A contabilidade vai além da gestão do faturamento, pois sempre atenta à saúde financeira da empresa, colabora para o seu crescimento de forma sustentável. 

Assim, cabe à contabilidade orientar a empresa sobre questões tributárias, trabalhistas, fiscais e regras de sociedade, sempre com o foco de garantir eficiência e inovação do negócio.

Por isso, é importante ter o apoio da contabilidade desde a etapa de formalizar MEI. Neste artigo, você entenderá a importância da contabilidade para novas empresas e como ela vai ajudar o seu negócio a crescer.

A contabilidade é parceira da sua empresa

A contabilidade possui responsabilidades internas e externas à empresa. Internamente, é ela a responsável pela gestão dos dados através do controle de despesas, cujos lucros, etc. Externamente, é ela que fornece os dados da empresa ao governo, bancos, fornecedores, entre outros, de forma a demonstrar a eles a viabilidade de investir ou emprestar dinheiro à empresa.

Apesar desse papel, no início de uma nova empresa, a sua situação financeira é complicada e muitos empresários optam por não contratar alguns serviços, como os de contabilidade, tanto por ignorar o papel da contabilidade, como para reduzir custos.

Quando, enfim, decidem ou precisam realmente recorrer a ela, os problemas começam a se revelar. No entanto, vale ressaltar que alguns desses problemas poderiam ser evitados se todo o processo de abertura da empresa e seus primeiros passos no mercado fossem orientados por um contador.

Além disso, quando a empresa possui uma boa contabilidade, você, empreendedor, pode focar no que sabe fazer de melhor e gerar mais negócios e aumentar o faturamento da empresa, já que não precisa se preocupar com assuntos tributários, trabalhistas e fiscais, por exemplo, que é atribuição da contabilidade.

Diante disso, veja abaixo porque é importante para a sua empresa ter uma contabilidade.

Redução de riscos

Empresas precisam de controle financeiro e administrativo para reduzir os riscos de endividamento e mesmo de fechamento.

Nesse sentido, cabe à contabilidade analisar os dados: 

  • Financeiros; 
  • Administrativos; 
  • Patrimoniais; 
  • Estoque;
  • Planejamento tributário.

Assim, a contabilidade organiza e sistematiza esses dados para analisá-los e compreender a situação da empresa. E é com base na análise desses dados que a contabilidade orienta sobre os direcionamentos necessários, além de prevenir ou solucionar situações que representam risco para a empresa, garantindo que ela continue ativa e rentável no mercado.

Planejamento estratégico orientado

Empresas que mantém seus documentos organizados, de forma a consultá-los de forma rápida e prática, possuem mais facilidade na hora de tomada de decisões estratégicas sobre o futuro da empresa.

Além disso, como os dados são conhecidos e foram analisados, as decisões são tomadas de maneira mais assertiva.

Organização

Outro papel fundamental da contabilidade é organizar a documentação da empresa, desde a opção por cadastrar MEI (inscrição cadastral – CNPJ), passando pelo contrato social, até a regularização junto à Previdência Social e documentos financeiros.

Desta forma, a contabilidade colabora para o funcionamento da empresa preservando seu histórico administrativo, garantido que a empresa atue de forma a cumprir todas as suas obrigações legais.

Recursos utilizados de maneira inteligente

O apoio de uma contabilidade promove maior controle e planejamento administrativo e financeiro tornando possível fazer investimentos na empresa de forma inteligente, isto é, aplicando onde realmente é necessário para promover o crescimento da empresa.

Isso só é possível quando há o diálogo constante com a contabilidade. a empresa precisa de ter um contato direto com a contabilidade de forma a sanar possíveis dúvidas tão logo elas surjam.

Dessa maneira, todas as ações são realizadas de forma calculada, com uma finalidade, garantindo um maior aproveitamento de recursos, uso consciente de dinheiro e reduzindo gastos desnecessários.

Conclusão

Depois de formalizar MEI, muitos empreendedores não recorrem a uma contabilidade pois não entendem a sua importância. Além disso, no início da empresa ainda há uma instabilidade financeira, o que contribui para esse comportamento.

No entanto, sempre vai haver o momento em que será preciso recorrer a uma contabilidade e é aí que, normalmente, se descobrem os problemas gerados pela falta de uma orientação de um contador.

Cabe à contabilidade, organizar e analisar os dados administrativos, fiscais, patrimoniais, entre outros, e bem como a partir desses dados orientar o empresário quanto às decisões estratégicas e investimentos necessários para crescimento saudável da empresa.

Escrito por: Contabilizei

Comentários