Powered by Rock Convert

A resposta é sim, você pode indicar mais de um condutor no seguro automotivo.

Isso se chama condutor adicional ou secundário.

A indicação de um condutor adicional implica em um aumento no valor do seguro automotivo. Muitos ficam receosos em adicionar mais um motorista, com o intuito de não encarecer o preço final. Porém, sugerimos fortemente a indicação de um segundo condutor para quem divide habitualmente a direção, já que uma ocorrência envolvendo-o será coberta pelo seguro e valerá a pena no fim das contas!

Qual a diferença entre condutor principal e secundário?

O condutor principal é definido como aquele que passa a maior parte do tempo no volante – algumas seguradoras o definem como aquele que usa ao menos 5 dias na semana ou 70% do tempo. O perfil desse motorista será a base para estabelecer o preço do seguro automotivo.

Conforme já se sabe, o valor depende de algumas características do condutor, que o colocam em uma posição de risco ou não. São elas: idade, tempo de habilitação, gênero, histórico de direção etc. Aqueles com maior probabilidade de se envolverem em ocorrências são cobrados um valor maior.

Ser um condutor principal não significa que ele tem que ser o único a utilizar o carro. É possível apontar ao seguro condutores adicionais ou secundários, os quais são entendidos como aqueles que habitualmente pegam o carro emprestado (as regrinhas mais detalhadas variam de seguradora para seguradora). Casos comuns são filhos e cônjuges residentes da mesma casa.

Powered by Rock Convert

Contam como condutores secundários: marido ou esposa que pega o carro emprestado em dia de rodízio de outro veículo da família, filhos que estão começando a dirigir, entre outros casos similares.

O seguro fica mais caro com condutor adicional?

Sim, mas a mudança de preço dependerá do perfil desse novo condutor. Se for um adulto, como a sua esposa ou o seu marido, a diferença será menor do que se for um dos filhos da família, uma vez que jovens condutores são vistos como mais arriscados pelo seguro.

Inclusive, mulheres são consideradas motoristas mais conscientes e, por isso, o valor do seguro é menor do que para homens. Isso significa que apontar a sua esposa como condutora adicional implicará em uma diferença pequena.

Não tente enganar a seguradora

A esse ponto do texto, o leitor já deve ter imaginado que pode conseguir algumas vantagens se certas informações forem omitidas ou manipuladas – como apontar como condutor principal a pessoa cujo perfil é de menor risco.

Porém, se houver sinistro, a seguradora irá apurar algumas informações e poderá verificar esse tipo de incorreção. Nesse caso, o valor do prêmio poderá sair prejudicado, ou mesmo a seguradora tem a possibilidade de se recusar a cobrir a ocorrência.

Portanto, cuidado com imprecisões. Sejam elas propositais ou sem querer, elas podem fazendo o segurado sair no prejuízo. O ideal é responder o questionário com a maior honestidade para evitar sustos no futuro.

Esse texto foi útil para você? Conte para nós e confira mais publicações sobre seguro automotivo no blog.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário