Powered by Rock Convert

Um dos maiores sonhos de consumo dos brasileiros é a comprar do carro próprio. Em nossa cultura, ter um veículo, muitas vezes, está ligado a liberdade de locomoção e comodidade, o que deixa esse bem ainda mais desejado. Entretanto, é muito importante que, antes de comprar, o consumidor saiba como avaliar sua situação e ver se vale a pena ter um carro.

Essa avaliação é extremamente necessária para aqueles que desejam comprar um veículo, principalmente por conta de ser um bem que com o tempo vai perdendo seu valor e que, para mantê-lo em bom estado e funcionando, necessita de custo. Por isso é muito importante a análise do comprador antes de comprar o veículo.

Como saber se vale a pena ter um carro?

Para descobrir a resposta dessa pergunta, o comprador deve ficar atento a várias circunstâncias que influenciam na escolha. Uma das principais condições que afetam na decisão é o valor do combustível, que é o produto principal para o uso do carro.

De acordo com os dados divulgados pela Agência Nacional de Petróleo, Gás Natura e Biocombustíveis (ANP) e publicado no jornal O Estado de São Paulo, em agosto de 2018 o valor médio da gasolina no Brasil estava em R$4,440 por litro.

Além do preço do combustível, o comprador também deve se lembrar que o carro tem outros custos com impostos, seguro, manutenção, estacionamento, e a depreciação do bem. Por conta disso, o consumidor deve saber bem quais são os pontos positivos e negativos para decidir se vale a penas ter um carro.

Powered by Rock Convert

Pontos positivos e negativos

Como pode-se ver até o momento, ter um carro é algo que gera muito custo ao dono do veículo e por conta disso, antes de comprar o automóvel o consumidor deve fazer uma análise de sua situação para descobrir se vale a pena adquirir um veículo. Um dos primeiros fatos a serem considerados é o uso do carro.

Se o carro for utilizado diariamente para os afazeres familiares, evitando o transtorno do transporte público e a comodidade, ele se torna um bem necessário para o andamento da rotina. Além disso, deve-se levar em consideração o local onde ele ficará guardado, ou seja, o estacionamento.

Possuir um local gratuito para estacionar o veículo, seja na garagem do condomínio ou na casa de um parente, é outro fator muito importante pois ter estacionamento gratuito evita mais um gasto para o condutor. O que também pode evitar maiores custos ao proprietário é a quantidade de quilometragem que o veículo faz por litro de combustível.

Vale a penas ter um carro econômico do que um automóvel que possui grandes gastos com combustível

Um carro econômico usa menos combustível do que um veículo de maior porte, rodando maiores distâncias com uma quantidade menor de gasolina. Resumidamente, ter um carro é vantajoso em situações onde o consumo de combustível é baixo.

Entretanto, existem situações onde ter um carro não é vantajoso para o consumidor. Se o motorista utiliza o veículo somente nos fins de semana, não possui local para guardar o automóvel ou não tem renda suficiente para manter o veículo, optar pelo transporte alternativo, como aluguel de veículo, transporte público, táxis, aplicativos de motoristas, ou até mesmo carona, pode ser melhor.

Por conta disso, ver a quantidade de ônibus e motoristas particulares que a cidade possui, a periodicidade do transporte, o valor gasto para ir aos principais pontos ou quantas passagens são pagas para chegar até determinados destinos, são necessários para saber se vale a penas ter um carro em sua cidade.

Powered by Rock Convert

Comentários