São mais de 130 mil contribuintes que estavam na malha fina e poderão receber a restituição devidamente corrigida

A Receita Federal liberou nesta quarta-feira – dia 08 – a consulta ao lote residual de restituição do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) para os contribuintes que caíram na malha fina entre 2008 e 2018 e regularizaram suas pendências com o Fisco.

São R$ 260 milhões que serão restituídos a 134.720 contribuintes.

As restituições serão corrigidas com base na taxa Selic (a taxa de juros básica da economia). A correção varia de acordo com o ano da declaração, podendo chegar a 109,28% para o lote de declarações de 2008. Para o ano de 2018, a correção será de 7,16%.

A consulta pode ser feita no site da Receita Federal. Se preferir, o contribuinte pode fazer a consulta pelo telefone 146 – o Receitafone, ou utilizar o aplicativo Pessoa Física da Receita.

O dinheiro será depositado na conta bancária informada na declaração. Se o contribuinte informou uma conta que foi encerrada, deverá procurar uma agência do Banco do Brasil, com um documento de identificação com foto e o número do CPF.

As restituições serão feitas no próximo dia 15. Caso não receba a restituição ou tenha alguma dúvida, ligue para 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais cidades) e 0800-729-0088 (atendimento exclusivo para deficientes auditivos).

Siga nossas dicas para evitar cair na malha fina e não ter que esperar tanto para receber a sua restituição.

Author

MBA em Gestão Estratégica de Negócios e Graduado em Ciências Econômicas

Escrever comentário