Quantas vezes você já pesquisou sobre um produto na internet e depois não parou de vê-lo aparecer em outros sites? Sempre com ofertas tentadoras, para que você feche logo o negócio.

Provavelmente, foram muitas as ocasiões, não é mesmo? Essa estratégia utilizada pelas empresas é chamada de remarketing.

O que é remarketing?

O remarketing é uma ferramenta que identifica as pesquisas do usuário, e em seguida dá a ele mais anúncios e visualizações sobre o mesmo tema. Os anúncios aparecem, primeiro, em outros sites, mesmo que eles não tenham nenhuma relação com os produtos. Podem aparecer também no formato de e-mails, como anúncios, ofertas ou convite para o retorno ao carrinho de compras da loja.

Tudo isso ocorre devido aos chamados cookies. Os cookies são arquivos de texto gerados a cada visita na web. Eles registram informações sobre o que está sendo acessado, informações estas que são coletados e utilizados pelas plataformas de busca online.

Fluxo do remarketing lembra o consumidor sobre sua empresa e o faz retornar ao seu site.

Uma empresa que deseja utilizar esse tipo de estratégia pode se utilizar principalmente do Adwords, a plataforma de anúncios do Google. Assim que contratada, a plataforma permite que o empreendimento distribua seus anúncios em dois tipos de rede. São elas:

  • Display;
  • Pesquisa.

Rede de Display: O sistema cadastra a divulgação dos produtos dentro de sites.

Rede de Pesquisa: A plataforma programa a exibição como resultados de pesquisas realizadas no Google.

Também é possível utilizar esse tipo de serviço em outras plataformas, como o Facebook ou Instagram. Nestes casos, porém, os anúncios cadastrados pelo seu negócio só serão exibidos para os usuários que já mostraram interesse no produto ou serviço oferecido.

Como utilizar o remarketing para sua empresa?

Antes de cadastrar anúncios, o empreendedor precisa ter cuidado com alguns aspectos da compra online. Por exemplo: dificilmente um mesmo anúncio, exibido uma centena de vezes, terá efeito sobre o consumidor que não tem interesse no seu produto. Em vez de atrair, esse tipo de prática acaba por incomodar o usuário.

Dessa forma, ao desenvolver a estratégia de remarketing, é fundamental avaliar em que etapa da jornada de compra o consumidor está.

Fase da “Descoberta”

O máximo realizado pelo usuário foi uma pesquisa no Google, por uma palavra-chave que o levou ao seu site. Quando já acessou seu site, o consumidor pode gostar de ver uma publicidade que apenas o lembre da sua marca. Sem anunciar propriamente o produto, mas deixando claro que você é uma opção.

Fase da “Consideração”

Ele já conhece seu produto e o dos seus concorrentes, e está avaliando qual o mais interessante. Ele continuará a procurar por preços e opções, e por isso será hora de expor seu anúncio com uma oferta atraente.

Fase de “Decisão”

A compra é feita.

“Fidelização”

O cliente já foi conquistado, e precisa ser mantido. Pode ser interessante que ele sempre seja lembrado da sua marca, com uma novidade ou um tipo de “agradecimento” pela aquisição. Como por meio do anúncio de cupom de desconto na próxima compra, por exemplo.

Contratar um especialista em Comunicação pode ser decisivo para a obtenção de resultados na internet.

Resultados

A estratégia ideal varia de acordo com o negócio e com a abordagem desejada do usuário. Por isso, é interessante contratar agência de Comunicação para realizar as ações. Especialista no assunto, a empresa terá maior chance de sucesso, convertendo os anúncios em vendas ao seu negócio.

Escrever comentário