Powered by Rock Convert

Esse post é indicado para quem consegue ganhar mais do que gasta e ter uma sobra todo mês. Se esse é o seu caso, ou se você já quer aprofundar seus conhecimentos para quando for o caso, confira o conteúdo abaixo!

É necessário deixar o dinheiro para uso corriqueiro e o dinheiro para emergências em fácil acesso, para não correr o risco de ficar sem quando precisar. Mas, muitas pessoas dispõem de um montante a mais que não vislumbram usar de uma hora pra outra. É muito comum, nessa situação, começar a se interessar por investimentos. Investir é uma forma de fazer o seu dinheiro trabalhar para você, em vez de ficar parado ou rendendo pouco, como na poupança.

Se você está pensando em começar a investir, sugerimos que opte por um fundo de investimento mais seguro. Vamos falar aqui sobre dois tipos de fundo de investimento, os Fundos de Renda Fixa e o Fundo Referenciado DI.

Saiba mais sobre os fundos de renda fixa e o fundo referenciado DI.

O que preciso saber antes de começar a investir?

Antes de mais nada, para os iniciantes, é preciso entender alguns conceitos básicos sobre investimentos. Consideramos que os mais importantes deles são: Rentabilidade, Liquidez e Risco. Vamos conhecer cada um deles:

O que é Rentabilidade?

A Rentabilidade é o quanto o seu dinheiro rende, ou seja, é o percentual de ganho financeiro, um número em porcentagem (5%, 6%, 7%, etc.). O rendimento é o quanto efetivamente (quantos reais) o seu investimento proporcionou.

Exemplo: Se a rentabilidade do investimento é de 6% ao ano e você investiu R$1.000, o rendimento daqui a um ano será de R$60 (6% de R$1.000).

O que é Liquidez?

A liquidez é o quão rápido você consegue converter o seu investimento de volta em dinheiro para ser usado.

Exemplo: Imóvel é um investimento de baixa liquidez. O processo de venda de um imóvel até o dinheiro cair na sua conta é demorado. Já o ouro é um investimento de maior liquidez, vender ouro e ter o dinheiro na mão ou na conta é um processo bem mais rápido.

O que é Risco?

O risco mede o quão incerto é o resultado que o investimento te promete. Não existem investimentos livres de risco, mas há opções com riscos bem baixos.

Conheça os Fundos de Renda Fixa

Os Fundos de Renda Fixa são investimentos nos quais há mais liberdade para a escolha dos ativos. Esse tipo de título paga uma certa remuneração em períodos determinados. O valor pode ser definido quando se faz o investimento ou no momento de resgate da aplicação. Os níveis de risco podem variar de baixo a alto.

Os fundos de renda fixa são divididos em duas principais categorias, são elas:

Fundo Convencional de Renda Fixa

Nesse tipo de fundo quase todo o valor é investido em títulos públicos.

Fundo de Renda Fixa de Crédito

Pode chegar a investir até mais de 50% do valor aplicado em títulos de crédito emitidos por empresas privadas.

O Tesouro Direto, o Certificado de Depósito Bancário (CDB) e as Letras de Crédito Imobiliários (LCI)são também investimentos classificados como fundo de renda fixa.

Conheça os Fundos Referenciados DI

Os Fundos Referenciados são aqueles que devem investir, no mínimo, 95% do valor aplicado em ativos pós-fixados. Pelo menos 80% do valor deve ser direcionado para títulos públicos federais ou empresas que representem baixo risco. Esses fundos acompanham a variação do indicador de desempenho escolhido, no caso, o CDI.

Os Fundos DI são compostos principalmente por títulos do Tesouro do tipo Tesouro SELIC.

Qual fundo escolher?

Isso depende muito dos objetivos almejados pelo investidor. Uma dica para entender melhor o seu perfil de investidor é responder às seguintes perguntas:

  • O investidor está disposto a correr risco para alcançar uma maior rentabilidade?
  • Por quanto tempo se pretende manter os recursos aplicados?

Uma vez respondidas essas perguntas, escolher qual é o melhor fundo para você se torna mais fácil e direcionado. Caso tenha mais dúvidas e queira aprender mais sobre investimentos para poder avaliar melhor os fundos, não deixe de conferir nosso Guia, clicando aqui.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares