Powered by Rock Convert

Afinal, além de ser muito importante estar atento quanto ao significado dos termos e jargões financeiros, quando se trata de algo referente a movimentação de uma conta bancária, a atenção precisa ser redobrada, seja para entender como funcionam todos os trâmites bancários, ou para tirar proveito de todos os benefícios e vantagens em manter uma conta em um banco.

Saber tudo que for necessário para cuidar das suas finanças, não apenas é importante, mas imprescindível.

O que significa depósito e depositar

Ao contrário de sacar, que é quando se retira dinheiro de uma conta bancária, o depósito ocorre quando se envia dinheiro para uma conta.

Quando você precisa enviar dinheiro para o banco, significa que você precisa depositar dinheiro nele. Seja para poupar suas economias ou para manter saldo em sua conta corrente, se você não recebe nenhum rendimento em sua conta (como um salário ou benefício de aposentadoria, por exemplo) é preciso efetuar depósitos para que a conta mantenha saldo.

Seja direto na boca do caixa, através de envelopes de depósito utilizados nos caixas eletrônicos, ou mesmo com transferências bancárias, quando você solicita o envio de dinheiro para uma conta bancária, você está efetuando um depósito.

Dessa forma, pode-se considerar um depósito (ou o ato de depositar) tudo o que envolve a ação de inserir algo em algum lugar, seja para armazenar esse algo ou não. Por exemplo, quando há uma urna de uma promoção, é normal dizer que os cupons devem ser depositados ali. Ou, um local onde se armazena coisas com a finalidade de guardá-las, também é denominado depósito.

Portanto, seja para cobrir o limite de cheque especial da conta, um valor para agregar o saldo de economias da poupança, ou o valor necessário para pagar uma dívida, o ato de injetar dinheiro em uma conta, independente da finalidade, é considerado um depósito.

Como essa transação funciona?

Podendo ser feito em cheque ou em espécie (em dinheiro vivo), para que o depósito ocorra corretamente é necessário que sejam informados os dados da conta do destinatário. Esses dados, normalmente são compostos por número e dígito da agência, número e dígito da conta, nome do titular da conta e valor a ser depositado.

Se o depósito for realizado no caixa eletrônico é necessário preencher essas informações no envelope de depósito, e depois informá-los na tela do caixa. Em seguida, o valor (dinheiro ou cheque) são colocados dentro do envelope, que após ser lacrado é inserido no caixa. Lembrando que é necessário depositar o envelope no caixa eletrônico do banco cujo corresponde a conta do destinatário, ou seja, se o depósito for para o Bradesco por exemplo, o envelope não pode ser depositado no caixa eletrônico do Banco do Brasil.

O procedimento é o mesmo para o caso do depósito direto na boca do caixa, com a diferença de que nesse caso, não é necessário o envelope, pois, o dinheiro ou cheque são entregues diretamente ao caixa.

Se o depósito for entre bancos diferentes, de conta para conta (sem o envio físico, como é o caso do depósito no caixa eletrônico) é denominado transferência bancária, que pode ser do tipo DOC ou TED. Nesses casos, são necessárias informações como o número do banco de destino e o CPF do titular da conta, além dos outros dados necessários no depósito via caixa eletrônico.

Lembre-se sempre de conferir os dados do cheque ou a quantia do dinheiro em espécie a ser depositado, pois, caso haja qualquer divergência entre os dados informados e o conteúdo do envelope, a operação não será realizada e você precisará ir até o banco retirar o envelope e refazer a operação. Vale lembrar que é necessário pelo menos um dia útil para que essa conferência ocorra, o que pode atrasar o prazo para que o dinheiro entre na conta do destinatário.

Além disso, caso você preencha os dados errados e coincida com os dados de uma outra conta existente e válida, o valor depositado pode ir parar nessa conta errada. E esse tipo de problema costuma ser descoberto somente quando o destinatário correto informa que não recebeu o valor, pois, como os dados informados eram válidos, o banco não tem como saber que não se tratava do destinatário correto; o que gera um grande transtorno.

Outro detalhe importante é que os depósitos em espécie caem na conta do destinatário no mesmo dia, e em cheque podem demorar até dois dias úteis, conforme o valor do cheque.

Um dos canais mais utilizados para realização de depósitos são os caixas eletrônicos.

Além de saber  o que significa depósito e depositar e como essa transação funciona, é importante entender os detalhes desse trâmite no seu banco. Seja sobre o prazo para que o valor esteja disponível na conta, sobre o valor da taxa (e se há taxa) para esse serviço, ou sobre os canais disponíveis para efetuar um depósito, enfim, esses detalhes podem mudar de banco para banco, por isso é importante entender como o seu banco funciona.

Então procure sua agência e informe-se para tirar suas dúvidas. E deixe seus comentários sobre o post! A opinião de nossos leitores é muito importante para que possamos aprimorar os conteúdos do blog!

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares