Powered by Rock Convert

Morar de aluguel pode ser uma boa alternativa para quem não tem condições de comprar a casa própria ou até para quem não gosta de ficar no mesmo lugar por muito tempo. Independente do motivo, é sempre importante pagar um preço justo por isso, já que esta não será a única conta a ser paga no fim do mês como custo fixo, e ajustar este valor ao orçamento é fundamental. Veja neste artigo 6 dicas de como renegociar seu aluguel com o proprietário.Seja honesto e esteja informado para renegociar o aluguel com o proprietário.

1 – Reúna argumentos para renegociar o aluguel

Antes de abordar o proprietário para renegociar seu aluguel com o proprietário, busque informações sobre o mercado, baseado também na situação econômica vigente no País, para argumentar com ele e não fugir muito da realidade. Se você quer pagar menos no aluguel e obter vantagem assim, ele também tem seus compromissos e conta com seu compromisso.

Pesquise o valor do aluguel nas redondezas do imóvel, pergunte para amigos qual a média de valor que pagam, considerando o bairro e a situação da casa ou apartamento, por exemplo. Nesta hora, a internet fornece também muitas informações e até em aplicativos é possível encontrar valores que vão dar base para sua renegociação.

2 – Lembre de sua lealdade no pagamento

Esta dica é para os bons pagadores. Isso pode ajudar muito na hora de renegociar o aluguel: valorize o fato de que você paga o aluguel sem atraso e sem desculpas, o que, apesar de ser uma obrigação, conta muito para criar um voto de confiança com o proprietário na hora de renegociar o valor.

Outra coisa que pode ser trazida à tona é o estado que você mantém a casa ou o apartamento. Por isso é importante zelar pela propriedade todos os dias, fazendo o possível para deixar como você a encontrou no primeiro dia. É claro que desgastes naturais podem acontecer, mas se mostre prestativo para manter o lugar em ordem, pois pode contar na avaliação do proprietário ao seu pedido.

3 – Seja honesto com o proprietário para renegociar o aluguel

Essa é uma das dicas mais importantes. Não invente histórias para tornar a renegociação do aluguel emocional. A sinceridade pode ser notada e não é necessário dizer que alguém está doente ou até ameaçar de sair da casa caso o dono não diminua o valor. Lembre-se que se sua situação financeira não é das melhores, muito provavelmente a do proprietário passa por dificuldades da mesma forma.

Seja honesto e esclareça que, devido à alta inflação, por exemplo, outras necessidades básicas como alimentos ficaram mais caros, e por um preço que não é possível negociar. Neste caso, foi preciso diminuir alguma despesa. Você também pode dizer que quer ficar no imóvel, mas que agora está um pouco apertado e não está com o orçamento de quando fechou o negócio. Converse de forma tranquila e com firmeza.

Powered by Rock Convert

Manter a casa bem cuidada é um bom argumento para renegociar o aluguel.

4 – Registre tudo o que combinar

No meio da negociação com o proprietário, você pode rever alguma cláusula do contrato, mostrando o que cumpre e o que pretende alterar além do valor. Especialistas recomendam que seja feita uma minuta do contrato de aluguel com alguns dias de antecedência, para que elas sejam analisadas com calma antes de acertar o novo valor.

5 – Mantenha um bom relacionamento com o proprietário

Em todo tipo de negociação, tudo é facilitado com um bom relacionamento. Seja um contrato antigo ou recente, se você já tem um contato próximo e de respeito com o proprietário, a renegociação do aluguel será muito melhor e mais simples. Mesmo que não tenham tanta proximidade, é importante existir um relacionamento amigável entre locatário e locador.

Além de pagar tudo em dia e manter o imóvel em bom estado, o locatário pode sempre informar ao proprietário sobre as reuniões de condomínio e respeitar as normas do prédio, no caso de apartamentos.

6 – Proponha um acordo temporário

Caso o dono do imóvel esteja irredutível em relação a renegociar o aluguel, tente propor um ajuste temporário do valor, na qual você visualize que dentro de determinado período – três a quatro meses, aproximadamente – você estará com a situação financeira melhor e possa pagar o valor combinado primariamente.

O que fazer se não consigo renegociar o aluguel?

Se realmente não for possível permanecer na casa que está por causa do valor, é hora de procurar um novo lugar. Não busque em lugares mais distantes de onde já aluga. Utilize as informações da pesquisa que fez inicialmente para renegociar o valor com o proprietário e encontre uma opção similar e até mais em conta. Também vale a pena negociar um não reajuste de aumento.

Caso o contrato esteja próximo do vencimento, negocie um prazo para permanecer no imóvel até que encontre um lugar que se mostre vantajoso para você e para o futuro locador. Desta forma, você terá mais tempo e calma para encontrar algo que se ajuste ao seu orçamento.

Agora, compartilhe estas dicas e continue acompanhando nosso site para mais informações sobre vida financeira.

Powered by Rock Convert

Comentários

Shares