Um financiamento é considerado de longo prazo, quando a dívida ultrapassa um ano. O Brasil é um mercado muito promissor para as instituições financeiras, afinal, são bilhões de reais emprestados por ano, inclusive para os serviços de financiamento de longo prazo.

Além disso, há instituições financeiras e bancos variados no Brasil, que oferecem diversos serviços financeiros, diferenciando muito em suas taxas e condições. Um exemplo, é o tempo de financiamento que ocorre num período de 5 há 20 anos, mostrando como as condições podem variar.

Por isso, é muito importante conhecer bem como funciona o financiamento de longo prazo e estar apto para escolher o seu, caso precise.

Quais são as opções de financiamento de longo prazo e onde solicitar

As opções de financiamento de longo prazo variam, por isso, é importante conhecer cada uma e saber como funciona.

Entender como um financiamento funciona é essencial para solicitar um

Empréstimos

Os empréstimos são recursos de liberação de crédito, a partir da análise do perfil do solicitante e das condições de pagamento. Algumas instituições que oferecem esse tipo de financiamento são:

  • BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social): é um incentivo do governo destinado para futuros empresários e, também, para empresas já existentes; cujo disponibiliza cerca de 20 milhões de reais em projetos, atualmente.
  • Bancos: Banco do Brasil, Banco da Amazônia, Banco do Nordeste, Caixa Econômica Federal, Banco Itaú, Santander e HSBC, entre outros.
  • Financeiras: Instituições especializadas em fornecimento de crédito.

Debênture

Com garantia ou sem garantia, essa modalidade de financiamento de longo prazoé um tipo de aplicação que pode ser realizada e financiada por uma empresa privada. Dessa forma, os juros serão retornados para a empresa, que investiu o valor no empréstimo.

Sobre todas as Debêntures é preciso pagar o imposto de renda, que varia de 15 a 22,5%, dependo do tempo de financiamento. Existe três tipos de debênture, que são:

  • Debênture prefixada: gera uma renda no momento em que o título é emitido. Dessa forma, o valor é fixo todo o mês, evitando surpresas;
  • Debênture pós-fixada: é uma aplicação sem garantia e a sua rentabilidade será de acordo com a taxa Selic ou o CDI, ou seja: as taxas variam por mês.
  • Debênture híbrida: nessa aplicação acontece uma mistura de prefixada com pós-fixada, sempre corrigida pelo IPCA, que indica como está a inflação naquele momento.
  • Debênture incentivada: essa é uma aplicação diferente, pois, as empresas privadas do setor de infraestrutura são as responsáveis pela venda deste título. Além disso, é também a única debênture isenta de imposto de renda.

Aluguel de ações

O aluguel de ações com renda fixa na bolsa de valores é uma ótima opção de financiamento. Essa modalidade funciona quando ocorre o aluguel de uma ação de terceiros, que varia entre uma taxa de 1,0% e 5,0% ao ano.

O dono da ação é quem estipula o valor da taxa a ser paga, sendo que algumas ações podem chegar até a 10% ao ano, o que a, longo prazo, pode se tornar uma renda fixa na bolsa. Após o prazo do contrato é obrigatório o encerramento do acordo como foi contratado, sendo que nesse tipo de acordo é preciso deixar algum tipo garantia.

FGTS

O FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) pode ser utilizado para a construção civil, e obras de infraestrutura urbana. A empresa de construção, tendo um convênio com o banco ou instituições financeiras, entra com a solicitação e as parcelas do empréstimo são descontadas no holerite do funcionário. Os juros não ultrapassam 3,5 ao mês.

Financiamento a longo prazo para empresas

A empresa que precisa de dinheiro para começar um projeto ou mesmo para quem quer começar um negócio, pode adquirir um financiamento de longo prazo e, também, contar com o capital de giro. Para isso, é preciso apresentar uma garantia e caso não cumprir com as obrigações do parcelamento, o valor será descontado dessa garantia, que poderá ser uma hipoteca ou até mesmo uma garantia pessoal (aval).

Para fazer um bom financiamento e indispensável a contratação de um bom consultor financeiro de negócios e empreendimentos, que irá te direcionar para as melhores condições de empréstimo, sendo que o principal financiador para empresas hoje é o BNDES.

Vale lembrar que o projeto precisa ser aprovado para que haja continuidade ao andamento da solicitação, por isso, apresentar um bom projeto é fundamental, pois, esse tipo de financiamento de longo prazo empresarial, contribui para a economia do País.

Financiamento de longo prazo para imóveis

Geralmente um financiamento de longo prazo imobiliário leva em média de 20 a 30 anos para ser quitado. Cada pessoa possui uma renda mensal que deverá ser comprometida apenas em parte, com o empréstimo, sendo essa parte de no máximo 30% da renda.

Para prestação da casa ou do apartamento, que tende a equivaler cerca de 3 vezes mais do que o valor médio do salário do brasileiro, esse tipo de financiamento pode ser ideal. Porém, dependendo do empréstimo pode ser exigido de 30 a 40% do valor financiado, à vista, para que ocorra a liberação do crédito solicitado.

O financiamento a longo prazo é uma ótima saída para quem deseja a casa própria

Para saber o valor da parcela que poderá pagar, é preciso fazer as contas dos gastos comuns do dia a dia e dívidas atuais. Isso é importante, pois, não se pode esquecer de que deve se levar em conta o valor da documentação da casa, como a escritura, registro em cartório e outros gastos relativos a aquisição de imóvel, cujos não costumam ser baratos.

Financiamento a longo prazo para automóveis

O financiamento do carro pode ser realizado em até 60 vezes, disponibilizando duas modalidades de financiamento de longo prazo: o Leasing, que funciona como se o carro fosse alugado para você, pois, você não poderá vendê-lo antes do término do pagamento. Além disso, o prazo máximo é de 24 meses.

Já a modalidade CDC, possibilita que no fechamento do contrato o carro já fique no seu nome. Porém, as taxas são um pouco mais altas, pelo fato do banco poder ficar no prejuízo caso o contratante não honre com o compromisso do pagamento.

Aposte no financiamento de longo prazo!

Seja qual for o motivo do seu financiamento, sempre faça um planejamento e simulações antes de fechar. Assim, você terá mais segurança e certeza de que está optando por um bom empréstimo. Caso haja dúvidas, escreva nos comentários!

Comentários