Powered by Rock Convert

O nome Selic significa Sistema Especial de Liquidação e Custódia, cuja sua taxa está atribuída a um sistema do Banco Central (BC), com competência para registrar todas as ações relativas às declarações do Tesouro Nacional. Grande parte destas ações são compradas por grandes instituições financeiras. De acordo com a legislação, essas instituições devem destinar uma porcentagem de seus depósitos para uma conta do Banco Central.

Isso permite que o BC determine que as instituições financeiras encerrem o dia com o caixa equilibrado. O propósito dessa ação é impedir que haja uma grande quantidade de dinheiro em circulação no mercado com o objetivo de controlar a inflação. Para controlar essa meta, os grandes bancos fazem empréstimos de um dia entre si por meio de uma taxa de juros.

Esse valor é calculado por meio de uma taxa pautada que é anunciada todos os dias, denominada de taxa Selic Overnight. Em relação ao ano ela é denominada de taxa Selic anual. Hoje a taxa mais conhecida entre os investidores é a taxa Selic Meta, ela é determinada pelo Copom (Comitê de Políticas Monetárias), que se junta a cada 45 dias com o objetivo de determinar os rumos da taxa básica de juros dos próximos meses. Em geral a taxa Selic Meta é utilizada pelas instituições financeiras para avaliar a taxa de juros de empréstimos diários que essas instituições fazem umas às outras. Abaixo preparamos um artigo sobre como calcular a taxa básica de juros. Confira!

Como calcular a Taxa Selic nos dias atuais?

Atualmente o cálculo da Taxa Selic é realizado pelo sistema Selic com o término de todos os dias úteis. O cálculo segue a determinada equação

Fórmula que é utilizada pelo BC para calcular a taxa de juros:

Lj: fator diário correspondente à taxa da j-ésima operação;

Vj: valor financeiro correspondente à taxa da j-ésima operação;

n: número de operações que compõem a amostra.

Na teoria ninguém precisa se preocupar com isso, já que o determinado valor é estipulado pelo Sistema Especial de Liquidação e Custódia, durante o encerramento das operações.

Quais são os valores históricos da Taxa Selic?

Em geral a Selic está interligada como os períodos econômicos do país. No fim das contas ela está relacionada com o parâmetro e preços dos juros. Sendo assim, o valor estabelecido pelo Copom revela inúmeras informações para conseguir entender o atual momento da economia atual.

Atualmente, a taxa Selic substituiu a Taxa Referencial (TR) no ano de 1996. Na época o foco da taxa estava interligada a hiperinflação. Desde então o controle da taxa básica de juros vem desempenhando outras funções em relação ao dinheiro. Inicialmente a Selic é considerada como a mais baixa da história, desde a sua fundação que é de 6,5% ao ano. Em 2015, o índice da taxa básica de juros iniciou um movimento de subida, mas a tendência de alta acabou recuando em 2016. Durante o mesmo período a inflação esteve contida na casa dos 10% ao ano. Com o objetivo de fazer a contenção do consumo o Copom acabou elevando a Selic.

Como foi a variação da Taxa Selic em 2018?

No ano de 2017, ocorreu uma evolução gradual em relação ao quadro da economia brasileira. Desde então, a Selic encerrou em 7,0% e o IPCA em 2,95%. Ambos os indicadores dão conta que a economia brasileira tende a crescer. Em janeiro do ano passado um relatório do boletim Focus estimou uma retomada da taxa selic em 6,75% ao ano. Em março do mesmo ano a taxa básica de juros caiu para 6,5% ao ano e essa porcentagem foi mantida durante o resto do ano. Como mencionamos anteriormente este é o menor valor histórico da Taxa Selic.

O que significam os cortes na Taxa Selic?

Geralmente, os corte da taxa Selic são realizados por diversos motivos, entre um deles destaque para o aumento do consumo. Na maioria das vezes, quando a taxa básica de juros recua, ela proporciona o aumento no número de crédito disponível no mercado. Sendo assim, pessoas físicas e jurídicas acabam buscando empréstimos com as melhores taxas do mercado. Isso acaba aumentando a circulação de dinheiro nas ruas. O lado negativo é que isso tende a aumentar a inflação, entretanto esse aumento acontece com taxas menores do que em períodos de recessão econômica e isso acaba mantendo o alto consumo.

Como a Taxa Selic influencia a minha vida?

Geralmente a Selic influencia na vida dos brasileiros de diversas formas. Confira alguns exemplos.

Produtos importados

Hoje em dia, a taxa básica de juros além de influenciar no valor cobrado pelos juros, ela também acaba influenciando no número de investimentos estrangeiros no Brasil, ou seja, quanto mais alto for à taxa Selic, maior é o interesse os estrangeiros investir o seu capital no país. Esses investimentos estão atrelados aos juros que podem influenciar no aumento do número de dólares no Brasil. Com isso a moeda norte americana acaba enfraquecendo-se perante o real e isso acaba tornando os produtos importados mais baratos.

Disponibilidade de crédito

Além de determinar qual será a taxa de juros que será cobrada pelas instituições financeiras. A oscilação da taxa Selic impacta na demanda de crédito por parte dos Bancos. Quando a taxa básica de juros está alta, as instituições financeiras acabam encontrando dificuldades em captar recursos. Sendo assim, algumas instituições acabam restringindo a oferta de crédito no mercado. Por outro lado, quando a taxa básica de juros está em baixa, a oferta de crédito no mercado tende a aumentar com objetivo de estimular a economia.

A Taxa Selic também impacta em investimentos financeiros?

A flutuação da taxa básica de juros causando alguns efeitos no mercado financeiro, principalmente em ações de renda fixa. Confira agora como a taxa Selic pode afetar algumas a rentabilidade de seus investimentos.

Taxa Selic e o Tesouro Direto

Os investimentos em Tesouro Direto estão constantemente interligados com a taxa básica de juros. Atualmente os ativos referentes a este tipo de investimento estão indexados a Selic, indexados a inflação e prefixados. Os investimentos em Tesouro Direto estão diretamente indexados a taxa básica de juros, ou seja, se a Selic aumentar os seus lucros também aumentam. O cálculo do investimento está relacionado à rentabilidade bruta do ativo que é medida de forma mensal. Em algumas ocasiões, ele pode ser diferente da taxa básica Selic Meta.

Conclusão

É essencialmente importante que você saiba conheça a taxa Selic hoje e saiba quais são os seus resultados na economia do país e em seus investimentos. Geralmente quando a taxa Selic cai ela acaba influenciando perda nos seus lucros. Por isso na hora de investir você precisa levar em consideração inúmeros aspectos, além da lucratibilidade e seu perfil de investidor. Mesmo com a queda da taxa básica de juros, ela ainda assim é considerada como a maior do mundo.

Como forma de garantir um retorno de investimentos acima da Selic, primeiro você precisa escolher os ativos de emissores que paguem rendimentos acima de 100% de CDI. Quer saber mais sobre o mercado financeiro? Então deixe seu comentário abaixo que iremos esclarecer todas as suas dúvidas.

Powered by Rock Convert

Comentários

Shares