Powered by Rock Convert

Juntar dinheiro é um sonho para muitos. Felizmente, cada vez mais, surgem opções que facilitam o processo de guardar dinheiro mensalmente. Uma destas, que é o tema deste post, é a Poupança Programada.

Não consegue juntar dinheiro? Entenda como funciona a Poupança Programada, que pode ser a solução para seus problemas.

Imagine a seguinte situação: Você possui uma Conta Poupança em determinado banco. Criou a mesma com o objetivo de depositar uma determinada quantia mensalmente nela, mas raramente consegue fazer isso.

E o pior, o dinheiro que você programou para depositar todo mês não te aperta financeiramente. Pelo contrário, ele sobra! Só que acaba sendo gasto com situações desnecessárias e, quando você percebe, ele já acabou.

Está interessado no serviço da poupança, mas não sabe exatamente o que ela é ou como funciona? Leia este artigo completo!

Está nessa condição? Quer acabar de vez com esse problema? Essa matéria pode te ajudar.

Como funciona a Poupança Programada?

Como abrir uma Poupança Programada?

  • Primeiramente, para acionar essa opção, é necessário ter uma Conta Corrente e uma Poupança no mesmo banco.

Nomes da Poupança Programada:

É importante saber que os bancos costumam dar outros nomes para serviços iguais.

  • Por exemplo, o Santander chama a Poupança Programada de DPP (Depósito Programado em Poupança).
  • investimento programado,
  • depósito programado em poupança
  • e existem bancos que apenas indicam a poupança programada como uma forma de programar seu investimento. O serviço é o mesmo.

O que a Poupança programada faz?

  • Assim, o que esse serviço faz é retirar uma quantia mensal da sua Conta Corrente e transferir para a Conta Poupança, no dia marcado.

Desta forma, o dinheiro sai de uma conta sua para outra sem que você precise realizar esse procedimento. Ou seja, uma excelente opção para aqueles que querem juntar dinheiro, mas não conseguem.

Powered by Rock Convert

Calculando a Poupança programada: Valores

Por exemplo, caso você programe para transferir todo dia cinco, a quantia de R$500,00 através da Poupança Programada, em um ano você terá R$6.000,00 + correções mensais, sem perceber que esse dinheiro saiu mensalmente de sua Conta Corrente e foi para a sua Conta Poupança.

Vale a pena fazer uma Poupança Programada?

Alguns fatores devem ser levados em consideração antes de responder a essa pergunta:

O rendimento da Conta Poupança é o suficiente para seus planejamentos?

A Poupança possui uma das menores taxas de rendimento mensal do mercado. Caso você possua planejamentos que dependem de uma boa quantia de dinheiro, talvez outras opções sejam mais favoráveis, tais como o Tesouro Direto.

Você possui controle sobre sua vida financeira?

Caso possua o risco de se “apertar” financeiramente, talvez não seja a melhor opção ter uma quantia sendo retirada de sua Conta Corrente todo mês, já que esse valor pode vir a fazer falta para você.

É possível cancelar a Poupança Programada?

Cada banco possui uma política para a programação.

  • O correto a se fazer é procurar informações na agência bancária ou no site do banco antes de acionar essa opção.

Alterar valor e data da Poupança programada

O ideal é que dúvidas como a possibilidade de diminuir ou aumentar o valor transferido mensalmente, a data de realização da transferência e a possibilidade de cancelamento, sejam tiradas antes de começar a utilizar esse serviço.

Ademais, o melhor é se programar para esse desconto mensal, de tal forma que o mesmo traga rendimentos e benefícios, e não malefícios.

Conseguiu tirar suas dúvidas sobre Poupança Programada? Então tire outras dúvidas e acompanhe mais matérias aqui no Juros Baixos.

Powered by Rock Convert

Comentários

Shares