Powered by Rock Convert

Sobrar materiais da reforma ou construção é muito comum. Em todo o projeto de construção ocorrem desperdícios, por sinal, a maioria das obras chegam a desperdiçar mais de 20% do material comprado.

Além disso, as pessoas costumam dizer que “obra é sempre uma caixa de surpresas”. Você decide trocar o revestimento do banheiro e acaba tendo que mexer no encanamento, por exemplo. É verdade que toda obra está sujeita a fatores desconhecidos, mas eles podem ser reduzidos ao máximo com um bom planejamento, e existem várias maneiras de garantir que, em sua obra, você desperdice o mínimo possível.

Para te ajudar a reduzir o desperdício, separamos algumas dicas que certamente irão te ajudar.

Materiais desperdiçados representam um aumento de custo na sua obra. Saiba como economizar.

1 – Planeje bem a sua obra

O planejamento da obra é uma peça chave para que ela seja realizada com sucesso. É nessa etapa que você vai saber se o que deseja fazer é viável, se se adequa a estrutura, terreno, espaço que você possui. Um bom planejamento deve envolver um cálculo o mais preciso possível do quanto de material será necessário, do tipo de material (isso é importante porque qualidade também é um requisito na hora de falar de desperdício). Na hora de planejar, converse com um especialista, o conhecimento técnico profissional pode fazer com que você evite muitos desperdícios no decorrer da obra.

2- Preste atenção na hora do orçamento

Depois de planejar tudo, é hora de fazer cotações. Para isso, é importante que você considere o orçamento disponível e o que precisa comprar. Preste atenção nas quantidades necessárias e confira cada item em diferentes armazéns, madeireiras, etc. É interessante, por sinal, que você peça a opinião de diferentes profissionais sobre a quantidade e qualidade do material.

Lembre do que falamos sobre a qualidade do material no item anterior, um material de melhor qualidade pode evitar que, posteriormente, mas gastos sejam necessários.

3- Pesquise uma boa mão de obra

As pessoas que estarão encarregadas pela realização da sua obra também são um aspecto importante na hora de falar de desperdício. Muitas vezes, uma mão de obra descomprometida pode desperdiçar material e fazer com que você precise compre mais do que precisa. Por isso, na hora de escolher, procure indicações. Pesquise a reputação dos profissionais, fale com pessoas que já trabalharam esses profissionais, visite obras realizadas por ele, se possível.

Uma boa dica, para aqueles que estão na fase de planejamento da obra, é visitar uma obra que está em andamento e ver como a equipe lida com o material. Confira se o material de construção está espalhado ou bem armazenado, se itens como areia, brita e cimento não estão jogados pelo local, se a obra é limpa, se há desperdício de água, etc.

Powered by Rock Convert

4- Não compre todo o material de uma vez

Na hora de comprar os materiais, não compre tudo de uma só vez. Você pode ficar tentado a fazer isso para evitar que falte material e a obra demore mais, mas comprar tudo de uma só vez representa um risco ainda maior. Seu material pode ser desviado pela equipe, pode se estragar devido mau armazenamento, etc.

Sendo assim, comprar aos poucos é a forma de garantir que o material está de fato sendo usado na sua obra, além de evitar desperdícios caso você mude de ideia ou algo no projeto precise ser alterado para se adequar à realidade da obra.

5- Mantenha o material bem armazenado e organizado

Outra dica importante é relacionada ao armazenamento dos materiais de construção. A depender do porte da sua obra/reforma, é interessante que você tenha um barracão para guardar os itens comprados, mantendo-os seguro contra roubos e deterioração. Esse espaço precisa ser integrado à obra, o transporte do material em grandes distâncias aumenta as chances de desperdício e dano.

6 – Sempre visite a sua obra

Nossa última dica para reduzir os desperdícios envolve a sua participação na obra. Mesmo que os profissionais contratados sejam de confiança, é importante que você esteja por perto, fiscalizando tudo, ou pelo menos os momentos mais críticos. Monitore a saída de materiais e modo como eles estão sendo usados.  

Confira algumas coisas que você pode observar para evitar desperdícios:

  • Coloque a areia perto da área de preparação da massa

Isso evita desperdícios na hora de transportar a areia, pois a forma de transporte (sejam latas ou carros de mão) podem tombar, desperdiçando areia.

  • Cimento e água devem ser transportados em baldes separados

É comum que os pedreiros transportem o cimento e a água na mesma lata. No fim do dia, quando a água seca, o cimento endurece dentro da lata. Isso além de gastar mais cimento, faz com que os baldes sejam inutilizados.

  • Use os restos de vergalhões

Se você estiver construindo, pode usar as sobras de vergalhões para preencher outras armações da obra, fortalecendo as estruturas.

  • Os tijolos devem sempre ser assentados no nível

Quando as paredes não são bem niveladas, os pedreiros costumam corrigir essa diferença acrescentando camadas mais grossas de cimento, o que é um desperdício de cimento.

  • Fique atento na hora de assentar os revestimentos

Cerâmica, porcelanato, etc, são peças caras, por isso, devem ser armazenadas e manuseadas com cuidado, evitando desperdício de peças. Quando o material estiver sendo assentado, observe que as sobras e as pedras quebradas podem ser usadas para rodapés, recortes, etc. Confira ainda a disposição das peças, pisos na diagonal possuem mais recortes e, consequentemente, maior desperdício de peças.

Também é importante que os tijolos e as telhas sejam armazenados em pilhas, para evitar que as peças quebrem; os sacos de cimento e sacos de argamassas sejam mantidos longe de umidade (eles também precisam estar protegidos contra a ação da chuva e do sol forte); e todo material mais delicado deve ser transportado em carros de mão.

Powered by Rock Convert

Comentários

Shares