O BBB é um programa de entretenimento, isso é verdade. Mas ele pode nos trazer muitas lições, e não apenas sobre convivência e relacionamentos. 

Nesse contexto, podemos fazer um paralelo entre a forma que os brothers lidam com as estalecas e a maneira em que fazemos o nosso planejamento financeiro. Os participantes precisam se planejar e entender o momento mais estratégico de usar suas moedas. 

Da mesma forma, nós precisamos nos programar, principalmente quando estamos em uma situação complicada de finanças na crise. Diante deste cenário, fizemos este artigo para analisar o que aprendemos com o BBB para sair da Xepa e permanecer no VIP.

Entendendo as regras do jogo

O primeiro passo é entender as regras do jogo. No BBB, os participantes precisam aprender o que faz eles ganharem e perderem estalecas. O início pode ser difícil, porém, com o tempo, eles se acostumam e já sabem a melhor maneira de agir.

Isso também acontece conosco na vida real. Quando começamos a receber salário e precisamos pagar boletos, podemos ter dificuldade para pagar as contas corretamente. Porém, conforme erramos e acertamos, vamos aprendendo a cortar despesas e economizar em pontos estratégicos até pagar todas as nossas dívidas.

Nossa moeda (ou estalecas)

A nossa moeda equivale à estaleca do BBB. Na casa, em cada semana os brothers recebem uma quantidade de estalecas diferentes. Isso varia com a liderança e com quem participa da Xepa ou do VIP.

Outro fator que influencia o dinheiro ganho na casa é a punição. Deixar de fazer o Raio-X, por exemplo, gera um prejuízo de 500 estalecas e é considerada infração gravíssima. 

Da mesma forma, outras ações podem gerar multas e fazer as pessoas perderem estalecas, além do dinheiro gasto com compras, claro.

Poder de compra

O BBB dá uma aula sobre poder de compra. E isso tem tudo a ver com a inflação. Em muitas situações, os participantes até estão com bastantes estalecas, porém, os produtos estão caros e eles têm dificuldade de decidir a melhor compra no mercado.

Isso também acontece com a gente fora do BBB. Você pode receber um aumento e ficar feliz com isso, por exemplo. Mas se essa diferença salarial não acompanhar a inflação, você ainda terá dificuldade de comprar as mesmas coisas que antes quando ia ao mercado.

O que o BBB nos ensina sobre finanças pessoais?

Podemos usar o BBB para aprender mais sobre educação financeira e aprender a lidar com as finanças na crise. Então, siga as dicas abaixo e se planeje para não ter problemas econômicos.

Faça escolhas estratégicas

Primeiramente, recomendamos fazer escolhas estratégicas. No programa, isso acontece quando os brothers pegam os alimentos mais nutritivos, principalmente na Xepa. Ou seja, não vale usar estaleca com itens supérfluos.

Fazendo um paralelo com o nosso planejamento financeiro, precisamos fazer escolhas acertadas que nos gerem economia. Você pode, por exemplo, pegar um cartão sem anuidade. Há várias empresas que oferecem essa possibilidade, mesmo se o seu gasto mensal for baixo.

Além disso, no seu dia a dia, pesquise preços antes de fazer compras. Isso vale até para pedir empréstimos. 

Também é muito importante estar ciente das suas reais possibilidades. Antes de comprar, pense no seu salário e custos fixos e variáveis, para analisar se realmente é possível fazer a compra em questão. Em resumo, tenha prioridades.

Cuidado com monstros financeiros

Os monstros financeiros podem ser muito perigosos. Sabe quando você vê uma promoção imperdível que vai expirar no mesmo dia e você faz a compra sem pensar duas vezes? Ou quando você não se organiza e acaba não conseguindo quitar a fatura do seu cartão, precisando lidar com juros super altos?

Tudo isso pode complicar bastante o seu planejamento financeiro. Por isso, é de suma importância se informar com uma educação financeira de qualidade que permita a você organizar as suas contas.

Não seja uma planta com suas finanças

Tudo isso representa não ser uma planta com as suas finanças. Ou seja, não espere os problemas começarem a aparecer para agir. Trace metas, busque cumprir objetivos, analise os seus principais gastos, faça planos de corte de despesas ou aumento de receita.

Enfim, tome as melhores decisões que serão capazes de manter você no VIP com as suas economias, mesmo em momentos de finanças na crise.

Se planejar para o futuro ou viver o hoje? Os dois!

Essa é uma dúvida bem comum. Como o meme já diz “sou uma mistura de quero juntar dinheiro com só se vive uma vez”. Quem nunca teve dúvidas relacionadas a isso? 

O ideal é você alcançar um patamar em que consiga ter uma qualidade de vida boa, pagando suas despesas sem sufoco. E, mesmo assim, conseguindo sobrar uma quantidade mensal para fazer investimentos que garantam um futuro melhor para você.

Comentários