Você está querendo trocar de carro? Quer pegar um modelo mais novo e bonito para andar por aí?

Porém o seu automóvel ainda está financiado e você vem pagando as parcelas da negociação. Pois saiba que é possível trocar de carro mesmo assim.

Veja a seguir algumas formas de trocar um carro financiado.

Quitar a dívida do carro junto ao banco ou financeira

  • A primeira dica é quitar a sua dívida junto ao banco e a instituição financeira que financiou o seu carro.

Essa é uma excelente opção, porque você pode conseguir um bom desconto para quitar o financiamento de seu automóvel financiado. Os descontos podem chegar até 30% – de acordo com especialistas.

Por exemplo, vamos supor que faltam 9 parcelas de R$ 1 mil para você quitar o financiamento de seu veículo. Ao contrário de pagar o valor total R$ 9 mil, você pode – com o abatimento de juros e taxas, pagar apenas R$ 6.300,00.

Leia aqui como requisitar uma quitação de veículo com seu banco: Quitar Financiamento de Veículo em Bancos.

Trocar um carro financiado é possível. Confira as formas de fazer isso.

Powered by Rock Convert

Transferir o valor do financiamento para o comprador

Nem todas as pessoas têm condições de arcar com a quitação do automóvel financiado, assim, essa é outra sugestão sobre como trocar um carro financiado.

  • Junto ao banco, você passa para o novo comprador a dívida que falta para quitar o carro. E a quantia que você já desembolsou no veículo deve ser paga diretamente a você pelo novo dono do veículo.

Porém, para que essa transação seja possível, o banco ou instituição financeira irá fazer uma análise de crédito do novo comprador. Caso seja aprovada, a transferência pode ser feita sem mais burocracias.

Obviamente essa opção é mais demorada do que quitar o débito todo do veículo financiado, Além disso, o banco ou instituição financeira, além de demorar para aprovar a transferência do financiamento pode reprovar o crédito para a pessoa que pretende comprar o seu automóvel.

Se isso acontecer, você deverá pesquisar outras opções ou procurar outro vendedor, que tenha a análise de crédito aprovada pelo banco ou instituição financeira.

A maior parte da negação da transferência acontece em casos onde a renda do interessado não é considerada suficiente, score baixo ou CPF incluído nos Órgãos de Proteção ao Crédito.

Dar o carro de entrada para a concessionária onde vai adquirir novo veículo.

  • Essa prática para trocar um carro financiado é bem comum, você dá o seu carro de entrada para a compra do novo – descontando, obviamente, o valor que ainda tem de pagar. Assim pode sair do local com um novo e belo automóvel.

Mas atenção, só faça esse tipo de negociação com tudo documentado para não correr o risco de passar o seu veículo para a concessionária e não ter o direito de comprar outro. Não é muito comum isso acontecer, mas existem, sim, estabelecimentos mal-intencionados que podem lançar mão dessa prática.

Para reverter o caso, se isso acontecer, te gerará muitos transtornos. Portanto, escolha concessionárias idôneas e acompanhe todo o processo.

Vale ressaltar que você provavelmente irá contrair novo financiamento, dependendo de quanto conseguir no seu carro usado. Preste atenção para adquirir um novo veículo, cujas parcelas caibam no seu bolso – evitando problemas futuros

Powered by Rock Convert

Comentários