As métricas financeiras em marketing servem para medir se a sua empresa está gerando a receita que você planejou, ou seja, é com elas que se analisa quais são as estratégias de divulgação e os canais que dão mais retorno financeiro para o seu negócio.

Por esse motivo, é importante conhecer as principais métricas, pois não é só de visitas que uma empresa sobrevive, mas da quantidade de dinheiro que entra por meio delas.

Por isso, além de acompanhar os indicadores de performance (KPIs), usados para atrair e captar mais clientes, você deve analisar, principalmente, os indicadores financeiros. Afinal, sem dinheiro, não tem como o seu negócio permanecer no mercado, não é mesmo?

Neste artigo, você vai conhecer quais são as principais métricas financeiras em marketing para analisar de quais canais vem a sua receita e quais precisam melhorar as estratégias para vender cada vez mais.

1- Receita: uma das principais métricas financeiras em marketing

Fonte: Pexels

No mundo dos negócios, gerar receita é a parte mais importante. Afinal, é ganhando dinheiro que a empresa consegue pagar as suas despesas e crescer no seu mercado de atuação. 

Mas o que se deve analisar nesta métrica financeira em marketing?

A receita de um negócio diz respeito à quantidade de dinheiro que entra por meio da venda de produtos ou serviços. E você pode medir essa entrada de recursos de várias maneiras, porém as mais importantes são:

  • O cálculo do preço de vendas dos produtos x a quantidade de unidades vendidas;
  • Os canais de marketing que estão gerando mais renda;
  • O retorno sobre o investimento (ROI).

Ao analisar esses dados, é possível saber se as estratégias de divulgação e de marketing estão dando lucro.

2- ROI: retorno sobre o investimento à métrica do resultado financeiro

Agora, vamos falar sobre o retorno sobre o investimento, o famoso ROI. Essa é uma KPI ⏤ explico o que isso significa mais abaixo ⏤ que te mostra qual foi o resultado sobre o valor investido em publicidade. É assim que você vai ficar sabendo qual publicação precisa ser ajustada ou qual vale a pena continuar investindo.

A verdade é que por meio da análise do ROI você pode melhorar ou abortar uma campanha de publicidade e, dessa maneira, evitar gastos desnecessários para a sua empresa. 

Essa métrica é fundamental para analisar resultados, pois ela ajuda a entender:

  • A origem da sua maior renda, isto é, qual estratégia de divulgação está funcionando;
  •  Quais são os canais com mais respostas positivas dos clientes;
  • Quantidade exata de dinheiro que você gastou e ganhou em publicidade. 

Para calcular o ROI, você precisa subtrair quanto ganhou com alguma publicação, por quanto investiu nela, e, em seguida, dividir esse resultado. O mais importante, portanto, é saber que essa é a métrica que mostra se as suas ações de marketing estão te dando o retorno planejado.

KPI – O que é e para que serve?

Deixa eu te explicar o que é uma Key Performance Indicator (KPI). Essa sigla significa chave de indicadores de desempenho, ou seja, são meios para entender a resposta das ações que você implementou nas suas estratégias de marketing.

É importante ressaltar que existem várias dessas chaves para medir resultados, confira alguns exemplos abaixo:

  • O número de prospecção x a quantidade de vendas;
  • A quantidade de visitas x a quantidade de material baixado;
  • O número de e-mails enviados x o número de e-mails abertos;
  • Entre outros.

Perceba que as métricas financeiras em marketing, apesar de serem as mais relevantes, pois garantem o monitoramento da entrada de recursos financeiros, não são as únicas que você precisa medir para entender os resultados da sua empresa.

3- Taxas de conversão e de rotatividade de clientes

Antes de explicar a importância de medir as taxas de conversão e de rotatividade, é preciso compreender que a medida dos frutos do seu esforço não aparece por acaso. 

Na verdade, tais frutos são planejados por meio de uma ferramenta chamada SMART (Specific, Measurable, Attainable, Relevant e Time-based), que mostra tanto as métricas desejadas quanto a relevância e o prazo para alcançá-las.

As taxas de conversão e de rotatividade também representam o aumento ou a diminuição da sua receita e das suas despesas; por esse motivo, é necessário medi-las para saber a quantidade de recursos financeiros utilizada nessa KPI.

Taxa de conversão

Pensando nisso, é necessário medir a taxa de conversão, ou seja, o Custo por Aquisição de Clientes (CAC), que significa o quanto a sua empresa gastou para conquistar cada novo cliente.

Taxa de rotatividade

Por fim, é fundamental calcular quanto custa manter um cliente na sua empresa, e o nome dessa métrica é: Lifetime Value (LTV), a qual mede o custo de fidelização de clientes satisfeitos.

Dessa forma, percebe-se que por meio do registro e da análise de dados é possível saber qual é o real faturamento e o lucro da sua empresa. 

Agora que sabe como aumentar a sua renda, aplicando as métricas financeiras em marketing, pode começar a investir uma parte desse dinheiro em apartamentos à venda no Rio de Janeiro.

Conheça o Apto

Esta matéria foi criada pela equipe do Blueprint, canal de conteúdo imobiliário do Apto, o maior shopping de imóveis novos do Brasil, que oferece soluções e conteúdo exclusivo criado por arquitetos, para que você possa escolher o imóvel dos seus sonhos com praticidade e conforto.

Conheça e descubra diversos imóveis novos, como apartamentos à venda em São Paulo, e realize o seu sonho da casa própria!

Além disso, você pode ficar sabendo de tudo o que acontece no mercado imobiliário através do Blueprint, uma newsletter semanal com conteúdo especializado para profissionais que querem estar a par de todos os cases, produtos e inovações. Conheça e assine!

Comentários