Powered by Rock Convert

O refinanciamento de imóveis ou veículos tem suas regras particulares em cada banco e na Caixa Econômica Federal não é diferente. A instituição é uma das que oferecem o empréstimo de dinheiro a você em troca de um bem como garantia. Apesar de não informar em seu site, a empresa normalmente tem a vantagem de possuir os menores juros do mercado.

Para os consumidores, vale a pena ficar atento a cada detalhe deste tipo de crédito como o valor mínimo do bem, a quantia máxima a ser pedida, o prazo de pagamento e as taxas. O interessado deve pesquisar as diferenças para encontrar o serviço adequado para sua necessidade e sua renda.

No caso da Caixa, para solicitar o refinanciamento tanto de casas quanto de carros é obrigatório ter conta no banco.

regras do refinanciamento na caixa3.jpg
Pesquise as regras do refinanciamento da Caixa e faça seu planejamento.

Refinanciamento da Caixa: Análise de Crédito

Durante o processo feito pelas instituições, o consumidor sofre avaliações como a análise de crédito para verificar a situação do CPF e o tamanho da prestação que cabe no bolso por mês. Também é feita uma verificação do valor real do bem envolvido na operação para definir a quantia possível a ser emprestada.

A contratação só é concluída depois dessas etapas e, então, os recursos acertados pelo banco são liberados. Nas regras da Caixa, o refinanciamento só pode ser feito com as propriedades quitadas, regularizadas e no nome do solicitante.

Como funciona o Refinanciamento de Imóveis da Caixa

A instituição aceita imóveis urbanos residenciais ou comerciais, rurais e terrenos como garantia para o crédito. Os juros mensais precisam ser consultados. Veja mais detalhes do programa Crédito Imóvel Próprio Caixa:

Preço mínimo da propriedade

Para esta linha de empréstimo, o valor deve ser de pelo menos R$ 30 mil. Isso a depender da avaliação do banco sobre o imóvel dado como garantia.

Valor do crédito

A verba emprestada varia entre o mínimo de R$ 20 mil e o máximo de 60% do total do bem.

Prazo para pagamento

O período estipulado pode ser de 1 a 20 anos. As prestações mensais serão descontadas automaticamente na conta corrente do cliente.

Como funciona o Refinanciamento de Veículos da Caixa

regras do refinanciamento na caixa2.jpg
Carros precisam estar quitados nas regras de refinanciamento da Caixa.

O programa de refinanciamento da Caixa, chamado Aporte Auto, tem taxas de juros por mês que variam conforme a análise de crédito. As regras incluem não aceitar veículos de aluguel, motos, vans e semelhantes.

Prazo de pagamento

O cliente tem até 4 anos para quitar o crédito.

Multas de trânsito

Automóveis com infrações de trânsito não pagas não conseguem a aprovação do empréstimo. Situação irregular no Departamento Estadual de Trânsito (Detran) também inviabiliza a operação.

Idade do veículo e valor do crédito

A Caixa só aceita carros com até 5 anos a partir da data de fabricação e libera quantia máxima de até 70% do total do bem. No entanto, essas condições estão relacionadas e há dois tipos de serviços oferecidos. Para automóveis com até 2 anos de fabricação, você consegue obter empréstimo de 70% do valor do veículo dado como garantia. Entre 3 e 5 anos de fabricação, o limite de verba emprestada cai para 60%.

Refinanciamento da Caixa: Documentos

As regras da Caixa para a modalidade de refinanciamento também têm exigências de documentação. Para imóveis, são necessários documento de identidade, CPF, comprovante de estado civil, de residência, de renda e matrícula da propriedade.

Já, para os carros, é mais simples. Você precisa de RG, CPF, o Certificado de Registro do Veículo e a Carteira Nacional de Habilitação. Para mais informações, procure a central de atendimento do banco no telefone 0800 726 0101 ou vá até a agência mais próxima à sua casa.

Você gostou das nossas informações? Leia mais sobre refinanciamento no nosso site e compartilhe suas dúvidas abaixo que responderemos.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares