Nessa sexta-feira (26), foi divulgado o número de consumidores que caíram no rotativo do cartão de crédito ou utilizaram o serviço do cheque especial e pagaram juros mais caros em março deste ano.

Na categoria do cheque especial, a taxa apresentada foi de 317,9% ao ano, no mês de fevereiro e, em março foi para 322,7% . Os juros do cartão de crédito passaram de 295,5% ao ano no mês de fevereiro, mantendo- se na mesma porcentagem no mês seguinte. As duas taxas foram consideradas altas, comparadas com a última queda registrada em outubro do ano passado, quando a taxa do rotativo fechou em 275,7% ao ano, e a do cheque especial em 300,4%, considerada a quinta alta seguida.

Todas as informações foram divulgadas pelo  Banco Central (BC).

Author

Julia Araujo, é estudante de Jornalismo, e está sempre antenada com as notícias do mercado financeiro. Ela acredita que através da informação transparente e íntegra, é possível mudar a vida financeira das pessoas.

Escrever comentário