A Vérios é conifável? A resposta é: Sim!

A Vérios é uma fintech que pode ser chamada de conselheiro robô (ou robo-advisors no termo original em inglês). Ou seja, ela é uma gestora de recursos em que o seu robô fará todas as operações das carteiras de investimento.

Apesar de parecer um pouco estranho para quem está ouvindo o termo pela primeira vez, isso na verdade já é bem comum e já falamos um pouco mais sobre eles por aqui.

E como a Vérios funciona?

Vérios
A Vérios Investimentos promete cuidar dos seus investimentos, enquanto você foca em outras questões de sua vida.

Seu funcionamento é bem simples: todo o dinheiro que você depositar com eles será devidamente aplicado pelo seu robô, o Ueslei.

Apesar de o Ueslei ser um robô, ele não sai por ai comprando o que bem entender. Na verdade a equipe da Vérios (que foi quem escreveu o código do Ueslei) já definiu o que ele pode fazer.

No nosso caso, o robô Ueslei só compra títulos do Tesouro Direto e ETFs da bolsa brasileira e americana. Ou seja, se você decidir investir com eles estará investindo na forma mais segura de se investir no Brasil (Tesouro Direto) e em uma porção de ações diferentes (que são os ETFs). Confira aqui como funciona a estratégia de investimento deles em mais detalhes.

Um detalhe muito importante é que, diferentemente de fundos de investimentos e outras fintechs, a Vérios só realiza as compras no seu nome. Isso significa que TUDO que o Ueslei comprar estará na sua conta na corretora. Caso a Vérios “quebre” você não perderá nenhum dos seus investimentos, só perderá o serviço prestado pelo robô.

Custos

A Vérios é bem clara com os seus custos: 0,95% ao ano sobre o total do seu investimento.

Aqui vale uma ressalva, isso já inclui todos os custos de corretagem, custódia, etc que vem quando se decide investir. Ou seja, nada de taxas surpresas ou escondidas!

Se você quiser fazer uma comparação, já fizemos um levantamento de todos os custos do Tesouro Direto que você pode conferir aqui.

Esse valor de 0,95% é bem mais baixo do que, por exemplo, os custos cobrados por fundos de investimento (normalmente por volta de 2% ao ano).

Vantagens

Investir com a Vérios possui várias vantagens, vamos as principais:

  • Custo mais baixo quando comparados a fundos tradicionais
  • Investimentos ficam todos no seu nome custodiados na corretora
  • Investimentos seguros: somente Tesouro Direto e ETFs
  • Sem taxas escondidas
  • Rebalanceamento de carteira: sempre que você retirar/colocar dinheiro, o tal do Ueslei vai fazer tudo para manter seus investimentos nas mesmas proporções de antes

Desvantagens

Infelizmente, nem tudo são flores, vamos as desvantagens de se investir com a Vérios:

  • Alto custo para se começar a investir: 12 mil reais
  • Pouca margem de decisão na alocação Tesouro Direto/ETFs (são somente 5 carteiras com diferentes proporções entre elas)
  • Pagar por algo que você mesmo pode fazer

Vamos explicar um pouco melhor este último ponto. O que a Vérios faz, é algo relativamente simples, que pode ser feito por qualquer um.

Acontece que o princípio é o mesmo quando você, por exemplo, paga para alguém lavar/passar as suas roupas, limpar a casa ou até mesmo cozinhar. São todas atividades que podem ser feitas facilmente mas que muitas pessoas escolhem pagar por comodidade.

A Vérios oferece essa comodidade. Se você decidir fazer tudo sozinho, pagará um valor menor, mas terá de gastar tempo fazendo. Se o valor cobrado pela fintech vale a pena ou não são vocês que devem decidir.

Reputação no Reclame Aqui

No momento em que escrevemos esse texto, a Vérios não tinha reputação alguma no site do Reclame Aqui.

Conclusão

A Vérios é sim uma fintech confiável. Eles oferecem um serviço que facilita em muito a vida daqueles que querem investir sem “dores de cabeça”, cobrando um preço bem mais baixo do que fundos de investimentos tradicionais.

Pode ir sem medo! Só não se esqueça de fazer uma comparação de custos e serviços ofertados entre os concorrentes.

Até a próxima!

Author

Economista pela Fundação Getulio Vargas do Rio de Janeiro, possui certificação CPA-20 pela ANBIMA e já trabalhou no mercado financeiro. Adora temas relacionados a poupança/investimento, educação e desenvolvimento econômico. Faz parte da equipe de redação do Juros Baixos.

Escrever comentário

Shares