Tag

Arrendamento

Browsing

Uma palavra muito utilizada no mercado de venda de automóveis financiados. Leasing é outra opção ao financiamento tradicional para quem deseja comprar um carro. Crédito: Freepik. Arrendador e arrendatário são duas pessoas que visam um objetivo em comum: ganhar dinheiro. Só que um tem a verba necessária e outro a ideia. Ambos podem se unir e realizar uma transação financeira, na qual ambos possam, ou melhor dizendo, devam obter vantagens. Contrato de arrendamento mercantil (Leasing) Pode ser feito por pessoas físicas ou jurídicas com um banco ou Sociedade de Arrendamento Mercantil (arrendador), cujo interesse seja a aquisição por um tempo determinado ou em definitivo de um bem (móvel ou imóvel), mediante um pagamento mensal ou anual. E como de praxe em todo contrato, há cláusulas que devem ser obedecidas por todas as pessoas envolvidas nesse tipo de transação. No Brasil, há dois tipos de arrendamento mercantil adotados no mercado. Abaixo detalharemos cada…

Arrendamento é uma negociação em que uma pessoa cede à outra o uso de um bem por um período determinado, mediante a pagamento (geralmente mensal). Durante o prazo de vigência do contrato firmado entre as duas partes, a pessoa que arrendou se torna responsável por todos os custos e despesas referentes ao objeto arrendado. Ao final do contrato, a parte que usufrui do bem tem a opção de comprá-lo definitivamente.  Caso exista a aquisição, os valores pagos mensalmente por quem arrenda entra como quantia já paga pela propriedade arrendada. Geralmente, os tipos de bens e propriedades arrendados são: pontos comerciais, fazendas, fábricas, veículos, entre outros. Diferença entre arrendamento e aluguel Além de entender o arrendamento, convém saber a diferença entre esse tipo de negociação e aluguel. A diferença do aluguel e do arrendamento está justamente no fato do arrendatário ter a opção de comprar definitivamente o bem. O que foi pago durante…

É a pessoa que irá usufruir de um bem arrendado, cedido pelo proprietário (arrendador), mediante a pagamento. Durante o contrato de arrendamento, o arrendatário deverá se responsabilizar por todos os custos do bem, assim como ficar com os lucros obtidos. Os bens cedidos ao arrendatário geralmente são pontos comerciais, prédios, automóveis (leasing), fábricas, entre outros. Diferenças entre o arrendatário e o locatário Os dois termos podem se confundir, porém, a principal diferença é que o arrendatário tem a possibilidade de adquirir o objeto arrendado ao término do contrato. Aqui, os pagamentos feitos durante o contrato de arrendamento são contabilizados no valor final de venda do imóvel ou automóvel. Já o locatário até pode comprar o bem, mas tal condição não consta nas cláusulas do contrato de locação. Os valores pagos pelo aluguel não entram no processo de aquisição. Arrendatário deve se responsabilizar pelo bem durante toda a vigência do contrato. Alguns cuidados…