Você sabia que, quando se pensa na estrutura organizacional de uma empresa, é preciso estar ciente sobre a importância do investimento em comunicação? 

Independentemente do serviço exercido – assessoria de imprensa, produção de conteúdo para redes sociais, comunicação interna, site e/ou blog -, é devido, em grande parte, ao setor de comunicação, que sua empresa terá sucesso

E os comunicadores possuem um papel essencial nesse processo. São eles que elaboram o planejamento com ações para a marca estabelecer um diálogo com o público interno, externo, fornecedores e a comunidade no entorno. 

Todo esse cuidado com os pontos de contato que a empresa possui com seus consumidores e partes interessadas acaba agregando mais credibilidade à imagem da marca, aumentando, assim, também o seu valor.

Contudo, você deve estar se perguntando para quem, exatamente, deve-se comunicar. Abaixo, explicamos sobre os stakeholders e como entender o público-alvo da empresa.

Quais públicos considerar na sua comunicação

Ao elaborar uma estratégia de comunicação é preciso entender exatamente quais serão os públicos envolvidos ou impactados pela marca. Desse modo, podemos adaptar os formatos para cada grupo envolvido. Veja abaixo mais sobre os três principais.

Público interno

Certamente, você já deve ter ouvido algumas pessoas comentarem que amam seu trabalho e a empresa. Na maioria das vezes, essa situação é comum, em decorrência de um trabalho efetivo da equipe de comunicação. Os comunicadores são os principais responsáveis pela integração dos colaboradores, propiciando que as metas sejam alcançadas com maior facilidade, focando sempre no sucesso. 

Público externo

Manter um canal de diálogo aberto com o público externo é crucial para a empresa não cair no ostracismo. A função é feita por diversos meios, como as redes sociais, site, blog e, sobretudo, a imprensa (nas demandas passivas provenientes dos jornalistas). A exposição em mídia espontânea que chega à população, consequentemente, acarreta o posicionamento da marca e permite conquistar novos clientes.  

Fornecedores

A automatização do sistema operacional de muitas empresas facilitou  a comunicação extraordinariamente. Agora, diversas instituições podem “trocar figurinhas” com seus fornecedores e, até mesmo, enviar feedbacks recebidos instantaneamente. Vale esclarecer que, ultimamente, as empresas têm como prioridade identificarem fornecedores com práticas sustentáveis, valorizando o desenvolvimento social e ambiental. Para isso, você deve entender que é importante manter um canal de comunicação para a empresa se apresentar a eventuais fornecedores.

Riscos com a ausência de um trabalho de comunicação

Considerando esses públicos, não é exagero sugerir que o responsável pelo setor de comunicação ocupe uma posição no topo da estrutura organizacional. 

A verdade é que os especialistas em gestão e negócios afirmam que a falta de um projeto de comunicação efetivo limita as chances de uma empresa sobreviver. 

Os problemas ocorrem, principalmente, porque o mercado está cada vez mais competitivo, ou seja, as estratégias como marketing digital e assessoria de imprensa são ações eficientes para fazer com que a empresa se destaque de seus concorrentes. 

Entretanto, é preciso ter bem claro que lançar mão de um plano de comunicação não é sinônimo de ter somente ações nas redes sociais. É preciso contar com profissionais experientes para gerar cada vez mais engajamento e, consequentemente, retorno para a empresa. 

Para se ter ideia sobre o impacto da comunicação, uma pesquisa da corporação Rockfeller, de Pittsburgh, revelou  que 68% dos clientes deixam uma empresa pela indiferença com que foram tratados, ou, pior, em função de um mau atendimento. Porém, tudo isso pode ser prevenido ou reparado, justamente, pela equipe de comunicação.

Assim, é possível compreender e ficar cada vez mais claro que se dedicar à comunicação, jamais pode ser considerado uma despesa, mas deve ser visto sempre como um investimento muito necessário.

Comentários