A oferta de vôos da Avianca Brasil foi reduzida por causa da crise que a companhia área enfrenta desde 2018. Os preços das principais passagens sofreu um aumento de 140%, o que é esperado para os próximos quatro meses também.

Passagens no Rio de Janeiro e Salvador que costumavam custar em torno de R$574,14, em abril do ano passado, chegaram a R$1.377,32, no mesmo mês deste ano, um aumento de 139,89%.

A companhia deve cerca de R$700 milhões às arrendadoras de aviões e após disputa na Justiça, se viu obrigada a devolver quase toda sua frota, o que reduziu de 57 aeronaves para apenas cinco.

De acordo com especialistas, a tendência é que neste ano a redução da oferta prevaleça, elevando as passagens. Porém, a entrada de uma nova companhia no lugar da Avianca é essencial para a redução dos preços.

Author

Estudante de Jornalismo, apaixonada por política e cultura, seu maior objetivo é viajar pelos quatro cantos do mundo. Ela acredita que todos nós somos únicos e que é possível mudar a vida das pessoas através da educação financeira.

Escrever comentário