Powered by Rock Convert

Infelizmente hoje em dia quase ninguém possui todo valor necessário para adquirir um bem de valor alto, como um imóvel ou mesmo um veículo. E a melhor forma de conseguir adquirir esse tipo de bem é solicitando o empréstimo financeiro denominado financiamento. Portanto, veja o que é financiamento e como solicitar um, se você precisar.

Para adquirir alguns bens de valor alto, a grande maioria das pessoas solicita financiamentos.

O que é financiamento

Quando você precisa de dinheiro para aquisição de um bem, e você solicita este crédito junto a uma instituição financeira como um banco, a liberação do crédito necessário é denominado financiamento. O financiamento ocorre quando uma instituição financeira libera a utilização de um determinado valor para alguém, e esse alguém fica comprometido a quitar esse valor em parcelas periódicas (que costumam ser mensais), sendo que essas parcelas correspondem ao valor total emprestado, mais acréscimo de algumas taxas e juros.

Ou seja, a instituição financeira libera o empréstimo desse valor a partir da cobrança de juros por emprestá-lo, por isso, é importante que ao solicitar um empréstimo você esteja ciente do valor que pagará no montante final e não apenas no valor das parcelas, pois, há situações em que a cobrança de juros é tão alta que solicitar o financiamento acaba sendo um prejuízo.

Tipos de financiamento

Outro detalhe importante é que há modalidades diferentes de financiamento, sendo que para financiamento de veículos, por exemplo, são mais comuns as modalidades de CDC ou leasing, e as características desses dois tipos mudam. No caso do CDC o veículo fica alienado ao banco, ou seja, enquanto você não terminar de pagar o financiamento o veículo na verdade é do banco e você está pagando para utilizá-lo, apenas.

Já no caso do leasing o veículo já é seu logo de início, sendo que por isso, a taxa de juros dessa modalidade acaba sendo maior do que a do CDC devido à segurança do banco em ser proprietário do veículo, e poder tomar posse dele, caso você não arque com as despesas do financiamento.

Powered by Rock Convert

Além do CDC e do Leasing, há ainda o consórcio, que é uma modalidade com juros mais baixos entre as três modalidades, pois, você só adquire, de fato, a carta de crédito para aquisição do veículo, após ser sorteado nos sorteios mensais de consorciados.

Outro financiamento bem comum é o de imóvel, sendo que para esse também há características e regras específicas, podendo o solicitante utilizar o saldo do fundo de garantia para abater parte da dívida do financiamento, por exemplo, coisa que no financiamento de veículos, não é possível. Além disso, as taxas de juros para financiamento de imóveis costumam ser relativamente menores do que as taxas de juros para financiamento de veículos, além de que o financiamento imobiliário possui um prazo muito mais longo de parcelamento do que o parcelamento de veículos, cujo normalmente possui o máximo de 60 meses.

Cuidados ao solicitar um financiamento

Quando você faz um financiamento é preciso estar atento quanto a data de vencimento das parcelas, pois, além dos juros já cobrados sobre o valor financiado, também a incidência de juros caso você atrase o pagamento da parcela. Portanto, é importante estar atento para não pagar juros sobre juros. Porém, se você quiser quitar algumas parcelas antecipadamente ou amortizar o saldo devedor total, você conseguirá abater uma parte do valor de juros cobrados.

A amortização acontece quando você paga um valor que será abatido do valor total financiado sendo que dessa forma, as parcelas restantes a serem pagas terão seu valor reduzido, ou o tempo de parcelamento será reduzido. Por exemplo, supondo que o seu empréstimo é de R$ 10 mil em 10 parcelas de R$ 1 mil, e você amortizou R$ 4 mil, suas parcelas serão de R$ 600 se você optar por amortizar o montante ou, se você optar por diminuir o parcelamento, após você passará a ter 6 parcelas de R$ 1 mil e não mais 10 parcelas.

É muito importante solicitar um financiamento somente em instituições financeiras renomadas e de confiança. Além disso, é imprescindível estar atento quanto as taxas cobradas e a incidência de juros, para que você não caia em uma armadilha por pagar taxas e juros exorbitantes, e acabar ficando em um tremendo prejuízo.

Esteja atento quanto às taxas cobradas no financiamento e também, quanto às opções de amortização.

Em resumo o financiamento é a compra parcelada de um bem de valor alto, com incidência de juros. E agora que você sabe o que é financiamento e quais cuidados deve tomar ao solicitar um, você pode ficar mais tranquilo caso precise financiar algum bem. Então, deixe seus comentários e opiniões sobre o post, e não esqueça de deixar o seus comentários também sobre o financiamento: você já fez algum? Conte-nos a sua experiência!

Powered by Rock Convert

Comentários

Shares