Formalizar o negócio é um grande passo, mas o que fazer após essa etapa? Entre as várias atividades em uma empresa, aquela em que se concentra a maior atenção dos empresários é o faturamento de MEI 2022.

No entanto, até chegar ao faturamento, o MEI precisa desempenhar uma série de atividades, muitas vezes, sozinho. É ele o único responsável pela venda de produtos ou serviços, pela parte burocrática e legal, bem como as partes operacional e de planejamento.

Ficou perdido? Calma. Neste artigo, você descobrirá o que fazer após abrir sua primeira empresa.

Gostar do que faz

Em geral, o MEI trabalha sozinho. Embora possa ter um funcionário, a responsabilidade do negócio está em suas mãos. Diante disso, diferente do que acontece com o funcionário, o empresário nunca se desliga do negócio. Assim, trabalhar com o que você gosta é importante, uma vez você irá dedicar muito tempo a essa atividade.

Dessa maneira, é mais fácil lidar com todas as atividades e burocracias que envolvem o negócio. É como diz o ditado: trabalhe com o que ama e nunca mais terá que trabalhar.

Além disso, fazer o que gosta te ajuda a manter a motivação para enfrentar o dia a dia do trabalho e fazer o negócio crescer.

Ter um plano de negócios

É recomendável desenvolver um plano de negócios antes de abrir a empresa, pois este é um documento que contém toda a estrutura da empresa, além do planejamento financeiro e operacional, como a previsão de faturamento de MEI 2022.

O plano de negócios registra ainda informações sobre o capital de giro, fluxo de caixa e até investimentos. Logo, é um documento que deve ser consultado periodicamente, principalmente, para ajudar na tomada de decisões.

Capacitação e conhecimento

Abrir uma empresa é relativamente fácil, mas você está pronto para geri-la? Sabe como administrar um negócio?

Fazer o que gosta é importante para motivá-lo a encarar o dia a dia da empresa. No entanto, ainda mais importante, é ter as competências necessárias para administrá-la.

Por isso, invista em capacitação e conhecimento sobre:

  • Administração;
  • Contabilidade;
  • Vendas;
  • Gestão de pessoas, entre outros. 

Você não precisa se tornar especialista em cada assunto, mas deve conhecer e entender, pelo menos, o básico para tocar o seu negócio. Para adquirir esses conhecimentos, busque:

  • Livros;
  • Cursos;
  • Palestras e outros eventos.

Quanto mais capacitado e qualificado você estiver, maiores são as chances de sucesso da sua empresa e de seu negócio.

Planejamento financeiro

Tão importante quanto o plano de negócios é o planejamento financeiro, que começa antes mesmo de abrir a empresa.

O primeiro passo é separar o que é pessoal daquilo que é da empresa. É um preceito simples e básico e que é um dos comportamentos que evita a falência.

No início do negócio, possivelmente, a empresa não dará lucro, mas você precisa ser pago. Então, determine um valor para retirada mensal. Se não souber como determinar esse valor, um contador pode ajudar.

Além disso, crie uma planilha para controle de gastos fixos e variáveis do negócio e evite retiradas de valores em datas que não estejam definidas, bem como valores acima do planejado.

O controle financeiro deve ser seguido rigorosamente e é garantia para a saúde financeira da empresa.

Capital de giro

No primeiro ano de vida da empresa o faturamento pode não ser suficiente para arcar com as despesas da empresa. Assim, possuir um valor de capital de giro para esse primeiro ano é essencial para suprir as despesas e manter o negócio rodando. 

Marketing

Toda empresa precisa vender para ter lucro, portanto precisa de planejamento de marketing, que envolve o plano de marketing e uma identidade.

Plano de marketing

Para criar um plano de marketing para seu negócio, siga as etapas abaixo:

  • Acompanhar e analisar os concorrentes, identificando seus pontos fortes e fracos, preços, campanhas promocionais e lançamentos.
  • Entender como se dá a decisão de compra de seu cliente, bem como a sua jornada de compra.
  • Identificar quais são os pontos fortes e fracos de seu produto ou serviço segundo os seus clientes. Trabalhe para melhorar os pontos fracos.

Marca e identidade

Veja abaixo o que é necessário para ter uma marca e identidade própria, através da qual seus clientes vão identificá-lo.

  • Logomarca – imagem que simboliza o seu negócio e transmite uma mensagem. 
  • Material de divulgação – físico e digital.
  • Redes sociais – seu negócio deve ter um perfil nas redes sociais e utilize estratégias de marketing digital para se posicionar.

Conclusão

Abrir uma empresa é apenas um dos passos para se ter um negócio. Depois dessa etapa, é preciso estar atento ao plano de negócios, às finanças, ao marketing e investir em conhecimento e capacitação.

A soma dessas e outras etapas é que levam às vendas e, consequentemente, contribuem para o aumento do faturamento de MEI 2022.

Escrito por: Contabilizei

Comentários