Powered by Rock Convert

Realizar um empréstimo é uma decisão muito importante, que deve ser encarada com muita responsabilidade. Por isso, nós do Juros Baixos, listamos os tipos de empréstimo que existem e o que você deve levar em consideração no momento da escolha.

Qual tipo de empréstimos posso pegar?

Atualmente, existem duas modalidades de crédito disponíveis no mercado: os consignados e os pessoais. Independente do tipo de empréstimo, é importante levar em consideração a sua renda, pois é a partir dela que você vai quitar o valor do empréstimo. 

Empréstimo consignado

O empréstimo consignado é a alternativa mais escolhida pelas pessoas, sendo que as taxas de juros aplicadas em cima da correção anual sempre são menores que na maioria dos casos. Porém, você que pretende fazer um empréstimo deverá saber que, nesta modalidade, o valor das parcelas é debitado automaticamente e junto ao salário recebido por parte do contratante todos os meses, até o fim do contrato.

De certa forma, isso garante uma certa segurança na contratação do empréstimo tanto por parte do banco, quanto por parte do solicitante do empréstimo. O fato é que enquanto você estiver trabalhando em tal empresa, os pagamentos referentes às parcelas aconteceram de forma automática, com o mínimo de risco para o banco e para as instituições. Sempre comparar empréstimos e as taxas inclusas deverá ser focado como principal critério.

Empréstimo pessoal

Essa outra modalidade de empréstimo também é uma ótima oportunidade de crédito disponível no mercado. Essa opção de empréstimo também deverá ser muito bem comparada e avaliada antes de assinar o contrato. Neste caso, as taxas são mais diversificadas e acabam sofrendo variação de acordo com o montante emprestado e da linha de crédito que se encaixe no perfil do cliente.

Compare os empréstimos

É fundamental que o valor das parcelas e as datas em que elas vençam esteja de acordo com um planejamento familiar feito com muita cautela. Por isso, é muito importante levar em consideração as peculiaridades de cada operação. Em casos de atrasos das parcelas os juros acabam sendo exorbitantes dentro da realidade do contratante. Saiba que os juros cobrados pelas instituições financeiras são quantias bem mais elevadas do que as recebidas na hora do empréstimo.

Estar ciente disso é mais que fundamental para comparar empréstimos realizados no Brasil. As cargas tributárias incluídas nos créditos liberados pelas instituições são de certa forma abusivas e devem ser anualizadas a curto, médio e longo prazo por uma pessoa física ou jurídica, que esteja visando tal empréstimo. O ideal é que você converse com o gerente de seu banco antes de finalizar um contrato.

Fique atento as parcelas

É muito importante manter-se atento com o valor e a quantidade das parcelas para a quitação do seu empréstimo. Por isso, é interessante ter uma noção real da sua situação financeira, pois o ideal é que você pague o parcelamento do seu empréstimo sem que isso cause problemas financeiros.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares