A empresa Uber mal estreou na bolsa de valores de Nova York e já teve uma queda de 7,62% nas ações, este foi tido como o pior IPOs da bolsa Norte Americana. Em termos de percentual, a queda da Uber pode ser considerada a quarta maior da década, segundo a Bloomerang. Já em valores nominais, o percentual resultou perdas em cerca de US$ 618 milhões.

De início a empresa arrecadava em torno de US$ 25 bilhões, mas nem todos os momentos bons duram para sempre. Com o andar dos negócios, a corporação passou a perder dinheiro todo trimestre e de acordo com seus relatórios financeiros, perdeu também valores astronômicos em pouco tempo.

Com a estreia na bolsa na última sexta-feira (10), e em meio à incertezas em relação ao comércio internacional e a greve de seus motoristas, os investidores estão percebendo que a empresa está insustentável e até agora não se mostrou muito mais do que perdas insuperáveis.

Ações da Uber nos últimos 5 dias

De acordo com analistas a empresa pode obter lucro realmente apenas em 2024. Contudo, seu único plano até o momento é continuar economizando com o pagamento dos motoristas e posteriormente substitui-los por tecnologia de direção autônoma.

Em 2014 o ex-CEO da empresa em entrevista afirmou que quando uma pessoa pede um Uber, ela não está só pagando pelo carro, mas também está pagando pelo motorista.

Author

Estudante de Comunicação Social - RTVi, apaixonada pelo mundo do entretenimento, audiovisual e literatura. Acredito que para alcançar a estabilidade que precisamos, a educação financeira é o primeiro passo.

Escrever comentário