Tipos de Crédito

Nesse caso, você coloca seu imóvel como garantia do empréstimo. Se você não pagar as prestações em dia, o banco vende seu imóvel para cobrir a dívida. A vantagem é que você consegue grandes valores a juros bem baixos.

Como é um contrato de longo prazo e envolve seu imóvel, esse tipo de empréstimo deve ter um ótimo planejamento: Para que você vai usar esse dinheiro? Já tem um projeto bem pensado para ele?

Faixa de valores: De R$30.000 até 60% do valor do imóvel
Aceita negativados? Pode ser que aceite
Juros: um dos mais baixos do mercado! (cerca de 1,2% ao mês + correção pelo IPCA)

Parceiros:

Neste tipo de empréstimo, é o seu veículo que serve como garantia. Como as taxas de juros são bem baixas, ele é uma ótima oportunidade para quitar dívidas (como de cheque especial e cartão de crédito) e reorganizar o seu orçamento.

Seu veículo precisa estar totalmente quitado. Também pode ser chamado de "refinanciamento de veículo".

Faixa de valores: De R$5.000 até 60% do valor do veículo
Aceita negativados? Geralmente não
Juros: Bem baixo! Cerca de 2,3% ao mês.

Parceiros:

O empréstimo consignado é aquele que já desconta direto do pagamento do seu benefício. Vai do INSS direto para o banco, e você já recebe o dinheiro descontado. Por isso, também tem juros bem baixos.

Apesar disso, você deve tomar cuidado com as financeiras, pois algumas - apesar do baixo risco dessa operação - cobram taxas muito altas. Assim, é super importante comparar com os juros da concorrência (que é exatamente o que fazemos aqui no jurosbaixos.com.br).

Faixa de valores: As parcelas não podem superar 30% do seu benefício.
Aceita negativados? Pode ser que aceite
Juros: também muito baixos. A partir de 1,7% ao mês.

Parceiros:

Servidores Públicos Federais (militares, SIAPE, etc) têm grandes chances de conseguir um empréstimo consignado, pois sua carreira e pagamentos são estáveis. Já os Servidores Estaduais e Municipais têm menos chances, já que a situação de suas fontes de pagamento está caótica (e é, em geral, muito menos estável).

Faixa de valores: As parcelas não podem superar 30% do seu salário.
Aceita negativados? Pode ser que aceite
Juros: bem baixos. A partir de 1,7% ao mês.

Parceiros:

O pagamento do empréstimo sai direto do seu salário, mas isso depende de que a empresa em que você trabalha tenha convênio com algum banco. Assim, poucos trabalhadores têm acesso a esse tipo de empréstimo.

Uma coisa que pode ampliar esse acesso é a recente implantação do consignado com FGTS em garantia, que é explicada no vídeo ao lado.

Faixa de valores: As parcelas não podem superar 30% do seu salário.
Aceita negativados? Geralmente não.
Juros: baixos, apesar de um pouco maior que outros consignados. A partir de 2,5% ao mês.

É o tipo de empréstimo mais simples que existe. Nada de garantias, nada de consignado, nada de roleta ou gerente de banco. É tudo online, você sabe na hora se foi aprovado ou não. Todo o envio de documentos é feito pelo seu celular ou computador.

Porém, é necessário ter um alto score de crédito (ou seja, ter finanças bem saudáveis, ganhando mais do que gasta, tendo poucas dívidas, etc). Ainda, é necessaário ter conta em algum banco para receber o valor do empréstimo.

Faixa de valores: De R$2.000 até R$ 50.000
Aceita negativados? Não.
Juros: cerca de 4% ao mês

Parceiros:

Esse é um empréstimo rápido, de baixo valor, juros altos e curto prazo (até 1 ano). A depender da hora da sua solicitação, o dinheiro pode cair na sua conta no mesmo dia! E tudo isso online, sem precisar sair do computador ou do celular.

Porém, fique atento para fraudes na internet: nunca faça depósito adiantado para liberar empréstimo!

