O objetivo da nova mudança é estimular a economia, elevar a rentabilidade financeira, além de flexibilizar a forma como os recursos são acessados já que contas têm estoque de até R$ 545 bilhões. O governo também analisa a ampliação da possibilidade de saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço), porém os estudos sobre o aumento da rentabilidade do fundo ainda estão em fase inicial.

Em 2016 e 2017, o ex-presidente havia liberado o saque das contas inativas do FGTS em cerca de R$ 44 bilhões. De acordo com a Caixa, o total de 30,2 milhões de brasileiros puderam ter direito ao saque do benefício, sendo assim, a tal medida ajudou a estimular o PIB (Produto Interno Bruto) do ano em questão, que possuiu aumento de 1,1% após dois anos de retração.

 FGTS e rendimento

O dinheiro guardado por muitos no FGTS quase sempre tem os ganhos abaixo do índice da inflação, afinal, seu rendimento é equivalente à taxa referencial com mais os juros de 3%. O fundo foi criado para ser usado na compra de casas, proteção aos trabalhadores demitidos sem justa causa ou em caso de ajuda para doenças graves. Você tamb´em pode saber aqui quem tem direito ao reajuste do FGTS.

Author

Estudante de Comunicação Social - RTVi, apaixonada pelo mundo do entretenimento, audiovisual e literatura. Acredito que para alcançar a estabilidade que precisamos, a educação financeira é o primeiro passo.

Escrever comentário