Powered by Rock Convert

Quando se trata de dinheiro, todos sabem que tão importante quanto ter o controle dos gastos, das receitas, dos investimentos, e também das projeções para o futuro, é ter uma reserva para situações emergenciais. Afinal, não é legal estar com o dinheiro contado, e ter que pagar por algum imprevisto, como por exemplo, por uma batida de carro. Quem já passou por isso sabe o quanto é complicado, e por isso, o fundo de reserva é tão importante. Então veja aqui o que é fundo de reserva, e fique ciente sobre a importância dele, seja para suas finanças pessoais, ou mesmo para a sua empresa.

É de grande importância pensar em poupar dinheiro, para criar uma reserva emergencial para imprevistos.

O que é fundo de reserva

Entender o que é fundo de reserva não é tão complicado quando sabemos o que significa fundo, que é basicamente uma reserva periódica de dinheiro visando manter um investimento ou mesmo um montante que apoie uma estabilidade futura. Entendendo isso, fica fácil deduzir que o fundo de reserva está relacionado a essa mesma aplicação de dinheiro, porém, aplicada como uma reserva para eventuais necessidades financeiras.

No caso de fundos de reserva em consórcios, por exemplo, o dinheiro aplicado equivale a uma parte da parcela paga no consórcio, cuja é reservada em um montante que visa cobrir possíveis despesas, caso haja inadimplência no consórcio, por exemplo, de modo a garantir que os demais participantes do consórcio não fiquem no prejuízo.

Já no caso de condomínios, o fundo de reserva é uma quantia paga mensalmente pelos moradores para garantir um montante que possa ser utilizado em casos de emergências, ou qualquer tipo de imprevistos que não tenho sido contabilizados nas estimativas de gastos periódicos do condomínio, como manutenções emergenciais.

Mas quando se trata das suas finanças, ou seja, os seus investimentos, criar um fundo de reserva é essencial para que se tenha mais tranquilidade e estabilidade financeira, principalmente se estivermos falando de uma empresa. Entretanto, muitas empresas ainda não contam com um fundo de reserva, devido seus gestores acharem desnecessário, ou mesmo por pensar que seja um gasto extra nas contas da empresa. O que demonstra não apenas que a empresa corre riscos com possíveis imprevistos financeiros, mas também, que seus gestores desconhecem totalmente a utilidade e como funciona o fundo de reserva.

Powered by Rock Convert

Como funciona o fundo de reserva em empresas

A criação de um fundo de reserva para um empresa, se resume em destinar uma parcela do lucro da empresa para a criação de uma reserva financeira. E o objetivo principal por trás dessa iniciativa é possuir  liquidez suficiente para poder arcar com despesas inesperadas e situações de emergência, que podem vir a ocorrer na empresa.

É importante ressaltar que a parte do faturamento transferida para o fundo, não precisa ser fixa. Ela dependerá muito do faturamento da empresa, e, portanto, pode ser definida como um percentual, ao invés de um valor fixo. Até porque, o valor a ser mantido no fundo depende da necessidade da empresa. Para o caso de manter a empresa caso não haja faturamento positivo, por exemplo, em geral é recomendado que o fundo possua o valor suficiente para cobrir dois meses de operação da empresa.

Vale lembrar, no entanto, que a intenção do fundo de reserva é manter essa reserva a partir da certeza de que a saúde financeira da empresa está boa. Pois, de nada adianta manter um fundo reservado, enquanto a empresa está com dívidas e pagando juros, por exemplo. Pois, destinar dinheiro da empresa ao fundo, não pode de maneira nenhuma, comprometer a saúde financeira da empresa, até porque manter o fundo de reserva perderia o sentido.

Porém, o fundo de reserva pode salvar a sua empresa. Afinal, situações inesperadas costumam ser comuns em ambientes empresariais, como rescisões repentinas de contratos, oscilações de mercado, faturamento abaixo do esperado recorrente, processos judiciais empregatícios, manutenções prediais, etc. E sem dinheiro reserva, a única maneira de arcar com esses eventuais gastos, seria fazendo empréstimos ou comprometendo o dinheiro destinado a outras coisas.

Além disso, criar um fundo de reserva para o pagamento de despesas fixas da empresa, também costuma ser uma boa ideia. A empresa tem gastos anuais com a comemoração de final de ano, por exemplo? Que tal manter um fundo de reserva próprio para arcar com essa despesa? Além de não precisar tirar dinheiro destinado a outras coisas, com uma reserva periódica de dinheiro, pode ser possível levantar mais recursos, e proporcionar uma comemoração melhor do que as anteriores.

A criação do fundo de reserva é uma prática essencial para garantir a estabilidade financeira de empresas.

Entendido o que é fundo de reserva, dá para perceber a importância que há em manter um. Afinal, não há como controlar imprevistos, e caso aconteça algum, ter de onde tirar dinheiro para saná-lo é muito tranquilizador. Então diga-nos qual a sua opinião sobre isso, e se você acha importante ter um fundo de reserva, ou não. E contribua com o post, deixando seus comentários e opiniões!

Powered by Rock Convert

Comentários