compare cartoes de creditoPowered by Rock Convert

O cartão de crédito pode se tornar uma dor de cabeça quando não sabemos utilizá-lo.

Por isso, controlar os gastos é fundamental.

Que tal fazer uma planilha para ter este controle e não levar um susto quando receber a fatura?

Vamos te ensinar a montar uma planilha para ajudar a controlar os gastos com cartão de crédito.

Você pode usar o Excel ou o Google Sheets para criar uma planilha e controlar os gastos com o seu cartão de crédito.

Montando a planilha

Você não precisa ser um especialista para montar uma planilha. Com conhecimentos básicos você consegue preparar uma sem dificuldades.

Você pode usar tanto o Excel da Microsoft quanto o Google Sheet do Google, que funciona na nuvem. Lembrando que você também pode criar uma planilha em Excel e coloca-la na nuvem, em softwares como Google Drive (da própria Google), One Drive (Microsoft) e DropBox.

Controle mensal

Ao abrir o arquivo, renomeie o nome da planilha para o mês corrente. Se você vai começar a partir de janeiro, então mude para janeiro.

Por padrão, o nome da aba será Planilha1 (Excel) ou Página 1 (Google). Clique duas vezes sobre o nome e o mesmo ficará destacado, pronto para ser alterado. Digite o mês e aperte Enter.

Faça uma aba para cada mês.

Cabeçalho

Agora, você vai criar as colunas com as informações necessárias.

Faça um cabeçalho com as informações: data, estabelecimento, produto, valor, categoria, parcela e observação.

Data: será a data em que você fez a compra;

Estabelecimento: o local da compra, você pode preencher com o nome real ou com o nome fantasia o que você achar melhor;

Produto: o que você comprou;

Valor: o valor da compra ou da parcela;

Categoria: crie categorias para classificar suas compras como: lazer, supermercado, transporte (táxi ou aplicativos), material escolar. Crie quantas forem necessárias, mas não exagere para não se confundir.

Parcela: se você comprar em uma única parcela vai digitar 0 (parcela única) quando comprar em duas ou mais parcelas, digite o número da parcela seguido de barra (/) e o número total de parcelas. Exemplo: se for a primeira de 10 parcelas você vai digitar 1/10.

Obs.: no campo de observações você fará qualquer anotação que achar necessária. Uma dica é anotar se a compra foi on line (loja virtual).

Totalizando

Agora vem a parte divertida.

Assim que lançar todas as compras, some todos os gastos.

Na linha imediatamente abaixo do último lançamento, basta clicar no botão soma.

Você terá a soma total de todos os valores lançados nas linhas imediatamente anteriores.

Após montar este quadro, dê algumas linhas de espaço e digite em linhas separadas e na sequência: Total de gastos, Limite do cartão e Limite disponível.

No Total de gastos, você não precisa somar novamente os lançamentos, basta digitar igual (=) e selecionar a linha em que está a somatória que você já fez.

Em Limite do cartão, digite o valor do limite que você tem disponível.

Por fim, em Limite disponível, faça a subtração entre a linha do Limite do cartão e a do Total de gastos.

Você terá o total disponível para gastos no cartão.

Controlando o saldo a pagar

Agora a parte crucial da planilha.

Você vai digitar, em linhas separadas: data de vencimento, data de pagamento, total de gastos, anuidade / taxas, saldo anterior, encargos, valor a pagar, valor pago e saldo.

Data de vencimento: é a data em que você deve pagar a fatura do cartão;

Data de pagamento: a data em que você pagou a fatura do cartão;

Total de gastos: o total de gastos que você fez com o cartão;

Anuidade / taxas: o valor da anuidade e de taxas (seguro, segunda via) que a operadora do cartão cobrará;

Saldo anterior: digite o saldo que você tem a pagar da fatura anterior, se for o caso;

Encargos: são os juros e multa por pagamento em atraso ou pelo uso do rotativo;

Valor a pagar: a somatória do total de gastos, anuidade / taxas, saldo anterior e os encargos;

Valor pago: o valor que você pagou da fatura;

Saldo: o quanto ficou a pagar para o próximo mês (tomara que seja zero…).

Fazendo isso, você terá o valor total a pagar do seu cartão de crédito e não precisará esperar o fechamento e envio da fatura pelo banco.

Importante

Ao criar sua planilha você considerar alguns pontos muito importantes.

Em primeiro lugar você deve saber qual a data de fechamento da fatura do cartão. Geralmente, entre 7 e 10 dias antes da data de vencimento ocorre o fechamento da fatura. Se sua fatura vence no dia 15, as compras que você fizer no dia 14, por exemplo, serão somadas na fatura do outro mês.

Você precisa saber esta data para preencher a planilha para que não some gastos que só serão pagos no período posterior. Para obter esta informação, entre em contato com a central de atendimento.

Quando fizer compras parceladas, faça o lançamento das parcelas dos meses seguintes para evitar o “esquecimento”.

Verifique quais são taxas cobradas em caso de atraso de pagamento bem como as taxas e condições do uso do rotativo.

Aplicativos também são ótima opção

Além das planilhas de controle financeiro, o consumidor pode utilizar de outros recursos interessantes. São os chamados gerenciadores financeiros.

As alternativas estão disponíveis em formato de sistema para o computador ou ainda por aplicativos para smartphones ou tablets. A vantagem em utilizar a opção está na associação e dados. É possível registrar gastos dos mais variados tipos, incluindo pagos à vista, e ainda os ganhos mensais do usuário. Logo, o consumidor terá controle ainda maior das finanças, com todas as informações com fácil visualização.

Nos sistemas, é uma alternativa também definir metas de economia, e verificar seu progresso de poupança a cada mês. O usuário se sente motivado ao controle, e os resultados para o orçamento são ótimos.

Por fim, agora que você fez a planilha use-a!

De nada adianta criar uma planilha de controle de gastos e deixa-la em branco.

Para não esquecer de utilizá-la, crie um atalho na sua área de trabalho.

Ou então, utilize o arquivo na nuvem no seu celular assim que fizer a compra.

Crie o hábito de utilizar a planilha para controlar seus gastos e evite o hábito de esquecer de pagar em fatura em dia ou, pior ainda, gastar mais do que pode.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário