Criar um negócio do zero não é uma tarefa fácil. Para que uma empresa funcione de maneira eficaz, além de entender sobre a área escolhida, são necessários conhecimentos sobre empreendedorismo, gestão, marketing digital, liderança etc. A lista pode parecer interminável, e esse é um fator que desmotiva muitos novos gestores.

Por sorte, se você tiver um bom conjunto de ferramentas, como planilhas de gestão empresarial e financeira, boa parte do que você precisaria fazer de forma manual poderá ser feito de maneira muito mais fácil e rápida, seguindo métodos e fórmulas conhecidas no mercado. 

Pensando nisso, separamos as melhores planilhas para que você possa economizar tempo com materiais pensados para otimizar e facilitar processos complexos de administração e finanças. Cada uma das planilhas de gestão que escolhemos vem com instruções claras de como usá-la. Continue lendo e confira!

1. Planilha de controle de estoque

A não ser que você venda serviços na sua empresa, é provável que você se beneficie do uso de uma boa planilha de controle de estoque

Se o marketing é a alma do negócio, o estoque é o corpo. Seu estoque é a materialização do que une você a seus clientes e, por isso, ele merece todo o cuidado e atenção. 

Com um controle eficiente sobre os níveis de armazenagem e fluxos de entrada e saída, você garante que seus clientes sairão satisfeitos com cada etapa do processo de compras, evitando atrasos na entrega e a falta de produtos.

Além disso, ao observar padrões nos fluxos de entrada e saída, você pode saber quais produtos são mais vendidos e reduzir custos desnecessários, tendo em estoque apenas o que você sabe que irá vender. 

2. Planilha de precificação

Um fator muito importante para a saúde a longo prazo de uma empresa é a precificação dos seus produtos

Os preços praticados devem levar em consideração muitos fatores que não são apenas o preço da concorrência. Quais os custos da sua empresa? Qual a margem de lucro pretendida? Quanto você paga de impostos? 

Com a planilha de precificação, você terá fórmulas prontas e cálculos automáticos considerando as variáveis mais importantes. Reunindo todas as informações solicitadas, você saberá exatamente como precificar seus produtos a fim de ter sucesso e estabilidade a longo prazo no seu negócio. 

3. Planilha para controle de vendas

As vendas da sua empresa são a base que sustenta seu negócio. Por isso, além de estratégias para impulsioná-las, você também precisa de boas ferramentas para observá-las, a fim de otimizar processos logísticos e entender o que funciona e o que não funciona.

Entendendo variáveis como o método de entrega favorito dos clientes, quais produtos vendem mais e quais promoções trazem melhores resultados, você poderá ter uma visão mais estratégica sobre seu negócio. Você pode fazer exatamente isso com essa planilha para controle de vendas

Com esses dados em mãos, será mais fácil planejar os próximos passos do seu empreendimento, investindo seu tempo e dinheiro nas frentes que trazem os melhores resultados. 

4. Planilha de contas para pagar

Atrasos de contas, sejam de empresas ou pessoas físicas, resultam no pesadelo de muita gente: os juros. Todo empreendimento conta com compromissos financeiros externos: prestadores de serviços, fornecedores, empréstimos etc. 

A fim de conseguirem competir com a concorrência, muitos gestores trabalham com margens de lucro muito baixas. Por isso, cada centavo conta no fluxo de caixa do seu negócio. Cumprir seus compromissos financeiros sempre em dia é uma medida fundamental para a saúde do seu empreendimento. 

Com essa planilha de contas para pagar, você terá controle total sobre quais contas precisa pagar, quando, de que valor, além de poder registrar informações adicionais como nota fiscal, número de parcelas, data de vencimento etc. 

5. Planilha de cálculo de CMV

Outro número importante para qualquer empreendimento é o custo de mercadoria vendida (CMV). 

Ao calcular a margem de lucro, muitos negócios passam por dificuldades por considerarem apenas o custo de produção e matéria-prima, sem darem a devida atenção a outros custos relacionados às mercadorias que pesam no orçamento: armazenamento, frete etc. 

Sem considerar cada valor que compõe o ciclo de vida de uma mercadoria, você poderá terminar o mês no vermelho — mesmo que sua empresa tenha um faturamento alto. 

A boa notícia é que você não precisa de conhecimentos de contabilidade para calcular o CMV do seu empreendimento, você só precisa reunir as informações necessárias nessa planilha de cálculo de CMV

6. Planilha de curva ABC + matriz BCG 

A Curva ABC é um método de controle de estoque que hierarquiza seus produtos por ordem de importância, levando em consideração sua taxa de saída e participação no faturamento da empresa. 

Já a matriz BCG é uma ferramenta visual que mede o potencial de crescimento de produtos levando em consideração dois fatores: a taxa de crescimento e a taxa de participação no mercado.

Combinando essas informações com esta planilha de curva ABC e matriz BCG, você poderá observar indicadores que cruzam as tendências do mercado, com os produtos de melhor performance da sua empresa. Isso pode fazer toda a diferença no seu faturamento mensal e na estratégia a longo prazo do seu empreendimento. 

7. Planilha de cadastro de clientes

Esta é uma planilha de gestão importante para desenvolver estratégias que envolvem o público-alvo e a persona do seu empreendimento. 

Reunindo os principais dados sobre seus clientes numa planilha de cadastro de clientes, além de ter mais facilidade para contatos e ofertas no futuro, você pode observar padrões de comportamento e, assim, aprimorar a linguagem usada nos seus canais de comunicação.

Ao conhecer seu público-alvo, você poderá dirigir-se a ele de forma mais eficaz. Falando sua língua e entendendo mais a fundo sobre seus desejos, será mais fácil conquistá-lo ressaltando os pontos do seu produto que melhor se encaixam às suas demandas. 

8. Planilha de fluxo de caixa

Esta é uma planilha financeira focada nos recursos que entram e saem do caixa da sua empresa. Nela, você reúne todos as movimentações feitas a cada mês, desde pagamentos a funcionários e fornecedores, até gastos com impostos e energia elétrica

Visualizando os gastos que tem com cada setor em uma planilha de fluxo de caixa, você poderá saber em que áreas poderá realizar cortes de gastos e em quais você pode (ou deve!) investir mais recursos

Tudo certo para otimizar sua empresa com planilhas?

Todo gestor precisa de controle sobre os números do seu empreendimento e outras variáveis importantes

Usando as planilhas de gestão oferecidas neste artigo, você poderá dormir com mais tranquilidade ao saber que sua empresa está seguindo métodos de controle de estoque, financeiros e de precificação eficazes, seguindo lógicas conhecidas no mercado.

Além disso, você poderá aprimorar a visão estratégica da sua empresa por meio de indicadores como os da matriz BCG e a planilha de gestão de clientes

Seja em qual etapa da sua jornada como empreendedor você estiver, esses recursos lhe ajudarão a calcular melhor os riscos a longo prazo para sua empresa, além de permitirem que você economize tempo, papel e espaço com fórmulas automáticas pensadas para facilitar sua vida. Esperamos que você as use e alcance os melhores resultados. Boas vendas! 

———-

Artigo escrito por Raphael Guedêlha, produtor de conteúdo da Nuvemshop. Já trabalhou como portuário, tradutor, mas encontrou no Marketing Digital o canal perfeito para dar vazão ao que mais gosta de fazer: escrever e ajudar pessoas com suas ideias. 

Comentários