Frente ao cenário do grande número de poços artesianos perfurados de forma irregular, a startup Poços Artesianos Já atua no sentido de educar os cidadãos da importância da regularização, além de oferecer soluções de crédito através de parcerias estratégicas.

A irregularidade no mercado de poços artesianos é tão antiga quanto a existência da prática no Brasil. Esse comportamento, que coloca em xeque a sustentabilidade de bacias hidrográficas, representa 90% das perfurações realizadas no País. É o que mostra um estudo do Instituto Trata Brasil em parceria com o Centro de Pesquisa de Águas Subterrâneas da Universidade de São Paulo. O levantamento apontou ainda que o número total de perfurações ilegais ultrapassa a marca de 2 milhões.

Tendo em mente essa realidade e com objetivo de mudar a forma como este mercado tão importante é tratado no Brasil, alguns órgãos e empresas privados criam iniciativas a fim de auxiliar na preservação deste recurso indispensável à vida: a água!

Como é o caso da Poços Artesianos Já, empresa que conecta empresas de perfuração e manutenção sérias e idôneas com potenciais clientes. A empresa recebe mensalmente o contato de mais de 1.000 clientes interessados em perfuração e manutenção de poços artesianos. De acordo com João Paulo Ayres Nogueira, sócio-fundador da Poços Artesianos Já “a maioria dos clientes buscam os serviços mais baratos, sem saber dos riscos que a perfuração de um poço irregular traz para o próprio cliente, para o meio ambiente e para nossa sociedade como um todo. Nosso trabalho é educar esses clientes para que possam tomar uma decisão consciente sabendo de todos os riscos desta prática ilegal de perfuração”.

Empresas buscam aumentar a parcela de poços perfurados regularmente através da educação e viabilização de produtos financeiros.

Ainda segundo João Paulo, “muitos dos clientes que buscam o poço irregular o fazem pelo menor custo e por falta de capital. Pensando nisso fizemos uma parceria com o Juros Baixos, uma fintech de empréstimo para oferecer financiamento voltado para a perfuração. A partir dos resultados, estamos olhando para o mercado de consórcio e discutindo a estruturação de um produto original com uma das maiores administradoras de consórcio do país, a fim de lançar um produto inovador e adequado para este mercado com o foco de atingir aquele público que não conseguiria um financiamento ou que não possui pressa para a perfuração e pode esperar a contemplação da carta de crédito”.

A atuação da empresa vem mostrando resultados para as empresas de perfuração parceiras. É o caso da CL Ambiental, do gerente comercial João Vitor. “A parceria está sendo fundamental para a captação de novos clientes e está alavancando as vendas da nossa empresa. Estamos no mercado há mais de 21 anos e vemos com muito bons olhos a atuação da Poços Artesianos Já com foco em não apenas gerar negócios para seus parceiros, mas educar os clientes sobre a importância da perfuração de poços regulares e auxiliar na entrada do mercado financeiro para o setor de poços artesianos”.

Matéria realizada pelo portal Por Dentro de Minas 

Author

Estudante de Jornalismo, apaixonada por política e cultura, seu maior objetivo é viajar pelos quatro cantos do mundo. Ela acredita que todos nós somos únicos e que é possível mudar a vida das pessoas através da educação financeira.

Escrever comentário