!

Simule agora o seu empréstimo e contrate online


3 parcelas
1 12

R$ 2.000
R$0 R$20.000

Simule o seu empréstimo e consiga um crédito com taxas mais baixas. Confira ao lado as melhores opções de bancos, simule e contrate agora.
Confira o resultado da simulação abaixo.

Cartão De Crédito - Parcelamento Da Fatura - Confira as melhores opções!


valor=2000 parcelas=3 cat=cartaoparcelado temimovel=0 temveiculo=0 negativado=0

Online ?

Nesses bancos você pode pedir o empréstimo online! Rápido e fácil, não é mesmo? Além disso, o processo online tende a ser mais barato que os tradicionais, por ser mais intensivo em tecnologia.

Bancos tradicionais ?

Os bancos desse grupo são as grande instituições financeiras tradicionais do Brasil. De um modo geral, esses bancos não possuem taxas muito baratas, mas caso você seja correntista de algum deles, e possua um bom histórico, pode vale a pena pegar o empréstimo nesse banco. Caso contrário, a taxa pode ser bem alta!

Pan

Pan

R$ 805,36 /mês

10,08 % ao mês (216,59 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Inter

Inter

R$ 695,27 /mês

2,13 % ao mês (28,78 % ao ano)

Não tá online ainda =(
BMG

BMG

R$ 727,27 /mês

4,48 % ao mês (69,20 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Banrisul

Banrisul

R$ 739,51 /mês

5,37 % ao mês (87,33 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Bradesco

Bradesco

R$ 741,31 /mês

5,50 % ao mês (90,12 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Bradesco

Bradesco

R$ 763,50 /mês

7,10 % ao mês (127,76 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Itau

Itau

R$ 766,84 /mês

7,34 % ao mês (133,96 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Omni

Omni

R$ 766,98 /mês

7,35 % ao mês (134,22 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Santander

Santander

R$ 775,37 /mês

7,95 % ao mês (150,42 % ao ano)

Não tá online ainda =(
BV

BV

R$ 777,19 /mês

8,08 % ao mês (154,06 % ao ano)

Não tá online ainda =(
BB

BB

R$ 777,33 /mês

8,09 % ao mês (154,35 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Caixa

Caixa

R$ 778,17 /mês

8,15 % ao mês (156,05 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Itau

Itau

R$ 779,15 /mês

8,22 % ao mês (158,04 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Bradesco

Bradesco

R$ 799,00 /mês

9,63 % ao mês (201,41 % ao ano)

Não tá online ainda =(
Fonte: Foram usadas as taxas de juros médias obtidas no site do Banco Central. Para Geru, Just, Lendico, Simplic, Moneyman, Ferratum foram utilizadas as taxas do menor Custo Efetivo Total possível, divulgadas em seus respectivos sites. Para empréstimos indexados (por exemplo ao IPCA ou IGP-M), como os empréstimos com garantia de imóvel de Bcredi, Creditas, Domus, Inter, foram usadas as taxas de juros. Para CrediPronto foi usada a taxa de juros média informada pela empresa.
Última atualização: 02/04/2018.
Observação: As taxas apresentadas não representam compromisso dos bancos ou certeza de obter um empréstimo, e podem ser alteradas a qualquer momento sem aviso prévio. As taxas podem variar de acordo com o seu risco de crédito.

Cartão de Crédito

O cartão de crédito é uma forma rápida de ter dinheiro emprestado: você compra algo hoje e só paga no dia do vencimento da fatura. É rápido, fácil, e super conveniente. Por isso mesmo, você pode cair na grande cilada de descuidar do seu orçamento e estourar o seu limite. Se você fizer isso e não conseguir pagar toda a fatura, você terá duas opções:

Crédito Rotativo

É o que acontece quando você escolhe pagar qualquer valor entre o “pagamento mínimo” e o total da fatura. O que você não paga acumula para o próximo mês adicionado de juros estrondosos. São taxas de juros que pode chegar a mais de 18% ao mês!

Ou seja, se você teve uma fatura do cartão de crédito no valor de R$ 2.000 e escolheu pagar apenas R$1.000, você terá de pagar no próximo mês os R$ 1.000 faltantes mais os juros no valor de R$180! A dívida de mil reais se transforma numa dívida de R$1.180, de um mês para o outro.

O uso constante do crédito rotativo pode fazer com que suas dívidas virem uma grande bola de neve.

Parcelado

Felizmente você tem uma opção bem mais barata! Caso não consiga pagar toda a fatura, peça para o seu banco ou operadora de cartão de crédito o parcelamento da fatura. Os juros são bem menores do que no crédito rotativo (em média, 8% ao mês). Além disso, essa é uma ótima oportunidade de reorganizar suas finanças e, gradualmente, deixar de se endividar no cartão de crédito.

A tentação do crédito fácil pode te prejudicar no futuro. Assim, tenha consciência na hora de usar o crédito: Para que você vai usar esse dinheiro? Já tem um projeto bem pensado para ele? Autocontrole é fundamental na hora de ter um cartão de crédito.

Anuidade

Ainda que você sempre pague o total das faturam em dia, sem parcelar, fique atento aos custos que passam desapercebidos. A anuidade é a quantia que você paga ao banco para poder ter um cartão de crédito. Geralmente ela vem parcelada, diluída nas faturas.

Porém, atualmente, alguns cartões não cobram anuidade! Esse é o caso, por exemplo, do Banco Intermedium e do famoso Nubank. Mesmo sem anuidade, eles conseguem prestar ótimos serviços, até melhores do que os bancos tradicionais.

Vantagens

Praticidade: Um cartão de crédito é essencial para fazer compras na internet com agilidade, usar em aplicativos, etc.

Suaviza o consumo: permite que você, dentro de um mês, consiga arcar com pequenas despesas extras, e pagá-las ao fim do mês.

Parcelamento: permite que você compre um bem ou serviço mais caro de forma parcelada.

Riscos

Juros Altos: Cartão de Crédito rotativo é o grande vilão dos juros no Brasil: juros de 482% ao ano no crédito rotativo! Não caia na cilada de pagar o mínimo da fatura.

Crédito Fácil: o que é uma vantagem pode ser uma desvantagem. Autocontrole e noção de restrição no orçamento são necessários para o cartão de crédito não se tornar um pesadelo na sua vida.

E o cheque especial?

Nós te desencorajamos fortemente a usar o cheque especial. Fuja dele! As taxas de juros são astronômicas e podem mais do que quadruplicar em um ano! Imagine só uma dívida sua de mil reais que se transforma em 4 mil ao fim de um ano? Um absurdo. Se for o caso, ligue para o banco e peça para eliminar esse serviço. Pode ser que o gerente do banco não se anime muito com isso, mas certamente você vai se agradecer bastante no futuro.

Em vez de usar o cheque especial, faça você mesmo uma pequena poupança para emergências. Estabeleça uma meta: por exemplo, sua poupança tem sempre que ter R$ 200 para emergências. Ter duzentos reais na conta é o seu novo “minha conta está zerada”. Quando abaixar disso, você vai lá e repõe. É muito melhor do que virar escravo do banco.

E caso você já tenha caído na cilada do chque especial, nao se desespere: você aidna pode parar a bola de neve. Converse com o gerente do banco, cancele o cheque especial e peça uma renegociação dessa dívida. Você poderá pagar parcelado e as taxas costumam ser bem baixas!

Empréstimos pessoais são mais baratos

Em vez de ficar pagando juros altos no cartão de crédito ou cheque especial, quite suas dívidas! Pegue um empréstimo pessoal e acabe com as dívidas caras!

Simule aqui empréstimos pessoais online!