Você escolheu um produto ou solicitou um determinado serviço. Escolheu o melhor método de pagamento para você no momento: o cartão de crédito. 

Tudo caminha mil maravilhas, produtos escolhidos, serviço solicitado, chega na hora de realizar o pagamento. O seu cartão de crédito simplesmente “não passa”. Jargão para dizer que o seu cartão foi recusado no momento da compra. 

Existem inúmeros motivos que podem resultar na tão indesejada “transação não autorizada”. O seu cartão pode ser recusado em compras feitas pela internet ou em lojas físicas.

Não importa a modalidade de compra (online ou presencial), ambas não apresentam grandes diferenças nos motivos que levam a possível recusa do seu cartão no momento da compra. Nas duas ocasiões o que acontece é basicamente a mesma coisa e os procedimentos para resolução do problema são concomitantemente aos mesmos.

Por que isso pode ter acontecido?

Ter o cartão bloqueado para a realização de pagamentos certamente já deve ter acontecido com você. É mais comum do que parece e apesar de habitual pode ser extremamente constrangedor. Mas afinal, você sabe por que isso acontece?

O principal motivo que leva a instituição financeira ou o banco a bloquear o cartão de um cliente é o atraso no pagamento da fatura.

Por exemplo, você tem o fechamento da sua fatura prevista para o dia 27 de cada mês. Após o fechamento a fatura é mandada para sua casa com vencimento para o dia 3, hipoteticamente.

Caso você não efetue o pagamento até a data limite estimada você não poderá realizar novas compras, sejam elas presencialmente ou online. O bloqueio do seu cartão por falta de pagamento é um direito do emissor, mesmo que você possua limite para outras compras.

A única forma de conseguir o desbloqueio é efetuando o pagamento da fatura vencida em sua totalidade ou pelo menos no valor mínimo determinado. Feito o pagamento, o seu cartão estará apto para novas compras (dentro do limite estabelecido) em um prazo limite de até 3 dias úteis.

Agora se mesmo com as faturas em dia o seu cartão foi bloqueado, as causas para que isso tenha ocorrido podem ser as mais diversas. Saber o que de fato ocorreu pode determinar o que você deve fazer para voltar a utilizar o seu cartão normalmente o mais rápido possível.

Você extrapolou o limite de crédito do seu cartão

Além do não pagamento da fatura, exceder o limite é uma das causas mais comuns que pode fazer com que o cartão seja bloqueado no momento de uma determinada transação.

Todo cartão, independente da sua bandeira, banco emissor ou modalidade de crédito (gold, platinum, institucional, corporativo, co-branded) apresenta um limite determinado pelo banco de acordo com o seu perfil, isso tendo como base as informações prestadas por você.

Até que haja um novo limite aprovado é esse o valor que você terá disponível para fazer as suas compras.

Muita gente não entende como o limite do seu cartão funciona, nós vamos explicar como são as diretrizes desse limite.

Por exemplo; se você apresenta um limite de R$ 2.500,00 e realiza a compra de um eletrodoméstico no valor de R$ 1.800,00 em 10 vezes, o seu limite disponível é de R$ 700,00.

Esse é o seu novo valor de compra, valor este que vai sendo acrescido a cada pagamento feito. No primeiro mês da compra o seu limite será de R$ 700,00, com o pagamento da primeira parcela o seu limite passará a ser R$ 880,00.

Nesse caso, você poderia ter o cartão recusado se tentasse efetuar a compra de um sofá com valor de R$ 1.000,00. Em alguns casos a operadora do cartão pode acabar liberando a compra, mas fique atento, você está provavelmente contratando o crédito emergencial.

Desta forma o banco autoriza que você realize compras acima do seu limite de crédito mas cobra algumas taxas sobre esse serviço. Por isso fique atento aos limites disponíveis.

O banco pode bloquear o seu cartão caso identifique um comportamento de compras atípico ao seu perfil consumidor

O banco acha que você foi vítima de um golpe

Imagine que você está realizando um compra e acaba digitando a senha incorretamente, você não percebe mas o problema está no botão da máquina e novamente você digita sua senha incorretamente.

É possível que seu cartão seja bloqueado pela instituição e você descubra isso no momento em que o vendedor tenta trocar de máquina para finalizar a operação.

Essa é apenas uma das práticas antifraudes que o seu banco pode acabar realizando para proteger você de possíveis transtornos.

Outra técnica antifraude leva em consideração o seu perfil de compra. Você sempre realiza compras presencialmente no valor máximo de R$ 100,00, mas encontra uma promoção imperdível para comprar aquele sapato que você tanto queria pelo site de uma loja que lhe pareceu confiável.

O sapato em questão custa R$ 350,00. É provável que o banco realize o bloqueio da operação, uma vez que não parece ser uma transação comum ao seu perfil de compra.

No caso de compras online é possível que você tenha digitado o código de segurança errado ou mesmo o número do seu cartão.

Cartão bloqueado durante a viagem

O seu cartão não estar disponível durante a viagem com a família pode ser resultado de duas situações distintas.

A primeira delas: o seu cartão é de uso internacional? Caso o seu cartão seja intitulado como “nacional” ele não poderá ser utilizado em viagens internacionais. Algumas instituições financeiras podem realizar o desbloqueio dos cartões nacionais para eventuais compras no exterior. Contudo é possível que esse benefício seja coberto por taxas

A segunda: alguns bancos podem realizar o bloqueio do cartão para uso somente no estado de emissão. Mesmo que você esteja viajando dentro do país o seu cartão pode ser recusado.

Sistema indisponível

Você provavelmente já tentou realizar uma operação por meio do caixa eletrônico e a operação não pode ser concluída porque o sistema estava indisponível. Com o cartão de crédito a situação não é diferente.

O sistema integrado do seu cartão de crédito pode não conseguir comunicação com o sistema de pagamento utilizado pelo vendedor. Neste caso não há muito o que fazer, vocês terão de tentar novamente o pagamento alguns minutos depois. Outra opção é que você troque o cartão utilizado.

Situações adversas que podem resultar em transação não aprovada

Um pouco mais incomum de acontecer, mas não impossível, é que você tente utilizar um cartão vencido. Quando você recebe um cartão de crédito da sua instituição financeira, no próprio cartão há um indicativo de qual é a validade para utilização.

Caso você tente utilizar o cartão após essa data a transação será bloqueada pelo banco emissor. Esteja atento a data de expiração e solicite um novo cartão assim que o prazo estiver prestes a expirar.

De ordem mais prática, outro fator que pode comprometer o uso do seu cartão é um eventual defeito no chip ou na tarja magnética, o que acaba comprometendo a leitura do cartão deixando-o bloqueado para uso até sua substituição.

Comentários