Como a tecnologia pode ser sua aliada na hora de escolher um imóvel

Conheça as opções de empréstimo focadas na compra de imóveis e veja como um simulador online pode te ajudar a fazer seu orçamento para a realização do sonho da casa própria

Por: MeuLugar


Ter uma casa própria é o sonho da maioria dos brasileiros. Mas para dar início a essa jornada, que envolve muita disciplina financeira, é preciso estudar e pesquisar. De preferência com o uso da tecnologia como aliada. Atualmente, a forma mais viável de concretizar esse sonho para grande parte da população é por meio de um financiamento. Por isso,  a equipe do QuintoAndar preparou esse conteúdo com tudo o que você precisa saber para financiar um imóvel. E uma boa forma de se fazer uma estimativa de gastos é usar um simulador de empréstimo online de crédito imobiliário.

A tecnologia como aliada

A revolução digital trazida pela internet, entre diversos outros benefícios, trouxe também a facilidade de agilizar processos de pesquisa para uma tomada de decisão. Hoje em dia, comprar um produto pelo menor valor possível é uma realidade para a maioria das pessoas, por conta dos comparadores de preços disponíveis, como Zoom, Buscapé e Bondfaro, por exemplo. 

Da mesma forma que você pode pesquisar pela internet o preço de um liquidificador, é possível obter o máximo de informações possíveis sobre o financiamento de um imóvel. Basta usar um simulador de empréstimo online como o Juros Baixos, por exemplo.

Você pode, inclusive, usar a tecnologia para saber se vale mais a pena, no seu atual momento de vida, financiar um imóvel ou seguir por um tempo no aluguel. O mesmo QuintoAndar – que por si só já é uma ferramenta tecnológica, por se tratar da maior imobiliária digital da América Latina -,  tem uma calculadora própria para você fazer essa conta. 

Bom momento para financiar

Antes mesmo de você usar um simulador de empréstimo online, uma coisa é importante saber: a taxa média de financiamento imobiliário no Brasil é uma das mais baixas do mercado. E desde 2016, quando esteve em seu patamar mais alto (11,39% a.a.) caiu ao ponto de chegar ao final de 2020 em seu patamar mais baixo, na casa dos 7%. 

Em 2021, o mercado aponta para uma tendência de alta. Especialmente como efeito dos reajustes na Taxa Básica de Juros (Selic), que abriu o ano também em seu mais baixo patamar histórico (2% a.a.), foi elevada pelo Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) para 5,25% em agosto e, segundo as previsões de especialistas, pode entrar 2022 na casa dos 8%.

Mesmo com a alta da Selic, de acordo com Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), a previsão é de que as taxas de financiamento fiquem entre 7,5% e 8% ao final de 2021, mas sem o risco de alcançarem o patamar elevado de 2016.

Agora que você já sabe sobre o que é importante saber antes de solicitar um empréstimo online, veja alguns termos interessantes de conhecer para financiar um imóvel!

Como funciona o crédito imobiliário?

O crédito imobiliário é um empréstimo feito por uma instituição financeira com finalidades imobiliárias. Ou seja, o banco adianta para você um valor que pode ser usado tanto na compra como na construção ou na reforma de imóveis, sejam eles destinados à moradia ou ao uso comercial.

E como funciona? A instituição financeira te empresta o valor integral que você irá precisar para quitar a compra, construção ou reforma. E você se compromete a pagar pelo bem ao banco, em prestações mensais, com juros prefixados em contrato. 

No caso de um financiamento imobiliário, o prazo para pagamento desse empréstimo pode chegar a no máximo 420 meses (ou 35 anos).

Financiamento e crédito imobiliário são a mesma coisa?

Na verdade, todo financiamento é um crédito imobiliário. Mas a recíproca não é verdadeira. Portanto, se você pretende começar a pesquisar em um simulador de empréstimo online, é importante entender as diferenças.

Apesar de ambas serem linhas de crédito, o financiamento imobiliário é destinado apenas para uma compra específica: o imóvel. Já o crédito imobiliário pode ter um destino mais amplo, como já explicado anteriormente. 

No caso do crédito imobiliário, é muito comum que os bancos trabalhem com quantias pré-aprovadas, assim como fazem com limite de cartão de crédito ou cheque especial. E isso vai depender do seu relacionamento com a instituição financeira.

No financiamento imobiliário, a liberação do crédito depende de uma análise bem mais criteriosa. Por exemplo,  conforme aponta o QuintoAndar em seu portal, você pode financiar dois imóveis ao mesmo tempo,  por exemplo. Mas a instituição financeira sempre irá se certificar a respeito do comprometimento da sua renda, que é um dos fatores mais importantes em uma análise de crédito. 

Normalmente, os bancos trabalham uma porcentagem: 30%. Esse é o máximo que as parcelas de um financiamento imobiliário podem alcançar dentro da sua renda bruta mensal.

Tipos de financiamento imobiliário

Antes de usar um simulador de empréstimo online, cabe também entender quais são os tipos de financiamento imobiliário. No Brasil, basicamente, eles se encaixam em duas categorias:

Sistema Financeiro de Habitação

O Sistema Financeiro de Habitação (SFH) é o principal programa habitacional de financiamento imobiliário do país. Regulado pelo Governo Federal, ele permite a compra de imóveis de até R$ 1,5 milhão. O banco pode financiar até 90% do total do bem e a parcela mensal entra naqueles 30% do comprometimento da renda mensal do comprador.

Permitido apenas para pessoas físicas, somente pelo SFH você pode lançar mão dos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e também da Caderneta de Poupança. 

Sistema Financeiro Imobiliário

Sem a regulação do Governo Federal, o Sistema Financeiro Imobiliário (SFI) contempla outras formas de financiamento imobiliário. Além de ser permitido tanto para pessoa física quanto jurídica, esse sistema tem suas condições estabelecidas pelos próprios bancos. 

Pelo SFI, os financiamentos podem ser de 80% a 90% do valor do imóvel. E não há valor máximo para as propriedades, limite na taxa de juros ou mesmo de comprometimento de renda. Por esses motivos, esse sistema costuma contemplar imóveis acima do teto de R$ 1,5 milhão do SFH.

Planejamento e tecnologia: a equação para um financiamento mais tranquilo

Usar um simulador de empréstimo online não é apenas ter a tecnologia como aliada na compra de um imóvel financiado, mas também uma forma de organização da sua vida financeira, algo fundamental para quem pretende assumir um compromisso que pode levar até 35 anos, para realizar o sonho da casa própria.


(*) O MeuLugar é um portal de conteúdo especializado no mercado imobiliário e em tudo o que se refere à moradia no Brasil, com foco tanto em proprietários e inquilinos quanto em pessoas que desejam comprar um imóvel. É gerenciado e produzido pela equipe do QuintoAndar, plataforma imobiliária digital.

Comentários