Pela primeira vez desde novembro do ano passado, a criptomoeda Bitcoin superou os 5 mil dólares e subiu 20% no comércio asiático.

De acordo com a Agência Reuters, a subida aconteceu graças a um pedido avaliado em US$100 milhões nas bolsas norte-americanas Coinbase e Kraken e no Bitstamp de Luxemburgo.

A criptomoeda se estabilizou em US$4.800, o que significa sua maior alta (16%) desde abril de 2018. Consequentemente, outras moedas virtuais subiram.

Ainda não é possível explicar o motivo da grande encomenda do comprador misterioso.

Author

Estudante de Jornalismo, apaixonada por política e cultura, seu maior objetivo é viajar pelos quatro cantos do mundo. Ela acredita que todos nós somos únicos e que é possível mudar a vida das pessoas através da educação financeira.

Escrever comentário