Powered by Rock Convert

O CDB é um dos investimentos em renda fixa mais comentados pelas corretoras e bancos em todo o país. Isso porque ele possui prazos bastante maleáveis e exige um pequeno capital para investir, sendo assim, esse modelo de investimento acaba beneficiando muitos perfis de investidores. É por isso que os bancos têm oferecido esse tipo de investimento, como é o caso do CDB do Itaú.

Considerado um dos maiores bancos do Brasil, o Itaú oferece diversos tipos de investimentos.

Se você ainda não sabe o que é CDB ou já conhece, mas quer saber mais sobre as condições oferecidas pelo banco Itaú, acompanhe este post até o final para descobrir tudo sobre esse investimento e o que o Itaú tem a te oferecer.

O que é CDB?

Também chamado de “Certificado de Depósito Bancário”, o CDB nada mais é do que uma modalidade de investimento considerada como renda fixa. Para quem está dando os primeiros passos no mundo dos investimentos, o CDB é uma ótima forma de começar a investir, pois ele oferece ótimas condições, tais como prazos, valor mínimo para depósito acessível para a maioria das pessoas, entre outras.

Esse título de renda fixa é destinado ao setor privado, por isso, sempre que compramos CDB estamos oferecendo aos bancos um empréstimo. Assim que o investimento atinge o prazo pré-determinado no contrato, o valor investido retorna para o investidor juntamente com juros, que é a forma que o banco te remunera por ter emprestado o dinheiro.

Assim como o prazo, a remuneração de cada CDB é determinada ainda na contratação do investimento. Por isso, você já deve ter ouvido que tal CDB rende 100% do CDI, ou 110%, 120%, 130%, entre outros valores. Esses termos técnicos se referem ao quanto o CDB renderá ao longo do período investido.

Condições do CDB do Itaú

Assim como diversos bancos e corretoras regulamentadas pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), o Itaú também oferece uma opção de CDB para quem já é cliente do banco. Uma das principais vantagens de contar com um banco que oferece essa modalidade de investimento é que a aplicação no título de crédito privado pode ser feita por meio do internet banking, sem a necessidade de transferir valores para outra carteira.

O CDB oferecido pelo banco Itaú possui como todos os demais investimentos deste tipo, prazo e rentabilidade definida ainda na contratação do investimento. No entanto, há algumas variações desse investimento que só o Itaú oferece no mercado. Confira a seguir quais são essas modalidades de CDB:

  • CDB Pré Itaú- a modalidade de CDB pré-fixado do Itaú é chamada de “CDB Pré Itaú”, onde a rentabilidade é definida ainda no momento da contratação do investimento. Isso significa que ao longo do período, o valor investido não sofrerá variações de acordo com outras taxas, o que permite ao investidor saber exatamente quanto irá resgatar ao término do investimento;
  • Itauvest – nesta outra modalidade o CDB é pós-fixado, o que significa que ele renderá de acordo com as variações da taxa, que nesse caso é o CDI. A rentabilidade desse investimento é dada pelo banco através de um percentual considerando o valor do CDI. O Itaú oferece neste modelo de investimento a remuneração progressiva, o que possibilita aos investidores uma maior remuneração caso o prazo de investimento seja mais prolongado.

Como funciona esse modelo de investimento

Todo investimento em renda fixa possui algumas características utilizadas para a comparação do melhor investimento, tais como: valores mínimos para aplicação, prazos e resgate. Sendo assim, criamos uma tabela para que você entenda de forma mais dinâmica como funciona o CDB do Itaú considerando as duas modalidades oferecidas pelo banco. Veja todas essas informações a seguir:

Principais informações sobre o investimento em CDB do banco Itaú.

Veja como é o pagamento de impostos do CDB do Itaú.

Como é o pagamento de tributos do CDBA maioria dos investimentos são tributados de acordo com a sua regulamentação. No caso do CDB, independente do banco ou corretora que ofereça esta modalidade de investimento, a tributação existe e é aplicada de duas formas diferentes, através do IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e do IR (Imposto de Renda). Sendo assim, não há como fugir da arrecadação tributária.

  • IOF – nesta modalidade de tributação, o imposto é cobrado apenas para os resgates realizados antes do prazo de 30 dias estabelecido no contrato.
  • IR – já este imposto possui uma alíquota regressiva de acordo com o tempo de aplicação do investimento e é sempre cobrada ao término do contrato. Sendo assim, não há um prazo em específico para que o investidor fique livre deste imposto.

Felizmente você não precisa fazer nada para que o imposto seja pago corretamente. Todos esses valores são recolhidos automaticamente assim que você resgata o CDB. Aliás, você pode conferir esse valor ainda na contratação do seu investimento. Como investir no CDB do ItaúPara se tornar um investidor no banco Itaú você precisará primeiramente ter uma conta corrente nesta instituição financeira.

A boa notícia é que você pode abrir a sua conta pela internet, basta baixar o aplicativo do banco Itaú e criar a sua conta agora mesmo. Lembrando apenas que por ser uma conta corrente, o banco fará uma análise de crédito para avaliar se você poderá ou não abrir uma conta.Se você já possui uma conta, há várias formas de investir no CDB e em outros diversos investimentos oferecidos pelo banco Itaú.
Para isso, basta que você escolha a opção que mais te agrade, podendo ser pela internet, em caixas eletrônicos e por telefone. Caso você queira investir pela internet, acesse o Internet Banking por um navegador de internet ou pelo aplicativo do banco e faça a aplicação. Agora, se preferir ir até um caixa eletrônico você precisará apenas inserir o seu cartão e escolher o investimento.
Por fim, para investir através do telefone você só precisará ligar para 4004 4820 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800 970 4828 (demais localidades).Agora que você já sabe tudo sobre esse investimento, confira outras opções de CDB aqui no Juros Baixos.

Valores para aplicação Prazos Resgate
CDB Pré R$ 1.000,00 De 30 a 721 dias (2 anos). Resgate total ou parcial de forma antecipada após prazo mínimo de 30 dias.
Itauvest R$ 500,00 (aplicações pela internet) e R$ 2.000,00 (aplicações nas agências). De 2 a 1.800 dias (5 anos). Resgate total ou parcial de forma antecipada após prazo mínimo de 2 dias.
Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares