Powered by Rock Convert

Conseguir crédito a juros mais baixos é um dos grandes desafios aqui na terra dos juros mais altos do mundo.

Apesar de os juros do rotativo do cartão de crédito ultrapassarem 400% ao ano(!) ainda é possível se aproveitar de algumas dicas para conseguir um crédito mais barato.

Sem mais delongas, vamos a elas!

1- Crédito Consignado

Uma das formas de crédito com garantia mais comum, o crédito consignado é uma ótima maneira que conseguir juros mais baixos.

Isso acontece pois, aqui, os pagamentos das parcelas são deduzidos automaticamente da sua folha de pagamento. Isso garante que você vai pagar a sua instituição antes de sequer conseguir pegar no dinheiro do seu salário.

Entretanto, exatamente por deduzir as parcelas da folha de pagamento é que essa modalidade não é para todos. Somente os trabalhadores de carteira assinada, funcionários públicos, militares, pensionistas e aposentados do INSS podem ter acesso ao crédito consignado.

Além disso, os trabalhadores com carteira assinada só conseguem solicitar o empréstimo se a empresa onde trabalham tiver convênio com algum banco.

2- Penhor

Se você tem alguma joia ou bem mais valioso, ele pode ser usado como garantia para conseguir um empréstimo mais barato!

Nesse caso, os juros são mais baixos pois, caso você fique inadimplente, o banco poderá tomar a sua joia e vendê-la.

Por isso, tome cuidado antes de tomar um empréstimo desse para não colocar como garantia algum bem que tenha um valor sentimental muito grande para você.

Aqui no Brasil o penhor só pode ser feito pela Caixa Econômica Federal. A avaliação do valor do bem é feita na própria agência e você já sai com dinheiro na hora!

3- Refinanciamento de Imóvel

Também conhecido como empréstimo com o imóvel como garantia. Ou seja, já de cara vemos o risco dessa modalidade: caso você não pague as parcelas o banco pode tomar o seu imóvel.

É muito importante que você saiba desse risco antes de contrair uma dívida como essa. Se planeje bem para que as parcelas caibam no seu orçamento e, se possível, tenha um plano B para te ajudar caso as coisas fiquem ruins.

Indo para termos mais práticos, é possível financiar até 70% do valor de avaliação do imóvel. Além disso, os prazos para pagamento podem ser bem grandes, chegando até mesmo a 30 anos!

Com um pouco de planejamento e preparação, essa pode ser uma ótima forma de se conseguir juros mais baixos.

4- Refinanciamento de Veículos

Assim como no item anterior, essa é uma forma de tomar crédito colocando um bem como garantia. Aqui, esse bem será seu carro.

Novamente, os juros são mais baixos pois, caso você não quite as parcelas, o banco pode tomar o seu carro.

Para conseguir um crédito assim, é preciso que você tenha quitado o seu veículo (até existem alguns lugares que não tem essa exigência, mas eles irão cobrar mais por isso). Ainda, o carro precisa estar no seu nome e ter menos de 10 anos.

O carro ficará no seu nome durante todo o processo, entretanto saiba que ele é sim a garantia com o banco.

A dica é a mesma para os itens anteriores: se planeje bem para não correr o risco de perder seu carro.

5- Antecipação do 13º Salário

Abrir mão do seu 13º lá na frente para ter o dinheiro agora pode ser uma boa opção caso esteja passando por alguma emergência e precise de dinheiro rápido.

Como você estará antecipando dinheiro, normalmente a parcela a ser paga será única, e será cobrada no fim do ano, assim que os valores sejam depositados na sua conta corrente.

É preciso entrar em contato com a sua agência de banco para ter acesso a essa modalidade de crédito e, como a parcela será única, você não compromete a sua renda mensal.

Apesar de várias facilidades, saiba que existe um risco aqui: caso o seu empregador deixe de pagar ou atrase o pagamento do benefício, você ainda assim será cobrado e pode acabar com uma dívida maior do que a esperada.

Logo, não deixe de pensar bem nos riscos antes de contratar um empréstimo desse.

6- Faça um Empréstimo Online

Essa é uma modalidade de fácil acesso, que não para de crescer no Brasil. Empresas como a Lendico, Geru e Creditas oferecem acesso a crédito totalmente online.

Exatamente por não terem de arcar com tanto pessoal, nem estruturas físicas como agências, que esses sites conseguem oferecer crédito a juros muito menores.

Entretanto, nem tudo são flores. Normalmente esses sites fazem uma avaliação de risco rigorosa e nem todos conseguem acesso. Além disso, também existem sites que oferecem tudo online, mas a juros bem altos.

Por isso, nunca se esqueça de comparar todas as opções. A plataforma do Juros Baixos, inclusive, é uma ótima opção para isso.

Fique de Olho nos Golpes!

Por fim, cuidados com os golpes! Antes de pegar um empréstimo, confira se a empresa realmente existe! Busque ela no Google e pergunte a pessoas conhecidas se elas já ouviram falar.

Ainda, se alguma instituição lhe cobrar uma taxa para liberação do empréstimo, ou qualquer tipo de taxa antecipada, corra que é cilada! Essa é uma das formas de golpe mais comum no Brasil.

Juros Mais Baixos para Todos!

Esperamos que essas dicas lhe ajudem a conseguir um empréstimo a juros cada vez mais baixos! Inclusive, conte com a equipe do Juros Baixos para lhe ajudar a encontrar o melhor empréstimo para você!

Alguma dúvida? Sugestão? Não deixe de comentar abaixo e de compartilhar nas mídias sociais caso tenha gostado!

Até a próxima!

Powered by Rock Convert
Author

Economista pela Fundação Getulio Vargas do Rio de Janeiro, possui certificação CPA-20 pela ANBIMA e já trabalhou no mercado financeiro. Adora temas relacionados a poupança/investimento, educação e desenvolvimento econômico. Faz parte da equipe de redação do Juros Baixos.

1 Comment

  1. Pingback: Vale a pena fazer um Refinanciamento de Imóvel? - Juros Baixos

Escrever comentário

Shares