Muitas dúvidas surgem na hora de escolher um banco para abrir uma conta, mas antes de escolher o banco, é preciso conhecer a sua necessidade e entender que conta é a ideal para você.

Hoje existe uma considerável gama de tipos de conta, desde a tradicional conta corrente a salário, da conta universitária a online.

Conta salário

Se você vai abrir uma conta apenas para receber salário, poucos saques e consultas, e possui uma carta da empresa para a abertura da conta, com certeza a mais indicada é a conta salário. Todos os bancos oferecem esse tipo de conta, sobre a qual, na maioria das vezes, não incide cobrança de pacote de serviços. Costuma ser bem limitada quanto a transações em canais eletrônicos (saques, extratos, transferências etc).

Conta Universitária

A conta universitária dá àqueles que estão cursando ensino superior a vantagem de uma tarifa reduzida e cartão de crédito para os que possuem aprovação para o produto. Além disso, não possui a limitação para transações em canais eletrônicos, pelo contrário, como o público alvo são os jovens, há o incentivo para que usem os canais eletrônicos para transações.

Conta “Diferente”

Existe uma conta dedicada às transações em canais eletrônicos como internet, aplicativo, caixa eletrônico e telefone. Na maioria dos bancos, essa conta não possui tarifa de pacote de serviços, porém, toda vez que for utilizada para transações fora dos canais eletrônicos será cobrada a chamada tarifa excedente.

Conta Tradicional

Agora, se você pretende abrir uma conta corrente tradicional, mas não fará muitas transações no decorrer do mês, o Banco Central, através da resolução 3.919, garante ao cliente um pacote de serviços essenciais, que incluem quatro saques, dois extratos, duas transferências, dez folhas de cheque, consultas no autoatendimento, depósitos e transações online à vontade. Tudo isso sem cobrança de pacote de serviços, porém, excedendo essas transações, as demais serão cobradas.

Como escolher o banco?

Após saber qual o tipo de conta atende as suas necessidades, é hora de escolher o banco que corresponde as suas expectativas. Procure por informações a respeito dos serviços oferecidos pela instituição e os seus respectivos valores. Abaixo, colocamos um link com dados do Banco Central que podem te ajudar nessa busca:

Lista de Instituições e respectivas tarifas bancárias

Os valores de tarifas são bem variados entre eles, mas você não deve se pautar apenas nisso. A idoneidade do banco vem em primeiro lugar! Uma pesquisa na internet pode te ajudar a encontrar referências. No próprio site do Juros Baixos existem vários artigos a respeito das instituições e dos seus serviços.

O atendimento e a transparência são o coração dos bancos. É essencial que o banco escolhido tenha um atendimento de excelência, tanto presencial nas agências quanto em canais eletrônicos. Trazendo segurança e agilidade.

Avalie os juros cobrados, verifique o percentual que cada um cobra nos produtos como cheque especial, empréstimos e cartão de crédito, afinal, nunca se sabe quando vamos precisar deles!

Por último, mas não menos importante, avalie se próximo a você existem agências e caixas eletrônicos de fácil acesso.

Por fim

É só se dirigir ao banco escolhido com RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda, se tiver. No caso de contas especiais como salário ou universitária, não se esqueça de levar o comprovante do trabalho ou universidade.

Boa escolha!

Escrever comentário