compare cartoes de creditoPowered by Rock Convert
Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Muitas pessoas se enrolam em dívidas e acabam até mesmo ficando com restrição no nome. Na grande maioria dos casos, isso acontece porque a pessoa tem o hábito de comprar muito, sendo essas pessoas denominadas consumistas. É preciso então ter disciplina e consciência para não cair nas armadilhas dos incentivos ao consumismo, de modo a reduzir o consumo desenfreado no dia a dia. Trouxemos aqui 10 dicas para te ajudar com isso. Veja.

1) Evite ao máximo uso do cartão de crédito

Da mesma forma que o cartão de crédito facilita e ajuda muito em alguns casos, ele pode se tornar um verdadeiro vilão nas mãos de pessoas que possuem o hábito do consumo desenfreado, justamente, por causa da facilidade que ele oferece para a realização de compras. Por isso, evite ao máximo utilizar cartão de crédito, recorrendo a ele somente em casos de extrema necessidade.

2) Se usar o cartão de crédito evite o parcelamento

A possibilidade de parcelar compras em diversas vezes no cartão de crédito é o que dá a ilusão do poder de compra para a maioria das pessoas, e isso faz com que as pessoas comprem mais. No entanto, ainda que seja parcelada, a compra precisará ser paga da mesma forma. Por isso, prefira sempre pagar em uma vez apenas, pois, além de limitar os seus gastos em compras, você terá um melhor controle financeiro.

3) Sempre que possível pague em dinheiro

O fato de fazer você tirar dinheiro do bolso para pagar fará com que você tenha mais noção do valor das coisas e da real necessidade de adquiri-las, ajudando a reduzir o consumo desenfreado no dia a dia. Pois, como dito anteriormente, a facilidade do poder de compra (já que na hora da compra utilizando cartão você não vê “o seu dinheiro indo embora“), acaba fazendo você gastar mais. Além disso, na maioria dos casos é possível negociar descontos quando você paga em dinheiro.

4) Reflita sobre a real necessidade de algo antes de comprá-lo

Quando uma pessoa é consumista ela compra por impulso, por estar barato, porque é bonito, porque as outras pessoas têm, enfim, por diversos motivos.Mas quase nunca reflete sobre a compra com perguntas como “eu realmente preciso disso? Eu já tenho algo parecido? Vale o preço que está sendo cobrado?”.

Enfim, sempre que possível faça essas perguntas e pense bem se vale a pena comprar.

Powered by Rock Convert

5) Espere alguns dias antes de comprar

Essa estratégia é muito boa e funciona muito bem para pessoas que têm o hábito de comprar sem ter certeza da real necessidade de fazê-lo. Funciona assim: quando você quiser comprar alguma coisa, espere cerca de 30 dias para então comprar. Na grande maioria dos casos, após esse período as pessoas já não vêm mais a necessidade de realizar a compra ou simplesmente perdem a vontade de fazê-lo.

6) Mantenha o seu armário sempre organizado ajuda a reduzir o consumo descontrolado no dia a dia

As pessoas que compram muito acabam até mesmo esquecendo do que já tem em casa. Inclusive, há muitos casos em que a pessoa acaba comprando coisas repetidas, que tem a mesma função ou são parecidas com itens que já possui, simplesmente porque esqueceram que já tinha. Por isso, periodicamente, reveja as coisas que você tem no seu armário, mantendo-o sempre organizado de modo que tenha tudo à vista. Isso ajudará a evitar que você compre coisas sem necessidade.

7) Evite os canais que facilitam incentivar o consumismo

Clubes de Compras, sites de cupons de descontos, programas de fidelidade, e-mails marketing e até mesmo passeios ao shopping center: tudo aquilo que você sabe que desperta em você a vontade de comprar você deve evitar. Muitas pessoas acabam comprando diversas coisas que não precisam simplesmente porque acharam que estava barato. Por isso, evite as “vitrines“.

8) Tenha um bom controle financeiro

Manter um controle efetivo das suas contas é uma boa maneira de você ter uma visão ampla de como está utilizando o seu dinheiro. Isso ajuda a abrir os olhos para o mau uso do dinheiro e incentiva a querer poupá-lo. Por isso, tenha o hábito de manter uma planilha atualizada com todas as suas movimentações financeiras.

9) Tenha um objetivo

Ter um objetivo sólido em mente, como por exemplo, fazer aquela viagem dos sonhos no final do ano, pode servir como incentivo para que você pense duas vezes antes de gastar o dinheiro que poderia estar juntando para realização deste sonho.

10) Separe uma parte do seu salário para guardar mensalmente

Tenha o hábito de guardar dinheiro, pois isso ajudará a diminuir a sua vontade de comprar, montar uma reserva de emergência, além de deixar menos dinheiro disponível para gastar, ajudando a reduzir o consumo desenfreado no dia a dia.

Comece a reduzir o consumo desenfreado no dia a dia, já!

Se você precisa reduzir o consumo desenfreado no dia a dia tente reverter essa situação o quanto antes. Afinal, o equilíbrio da vida financeira é um dos pontos essenciais para a qualidade de vida e bem-estar, de todas as pessoas.

Por isso, aproveite as sugestões que trouxemos aqui e reverta a sua situação o quanto antes. Você se considera uma pessoa consumista? Escreva para nós aqui nos comentários.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário