para vencimento em 2019, 2021 e 2023; NTNs – F para 2025 e 2029; e também LFTs para 2025.

O Tesouro é um programa que possibilita a compra e venda dos papeis por investidores pessoas físicas pela internet. O papel prefixado com juros semestrais e vencimento para este ano oferecia retorno de 8,89% ao ano, dessa forma o investidor podia aplicar uma quantia minima de R$ 33,18 (sendo assim receberia uma rentabilidade proporcional ao aplicado) ou se preferisse, também poderia comprar o título integralmente por R$ 1.106,03. O investidor também pode aprender a usar a nova calculadora do Tesouro.

A alta também ocorreu com os prefixados que vencerão em 2025, que pagavam taxas de 8,67% ao ano. Com estes títulos o investidor sabe exatamente o quanto terá de rentabilidade se manter um investimento até a data de vencimento. Além de rentabilidade predefinida, o rendimento é nominal, ou seja, é necessário descontar a inflação para obter o retorno real do aplicável. Saiba como investir no Tesouro Direto.

Author

Estudante de Comunicação Social - RTVi, apaixonada pelo mundo do entretenimento, audiovisual e literatura. Acredito que para alcançar a estabilidade que precisamos, a educação financeira é o primeiro passo.

Escrever comentário