Categoria

Dívidas

Categoria

Os principais bancos do país já prorrogaram o pagamento das dívidas de pessoas físicas, micro e pequenas empresas em 60 dias por conta da epidemia do Coronavírus. Isso é importante para ajudar a economia brasileira nesse momento de crise e a ideia é facilitar a renegociação para empresas e seus clientes. A BV também prorroga as dívidas de empréstimo A BV também anunciou um pacote de medidas para auxiliar seus clientes a lidar com a crise e todos aqueles que possuírem um pagamento em dia com a BV pode solicitar 60 dias a mais para pagar as próximas parcelas, sem nenhum tipo de acréscimo. Para contratar, você pode entrar em contato com a BV pelos telefones abaixo, de 2ª a 6ª feira, das 7h às 22h. 3003 1616 (capitais e demais regiões metropolitanas) 0800 701 8600 (demais localidades) Os pagamentos podem ser estendidos nos seguintes produtos: Financiamento de veículos; Financiamento para Energia…

 Pagar as dívidas é o desejo de todos os brasileiros que estão inadimplentes e com o nome no cadastro de devedores. Afinal, com o nome sujo a vida se torna difícil, a pessoa não consegue fazer financiamentos de veículos ou casas e nem pedir empréstimos bancários. Entretanto, é importante que o devedor saiba quais são as dívidas que ele precisa pagar antes de todas as outras. Ninguém gosta de contrair dívidas, mas depois do problema instaurado é preciso ter planejamento para as contas atrasadas não virarem uma bola de neve. Diante de inúmeros compromissos para cumprir, é primordial saber quais são as dívidas principais. Se começar a pagar as dívidas de modo aleatório, o cliente corre o risco de gerar mais juros e aumentar os débitos. Antes de encarar todas os boletos acumulados, você deve buscar dicas. 10 dívidas que você precisa pagar antes de todas as outras para reorganizar o seu…

As dívidas estão tirando o sono de muitos brasileiros e não é para menos. Incertezas da economia, fantasma do desemprego, altas taxas cobradas pelos bancos e operadoras de cartão. Não faltam motivos para preocupação. Por isso, é preciso planejar bem e controlar os gastos. Vamos dar 5 dicas fundamentais para não se endividar durante o ano e colocar a cabeça no travesseiro com mais tranquilidade. Planejar é preciso, controlar também Se você não faz um planejamento das suas finanças, não faz um orçamento e não controla seus gastos, está seguindo uma receita certa para perder dinheiro e noites de sono! Você precisa ter um orçamento, incluindo o seu salário líquido e todos os gastos do ano. Inclua tanto os gastos esporádicos como IPTU, IPVA e escola das crianças, quanto os gastos mensais como água, luz e supermercado. Além disso, inclua também os gastos com lazer e despesas pequenas como o cafezinho e…

Não é sempre que conseguimos manter as contas de acordo com nosso orçamento. Surpresas acontecem e, como diz o ditado popular, para pagar a janta, acabamos vendendo o almoço. É nesse momento que pode acontecer a inadimplência e o nome do consumidor fica “sujo”, ou seja, fica retido em uma lista de devedores e impede novas compras ou financiamentos. Confira neste artigo algumas situações que podem deixar o “nome sujo” e como evitá-las. É bastante comum que a inadimplência leve o nome de uma pessoa para o SPC (no caso de comércio ou prestação de serviços) ou no Serasa (no caso de bancos e empréstimo de financeiras) e ela nem fique sabendo a princípio. Muitas vezes, a pessoa só fica sabendo exatamente quando está precisando de dinheiro, o que deixa a situação ainda mais complicada. E nestes casos, não há nem tempo para lamentar. A maioria das empresas já acionam o Cartório…