Powered by Rock Convert

Cartão de crédito com dívidas é dor de cabeça na certa. O que deveria ser uma ferramenta para facilitar a realização de compras torna-se um implacável gerador de juros sobre juros a pagar.

O que fazer nesses casos? Cancelar o cartão é uma solução? Mas cartão com dívidas pode ser cancelado? Esse é o foco do artigo de hoje, acompanhe.

O que significa “cancelar o cartão”?

O cartão de crédito traz consigo duas funções de naturezas distintas:

  • a função de meio de pagamento, que torna possível a realização de compras em uma grande rede de estabelecimentos; a cobrança de anuidade refere-se à disponibilidade dessa função;
  • a função de concessão de crédito, que permite parcelar compras ou financiar saldos devedores.

Pense em um cartão regular, sem dívidas nem atrasos de pagamento. Se você solicitar o cancelamento dele, o que vai ocorrer?

Primeiro, o cartão perde a validade e você deixa de contar com o seu limite para compras ou saques. A partir desse momento, também não devem mais ocorrer cobranças de anuidade.

Já as faturas continuarão a ser emitidas enquanto houver saldo devedor no cartão. Isso porque as compras parceladas continuarão a respeitar o plano de pagamento combinado. Além disso, podem estar pendentes também as últimas compras realizadas pouco antes do cancelamento.

Resumindo, o cancelamento do cartão significa basicamente deixar de contar com ele para novas compras, restando apenas o compromisso de quitar o saldo devedor remanescente.

Powered by Rock Convert

E se houver dívidas no cartão?

Dívidas têm um tratamento à parte. Até a data da solicitação de cancelamento, o cálculo dos juros sobre o valor em atraso é feito com base na taxa do rotativo do cartão. A partir daí, o saldo devedor deixa de sofrer essa correção e abre-se a oportunidade de quitar integralmente o montante atualizado dessa dívida ou então negociar com a instituição um parcelamento em valores fixos que caibam no seu orçamento.

Enquanto esse acordo de quitação estiver vigente, é provável que a operadora não chegue a cancelar seu cartão, apenas mantendo-o bloqueado, com possibilidade de reativá-lo ao final do cumprimento do acordo. Durante o período de bloqueio do cartão, não pode haver cobrança de anuidade.

A vantagem de cancelar ou bloquear um cartão com dívidas é que você impede que ele se transforme em uma fonte de novos e contínuos endividamentos, além de conseguir melhores condições de pagamentos ao negociar as dívidas já acumuladas no passado.

Alguns cuidados ao solicitar o cancelamento ou bloqueio do cartão

  • Informe-se sobre quais são os canais abertos pela instituição para essa finalidade;
  • Tenha clareza quanto aos procedimentos adotados pela instituição;
  • Exija um comprovante referente à solicitação da operação;
  • Certifique-se de que não tem contas no débito automático do cartão; se tiver, cancele o serviço de débito automático e passe a pagar essas contas por outros meios;
  • Se o cartão tiver seguro, certifique-se de que ele seja cancelado;
  • Fique atento a cobranças de anuidades ou outras tarifas após a solicitação do cancelamento ou bloqueio; caso ocorram, solicite ressarcimento.

Cancelar ou bloquear um cartão de crédito com dívidas sempre é possível, por mais que as operadoras coloquem empecilhos ou aleguem não realizar esse tipo de procedimento.

Considere seriamente adotar essa medida, pois ela é bastante efetiva no que diz respeito a cortar pela raiz a tendência a um endividamento crescente e fora de controle.

Tenha sempre em mente que o cancelamento ou bloqueio do cartão apenas interrompe a incidência de juros sobre juros, mas o saldo devedor já formado precisa de uma renegociação nos melhores termos possíveis.

Finalmente, tenha clareza de que a melhor de todas as medidas é evitar ao máximo o endividamento no cartão de crédito.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário