Você sempre achou não precisava de uma conta no banco, ou se achava jovem para ter uma?

Não se sinta sozinho, de acordo com a Fecomércio/RJ há quase 50% da população brasileira sem uma conta bancária.

Você está em dúvida sobre abrir ou não uma conta para você? Podemos te ajudar. Antes de alertar sobre os cuidados que se deve ter antes da abertura e posteriormente ao fechamento da conta, destacamos as vantagens de utilizar dessa comodidade, afinal ter uma conta hoje é sinônimo de praticidade.

Por que eu teria uma conta corrente?

Falamos aqui especificamente da conta corrente, a mais comum logo depois da conta poupança e da conta salário.

A primeira coisa a ressaltar é que uma conta no banco não deve ser sinônimo unicamente de um local para que você guarde o seu dinheiro. Apesar de ser essa a mais conhecida e notória funcionalidade, ter uma conta é sinônimo de praticidade e de muitos benefícios.

Antes de tudo a conta corrente não tem obrigatoriedade de tempo de depósito e retirada. Em outras palavras, você pode depositar a qualquer momento e fazer uma retirada ou transferência a qualquer momento, concomitantemente.

Praticamente não há restrições quanto a abertura de uma conta corrente, podendo contemplar pessoas físicas, famílias inteiras, casais, ONG’s, institutos e empresas.

Os únicos requisitos básicos para conseguir a abertura da sua conta são: comprovante de renda, comprovante de residência (ambos recentes, três meses é o tempo máximo) e documentos de identificação com foto.

Benefícios

Financie e empreste com facilidade: não é recomendado que você recorra constantemente a empréstimos bancários, nem entre em muitos financiamentos. Contudo, se você for um correntista poder usufruir deste dois serviços de forma mais barata.

Quando você precisa de dinheiro e recorre a uma financeira é esperado que a tributação incidente seja maior que a oferecida pelos bancos aos seus clientes. Essa é uma boa opção para que você consiga empréstimos de maneira mais tranquila, não tendo de pagar tantas tributações, juros e multas.

Você não tem como comprovar a renda que recebe? Ou as formas de comprovar que você possui não são válidas para o banco? Você pode utilizar a sua movimentação em conta como forma de comprovar renda. Você pode utilizar dessa vantagem na hora de solicitar financiamentos junto ao próprio banco ou a outras instituições financeiras.

O cartão de crédito é um dos benefícios proporcionados aos correntistas, mas o serviço pode apresentar taxas. Antes de solicitar confira o valor da anuidade.

Cartão de crédito

Solicitar um cartão de crédito pode ser um pouco difícil se você não tem um histórico com o banco. Para correntistas, o cartão bem como o talão de cheque são benefícios que você pode pedir apenas com um clique ou telefonema para o seu gerente assim que faz a abertura da sua conta.

Quando pensamos no cartão de crédito e até mesmo no cheque você tem um benefício em mãos e se usado de forma adequada pode facilitar ainda mais a sua vida.

Agora que você já sabe dos benefícios, veja alguns cuidados que deve adotar para que a conta corrente seja de fato sua amiga.

Antes de partir para o banco tenha conhecimento dos seus direitos e principalmente do que a instituição pode ou não fazer ou exigir de você.

Quando você escolher o banco que receberá a sua conta (essa escolha deve ser feita com vista na melhor taxa cobrada para cada serviço que você deseja contratar).

Eu preciso contratar serviços e ter gastos com a minha conta?

O banco deve oferecer alguns serviços gratuitos para o cliente entre eles o cartão de débito, a segunda via do cartão quando a validade do cartão expirar, consulta de saldo e extratos digitais pelo app ou site do banco, dois extratos impressos mensalmente e até quatro saques feitos diretamente no caixa de autoatendimento.

Se você precisar de outros serviços é fundamental que você verifique a taxa cobrada e qual o melhor pacote para atender suas necessidades.

Alguns serviços que podem ser cobrados pela instituição financeira são: segunda via do cartão de em caso de perda, roubo ou dano ocasionado pelo portador e taxas de manutenção no caso cartões de crédito.

Uma dica geral mas ainda muito valiosa é: leia o contrato antes de assinar e isso não vale apenas para a abertura de contas. É sempre primordial que você conheça ou tenha ciência de cada cláusula dos contratos que assina.

Você já sabe os cuidados que deve adotar antes de usufruir dos benefícios de ter uma conta corrente, entretanto é necessário que você conheça algumas coisas antes de solicitar o seu cancelamento.

Essas informações devem ser consideradas também antes da própria abertura, porque em caso de encerramento são essas situações e problemas que você poderá enfrentar.

Encerramento da conta sem complicação

Da mesma forma que você pode realizar depósitos e saques a qualquer momento, você também pode realizar o fechamento da sua conta a qualquer instante.

Desta forma é importante que você saiba que, embora o banco possa dificultar um pouco esse processo, você pode fazê-lo quando for melhor para você, seguindo apenas algumas exigências.

Antes de solicitar o encerramento certifique-se que os débitos automáticos que você programou foram devidamente debitados e os cheques emitidos foram compensados.

Assim que o fechamento da sua conta for oficialmente feito mediante apresentação de formulário próprio do banco devidamente preenchido avise os prestadores de serviço para que providenciem o pagamento de outra forma.

Tenha em mente que ao cancelar a sua conta você deverá devolver todos os cartões e os cheques, declarando não tê-los utilizado.

Alguns bancos no processo de dificultar o encerramento da conta por parte do cliente podem exigir que você retire todo o dinheiro depositado, o que pode ser realmente um desafio se você tiver valores quebrados em sua conta. (R$ 23,67 por exemplo).

O indicado nesses casos é tentar em um estabelecimento realizar a compra do valor exato para que a conta apresente saldo zero. Outra forma de resolver isso é que você tente fazer uma transferência para alguém.

Se você apresenta débitos com a instituição financeira tenha em mente que só poderá cancelar quando quita-los inteiramente. Pendências financeiras podem justificar que o banco dificulta todo o processo. É possível, contudo, solicitar o cancelamento e tentar renegociar a dívida.

Comentários