Powered by Rock Convert

Muitas pessoas possuem o desejo de criar um fundo para emergências, onde elas possam colocar seu dinheiro e ter um ganho em cima dos valores guardados podendo retirá-los quando o necessário. Para esses perfis de investidores, os investimentos com liquidez diária são a opção certa.

O que é a liquidez?

Inicialmente, para entender melhor o significado da liquidez é preciso ver alguns exemplos. O dinheiro que alguém possui na conta é de alta liquidez, porque ele pode ser retirado a qualquer momento, em quanto um carro, por conta da demora que ele tem para ser vendido, possui uma liquidez baixa.

  • Usando esse exemplo, podemos ver que a liquidez do investimento corresponde diretamente a facilidade e a velocidade que determinado produto possui para transformar o valor aplicado em ganhos para o investidor. Ou seja, essa é uma métrica utilizada para informar ao aplicador de determinado produto consegue render ganhos imediatos, sem que haja perca de valores.

Também é importante lembrar que a liquidez tem influência direta aos ganhos do investidor. Pois investimentos com pouca liquidez podem representar prejuízos para os aplicadores que necessitam de dinheiro em um curto período de tempo. Por conta disso, é muito importante considerar a liquidez de um produto antes de fazer a aplicação.

No cenário atual, as aplicações de Renda Fixa são as que mais chama a atenção dos investidores brasileiros, principalmente por conta da segurança que ela proporciona ao aplicador. Esse tipo de produto possui dois tipos de liquidez aos clientes.

O que é a liquidez diária?

A liquidez do investimento é uma forma de medição utilizada para demonstrar a facilidade que o investidor possui para retirar a quantia aplicada. Ou seja, esse tipo de investimento oferece para o investidor a opção de ele poder recuperar seu dinheiro a qualquer momento, dando maior liberdade para quem fez a aplicação.

Os investimentos com liquidez diária são uma ótima opção para as pessoas que estão criando um fundo de emergências, pois esse tipo de aplicação oferece ao investidor essa liberdade, onde ele decide o tempo que o dinheiro ficará aplicado gerando ganhos.

Tipos de investimentos com liquidez diária

No Brasil, existem algumas modalidades que possuem a liquidez diária, sendo que a mais famosa delas é a Poupança. Esse tipo de aplicação é a mais famosa do país, principalmente por conta da simplicidade que ela oferece aos aplicadores. Esse tipo de investimento pode ser resgatado a qualquer momento pelo aplicador, porém ele só irá gerar rendimentos na data de aniversário.

Ou seja, somente depois e 30 dias do dinheiro aplicado que ele vai gerar lucros. Apesar de ter liquidez diária, as rendas geradas pela poupança são bem baixas, o que pode acabar dificultando o aplicador a chegar na quantia desejadas.

Caso o investidor queira uma opção mais rentável, existe a opção dos investir nos Certificados de Depósitos Bancários (CDB). Aplicar no CDB é uma espécie de empréstimo entre o aplicador e o banco onde ele fez o investimento e, quando a instituição vai devolver o valor emprestado, ela acrescenta juros.

Esse tipo de investimento com liquidez diária é de renda fixa, isso quer dizer que no início da aplicação, o investidor já tem conhecimento do quanto ele vai ganhar em cima do dinheiro aplicado. Além disso, é possível que qualquer pessoa aplique no CDB, basta fazer essa solicitação junto ao gerente do banco ou pelo aplicativo da empresa.

Outro tipo de investimento que funciona parecido com o CDB são os Títulos Públicos do Tesouro Direto. A principal diferença entre essa aplicação e o Certificado de Depósito Bancário está no credor, que neste caso é o Governo Federal.

No site do Tesouro Direto o investidor consegue ter acesso a todos os tipos de títulos de renda fixa que estão à venda, podendo iniciar sua aplicação com R$30,00. Além dessas aplicações, também existem grupos de investidores que se reúnem para aplicarem, os chamados Fundos de Investimento.

Diferente das outras opções apresentadas, o Fundo de Investimentos apresenta várias opções de liquidez e aplicações, ou seja, é capaz de encontrar fundos de renda fixa, ações, câmbio, entre outros. Caso o investidor possua o desejo de ingressar em um grupo desses, basta ele localizar o que se encaixa mais ao perfil desejado.

Por meio do Fundo de Investimentos, o aplicador compra uma cota de determinado fundo junto com as outras pessoas que fazem parte do grupo. A renda obtida será de acordo com a porcentagem de cotas que o aplicador possui.

Caso o aplicador queira investir sozinho, porém não tem o conhecimento ou tempo necessário para controlar as aplicações, optar pelo Fundo DI é a melhor opção. Esse tipo de aplicação é perfeito para os investidores que não possuem tempo ou conhecimentos necessários para conseguir fazer o dinheiro render.

Além de ser um investimento com liquidez diária, o Fundo DI é gerido por um administrador qualificado

Nesse tipo de fundo, todo o valor investido será controlado por um administrador. O gestor do investimento é obrigado a aplicar 95% do valor disponível em títulos públicos ou privados de baixo risco, como os CDBs, por exemplo. Investir em um Fundo DI é uma boa opção pois o administrador fará um trabalho de perseguição de rentabilidade.

Através dessa procura, o gestor do fundo vai localizar as melhores rentabilidades das taxas de juros CDI. Além dessa diferença, esse tipo de investimento com liquidez diária possui um valor mínimo de aplicação menor do que as outras modalidades, tornando-o mais atrativo.

Já os investidores que não gostam muito de rendimentos fixos e preferem se aventurar, comprar ações na bolsa é uma opção. Quando uma empresa atinge um tamanho muito grande, ela pode abrir uma oferta pública, onde pessoa interessadas em investir podem comprar uma parte daquela companhia e, posteriormente, vender elas, de acordo com o crescimento da empresa.

Esse tipo de investimento possui liquidez diária, dependendo apenas do interesse de um comprador, e renda variável, ou seja, não há uma previsão de ganhos para o valor aplicado, podendo até gerar perdas, por isso esse tipo de aplicação é recomendado somente para as pessoas que possuem perfis mais ousados de investimento.

Quais os tipos de liquidez do investimento?

No tipo de investimento citado anteriormente, os de renda fixa, é possível encontrar produtos com liquidez diária e na data do vencimento.

  • As aplicações com liquidez diária são aquelas onde o investidor pode fazer o resgate de sua renda a qualquer momento, ou seja, é possível tirar o dinheiro do ativo quando desejar, sem pagar nenhuma multa.

Os produtos com liquidez diária possibilitam ao aplicador recuperar o valor investido, junto com os ganhos obtidos durante aquele tempo em que o dinheiro ficou aplicado, a qualquer momento. Esse tipo de liquidez é ótimo para os investidores que não sabem quando vão precisar da quantia de volta.

  • Já os ativos com liquidez no vencimento são aqueles que estabelecem um prazo para o investidor poder recuperar seus ganhos, ou seja, ele só pode pegar o dinheiro de volta no vencimento da aplicação. Nesse tipo de produto, o investidor não possui a chance de pegar o montante antes da data estipulada no início da aplicação.

Apesar das diferenças, a liquidez do investimento não reflete somente no prazo, mas também nos ganhos. Os ativos com liquidez diária apresentam aos aplicadores menor rentabilidade do que os produtos com liquidez no vencimento, que tem maior renda nas aplicações com prazos mais longos.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares