Os cartões de crédito SulAmerica fornecem benefícios comuns a todos os cartões Credicard, como a possibilidade de pagar a fatura em até 40 dias após a realização da compra, parcelamento de 12 vezes e retirada de recursos em caixas conveniados. Interessado em fazer um cartão SulAmerica? Confira aqui as vantagens do mesmo!

O Credicard SulAmerica é uma modalidade de cartão que não oferece benefícios adicionais, fora os comuns que os cartões de crédito Credicard costumam fornecer. Porém, podem ser uma alternativa válida para aqueles que não pretendem gastar muito fazendo e mantendo um cartão.

Quais cartões são oferecidos pela Credicard SulAmerica?

São oferecidos dois tipos diferentes de cartões, sendo eles:

Credicard SulAmerica Internacional: Para fazer esse cartão, é necessário possuir renda mínima de R$800 por mês. Ainda, o cartão possui anuidade de R$88,50, sendo que as demais anuidades saem a R$177.

Credicard SulAmerica Gold: Para fazer esse cartão, é necessário possuir renda mínima de R$3.000 por mês. Ainda, o cartão possui primeira anuidade de R$141, sendo que as demais anuidades saem a R$282.

Quais as vantagens de possuir um cartão Credicard?

A Credicard oferece benefícios diferentes conforme o tipo de cartão que você opta por fazer.

Credicard Internacional: Com esse cartão, existe a possibilidade de realizar compras em lojas físicas e online estrangeiros, além de conseguir realizar a reposição do cartão, se for necessário, enquanto estiver no exterior, e possuir um seguro viagem no valor de US$75.000, para casos de morte ou invalidez.

Credicard Gold: Com esse cartão, existe a possibilidade de realizar compras em lojas físicas e online estrangeiros, além de conseguir realizar a reposição do cartão, se for necessário, enquanto estiver no exterior, possuir um seguro viagem no valor de US$250.000, para casos de morte ou invalidez, e seguro gratuito para veículos que forem alugados nos Estados Unidos e Canadá.

Conseguiu tirar suas dúvidas sobre o Credicard SulAmerica? Então tire outras e confira mais matérias aqui, no Juros Baixos.

Comentários