Faixa de valores: De R$200 até R$ 4.000 (em no máximo 12x)
Aceita negativados? Talvez
Juros: altos, variando de 8% a 18% ao mês

As suas opções ficam reduzidas a praticamente duas: um empréstimo de emergência ou um empréstimo com imóvel em garantia. Sabendo disso, muitos fraudadores na internet se aproveitam para aplicar golpes. Existem supostas opções milagrosas na internet oferecendo juros baixos, valores altos e prazos longos para negativados. Se você ver algo do tipo, desconfie!

E acima de tudo: NUNCA FAÇA DEPÓSITO ADIANTADO PARA LIBERAR UM EMPRÉSTIMO! Não existe taxa de fiador, imposto, taxa para aumentar score...

Faixa de valores: De R$200 até R$ 4.000. (Se você tiver imóvel, é possível obter empréstimo a partir de R$ 30.000)
Aceita negativados? Talvez! Não é garantia de obter um empréstimo, mas é possível tentar.
Juros: altos, variando de 8% a 18% ao mês (Se você tiver imóvel, consegue juros baixos)

Parceiros:

Essa é uma opção de crédito rotativo. Ou seja, ele fica disponível para você, para você usar quando quiser, e ir pagando aos poucos. Pode ser entendido como um crédito para emergências. Mas ele é um tipo de crédito MUITO PERIGOSO.

Por isso, fuja dessa cilada! Para se preparar para emergências, o mais recomendado é você poupar dinheiro e fazer a sua própria reserva para emergências.

Juros: MUITO ALTOS! Mais de 10% ao mês!

O cartão de crédito é uma forma rápida de ter dinheiro emprestado: você compra algo hoje e só paga no dia do vencimento da fatura. É rápido, fácil, e super conveniente.

Por isso mesmo, você pode cair na grande cilada de descuidar do seu orçamento e estourar o seu limite. Se você fizer isso e não conseguir pagar toda a fatura, você terá duas opções: o parcelamento da fatura ou o crédito rotativo.

Anuidade: É a taxa mensal que você paga para ter o cartão. Existem vários cartões com zero anuidade, que você pode conferir clicando aqui.

Juros: MUITO ALTOS! Mais de 10% ao mês no caso do crédito rotativo

Se você quer comprar um carro, mas não tem o valor total para fazer isso, essa é uma opção.

Pense se o carro é realmente necessário nesse momento, ou se não vale a pena usar uber/99/aplicativos/taxi, juntar dinheiro e comprar o veículo mais pra frente, economizando nas taxas de juros. Além disso, é fundamental pensar que você terá custos com impostos, manutenção, estacionamento e que é necessário ter uma reserva para emergências relacionadas ao veículo. Faça seu orçamento para descobrir se um veículo realmente cabe no seu bolso.

Faixa de valores: até 70% do valor do veículo
Prazo Máximo: 5 anos
Aceita negativados? Geralmente não
Juros: baixos, pois o veículo serve como garantia. Cerca de 1,5% ao mês.

Se você quer ter a posse de um imóvel, mas não pode aguardar até juntar dinheiro suficiente para comprá-lo com desconto, então o financiamento imobiliário pode ser uma saída.

No financiamento, o crédito liberado pelo banco só pode ser usado para comprar o imóvel, que ficará em regime de alienação fiduciária até que toda a dívida seja quitada. Como o imóvel serve como garantia, os juros são baixos, mas como o contrato é longo, pequenas variações fazem diferença. Por isso, comparar as opções é fundamental.

Faixa de valores: De R$50.000 até 70% do valor do imóvel
Prazo Máximo: 30 anos
Aceita negativados? Pode ser que aceite
Juros: baixos, pois o imóvel serve como garantia. Cerca de 1% ao mês + TR para pessoas físicas (imóveis de valor menor que R$950.000). Os juros são menores se você se enquadrar nas condições do SFH (caso em que é possível usar o FGTS).

Parceiros:

TOP