Powered by Rock Convert

É a pessoa que irá usufruir de um bem arrendado, cedido pelo proprietário (arrendador), mediante a pagamento. Durante o contrato de arrendamento, o arrendatário deverá se responsabilizar por todos os custos do bem, assim como ficar com os lucros obtidos.

Os bens cedidos ao arrendatário geralmente são pontos comerciais, prédios, automóveis (leasing), fábricas, entre outros.

Diferenças entre o arrendatário e o locatário

Os dois termos podem se confundir, porém, a principal diferença é que o arrendatário tem a possibilidade de adquirir o objeto arrendado ao término do contrato. Aqui, os pagamentos feitos durante o contrato de arrendamento são contabilizados no valor final de venda do imóvel ou automóvel.

Já o locatário até pode comprar o bem, mas tal condição não consta nas cláusulas do contrato de locação. Os valores pagos pelo aluguel não entram no processo de aquisição.

Arrendatário deve se responsabilizar pelo bem durante toda a vigência do contrato.

Alguns cuidados para tomar antes de arrendar um bem

Também é importante se atentar a alguns detalhes antes de decidir arrendar um bem. Abaixo você confere alguns desses cuidados:

Pesquise mais de uma propriedade

Não economize nessa tarefa. Lembre-se que ser arrendatário de um bem exigirá que você se responsabilize por ele durante muitos meses.

Leve em consideração tamanho, valor de mercado, localização, condições de infraestrutura, etc.

Só opte por bens com os quais possa arcar

Todo o mês você deverá pagar a taxa do arrendamento ao proprietário. Portanto, não se iluda arrendando algo que possa lhe trazer problemas financeiros no futuro.

O aconselhável é que o valor pago pelo objeto arrendado não ultrapasse 35% de sua renda mensal.

Peça os documentos do bem

Não hesite em pedir todos os documentos do bem ao arrendador: certidão de registro do imóvel, planta, contas de energia, escritura, certidões, entre outros.

Esses documentos impedirão que você entre em alguma cilada, optando por um bem irregular – o que, com certeza, lhe trará muita dor de cabeça.

Pontos comerciais

Caso você queira continuar com a atividade do local que irá arrendar, peça informações sobre investimentos, lucros, gastos com funcionários, clientes, etc.

Isso pode garantir que você feche um bom contrato e lucre com o negócio.

Contrato detalhado

Aqui, recomendamos que você só feche um contrato junto a uma agência de arrendamento ou com presença de um advogado de confiança. Lembre-se de que o arrendatário é responsável por toda a manutenção do, portanto, se não prestar atenção, poderá arcar com mais custos do que previa.

Alguns dos dados essenciais do contrato de arrendamento estão:

– Identificação das partes envolvidas no negócio;

– Dados completos do imóvel ou veículo arrendado;

– Duração do contrato;

– Opção do arrendatário em adquirir o imóvel com o abatimento das parcelas já paga durante a celebração do negócio;

– Valor das mensalidades;

– Eventuais atualizações de valores;

– Quem ficará com possíveis gastos adicionais: documentações, seguro, custas, etc.

Guarde todos os comprovantes

Obviamente, não basta saber sobre Arrendatário – o que é e qual o seu significado é muito importante também que sejam guardados todo e qualquer comprovante ou documento    referente ao objeto arrendado. Mensalidades pagas e comprovantes de gastos com melhorias, com documentos e possíveis taxas.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares