Se sua empresa comercializa ou produz bens? Essa pergunta deve ser uma constante no seu dia a dia. A pior coisa para um empreendedor é vender um produto e constatar que não possui o produto para ser entregue após a venda. Isso afeta a reputação do estabelecimento, prejudica o negócio (gerando atrasos na entrega ou mesmo cancelamento da compra) e pode se tornar uma verdadeira dor de cabeça para quem produz ou vende.

Ter em mente o gerenciamento do estoque e praticá-lo, efetivamente, é a chave para um fluxo de vendas sustentável e regular. O importante ao ter esse controle efetivo sobre seu inventário (não importando o tamanho de seu negócio) é exercer de fato o gerenciamento, para não tornar esse controle mais um problema ao invés de solução.

Tenha o Raio X de seu inventário

Um ponto imprescindível nesse controle é saber exatamente o que você tem em estoque e o quanto isso representa em termos financeiros. Uma ferramenta que auxilie o controle de entradas e saídas facilita a atualização do estoque e permite que você dimensione quando e o quanto repor no seu inventário.

Se seu negócio não comporta investimentos em software de controles, a boa e velha ficha de controle de estoque (um documento que registra manualmente as entradas e saídas) também ajuda.

Ter em mente esse cuidado com o estoque do seu negócio é fundamental para você não ser pego de “calças curtas” ao dimensionar errado seu inventário e repor numa hora errada (quando você ainda tem estoque), ou mesmo não repor antes do esgotamento de seus bens em pronta entrega.

Independentemente do tamanho do seu negócio (uma grande empresa ou pequeno estabelecimento), é fundamental ter alguma forma de controle. Se você busca tranquilidade nesse sentido, não dá para ignorar essa etapa na gestão de seu negócio.

Isso permite um adequado gerenciamento de seu capital e a melhor forma de aplicá-lo no seu giro diário, permitindo que você consiga manter o fluxo em ordem. Abaixo listamos algumas dicas para você cuidar bem do estoque da sua empresa.

Implemente o controle de seu estoque – e não abra mão disso!

Algumas recomendações que podem ajudar você a cuidar efetivamente do estoque de seu negócio:

Obrigue-se a controlar o estoque

Se você estabelecer um controle de estoque – seja por meio de fichas ou informatizado – crie o hábito de exercer esse controle diariamente. Discipline-se ou oriente sua equipe a fazer esse controle e não perder nenhum detalhe do seu inventário. Tornar esse gerenciamento algo natural no seu negócio e não um controle adicional burocrático é a chave para o sucesso.

Registre cada movimentação

Cada registro, seja uma entrada ou saída do estoque, deve ser computado. Não permita que ocorram saídas ou entradas não lançadas no seu controle. Isso sabota a eficácia do gerenciamento do estoque. Essa dica conecta-se diretamente com anterior.

Faça um controle por amostragem periodicamente

Se você assimilou a importância de cuidar bem de seu estoque, e implantou uma forma de controle (especialmente automatizado), é importante periodicamente sair do “piloto automático” e fazer uma contagem e verificação manual do seu inventário. Isso é fundamental para você calibrar o gerenciamento e manter as coisas funcionando adequadamente na gestão de seu negócio.

Com essas dicas esperamos que você tenha gostado da ideia e veja com outros olhos a partir de agora a real necessidade de cuidar bem do estoque de sua empresa.

Bons negócios!

Escrever comentário