Powered by Rock Convert

Ao adquirir uma moto, não são somente os gastos com parcelamentos (ou para juntar dinheiro e pagar à vista) que devem ser levados em consideração. IPVA, seguro, DPVAT, entre outros, também são gastos cotidianos que devem ser colocados em seu orçamento, para evitar o endividamento.

Antes de adquirir seu veículo, coloque na ponta da caneta todos os gastos, incluindo os menores, para verificar se possui condições de arcar com estes.

Caso você esteja pretendendo adquirir uma moto e queira manter o controle financeiro em pleno funcionamento, é necessário calcular cada gasto. Por esse motivo, o Juros Baixos separou os maiores gastos para que você possa ir se preparando.

Seguro

O seguro para motos é de total importância, já que além de garantir segurança, é possível evitar outros gastos (que não se está esperando) no futuro. Nesse caso, o valor depende da sua idade, de quanto tempo você possui carteira de motorista, quantas multas já teve, a região onde mora, entre outros fatores.

Em média, para alguém que tem por volta de 30 anos de idade e uma moto com 150 cilindradas, o seguro costuma variar entre R$850 E R$1.500 por ano.

Álcool / Gasolina / Gás

Sem combustível, de nada adiantará ter o veículo. Sendo assim, é de total importância que esse gasto seja incluso em suas contas. No geral, os manuais das motos possuem a quantidade média de consumo que elas possuem, então é bom dar uma lida nos mesmos. De qualquer forma, esteja preparado para gastar algo em média de R$100 a R$120 por mês.

Powered by Rock Convert

Óleo

É de extrema importância que o motor sempre esteja bem lubrificado, para evitar danos a essa e outras peças da moto, além de acidentes. Por isso, verifique no manual da mesma de quanto em quanto tempo esse item precisa ser trocado. No geral, para aqueles que utilizam a moto apenas em curtas distâncias, a manutenção é realizada a cada 5 mil km rodados. A cada troca de óleo, o gasto médio é entre R$50 e R$70.

Filtros

As trocas devem ser feitas conforme o manual da moto e orientações do seu mecânico. Os filtros de ar e de óleo sempre devem estar em pleno funcionamento, para evitar que impurezas entrem em contato com o motor. O preço médio de cada filtro está entre R$25 e R$50.

IPVA

O IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores) é uma taxa que deve ser paga anualmente ao governo, para que você possa permanecer utilizando o seu veículo e tenha a documentação da mesma atualizada.

O valor é de aproximadamente 2% do valor da sua moto. Ou seja, caso sua moto tenha custado R$6 mil, o valor a ser pago de IPVA será de R$120.

DPVAT

O seguro DPVAT (Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre) é obrigatório e pago junto com o IPVA. Em 2017, o valor desse para motos foi de R$ 180,65.

Situações adversas

Algumas situações que não estavam em seu planejamento podem ocorrer, tais como estacionamentos, peças que precisam ser trocadas e multas. Sempre anote quando tiver algum desses gastos, para permanecer com seu controle financeiro funcionando, e se prepare para ter dinheiro com essas situações, quando precisar.

Conseguiu entender melhor como se planejar financeiramente para adquirir uma moto? Então tire outras dúvidas e acompanhe mais matérias aqui no Juros Baixos.

Powered by Rock Convert

Comentários