Powered by Rock Convert

O que são Smart Contracts

Com a virada do século, a grande invenção do momento era o sistema que interligava o mundo todo, a internet, que algumas décadas depois tornou-se algo acessível em qualquer local do globo. Por conta dessa grande atualização, apareceu em 2009 a pioneira no setor de criptomoedas, o bitcoin, que fez aparecer no mundo outras moedas virtuais, incluindo as baseadas em Smart Contracts.

Atualmente, diversas moedas virtuais utilizam o conceito dos contratos inteligentes, como o caso do Ethereum e do Cardano, possibilitando uma maneira diferente de comercialização das criptomoedas, além de apresentar ao mundo outra função para o sistema blockchain, que foi revelado por meio da comercialização do Bitcoin.

Quais as mudanças que essa tecnologia ofereceu ao mundo?

Através dos contratos inteligentes, o sistema de criptografia blockchain que é utilizado em várias criptomoedas, como o Bitcoin, por exemplo, passou a ser utilizado em outros tipos de aplicações, expandido a segurança contida nas negociações envolvendo o Bitcoin para outros setores. Antes do surgimento desse tipo de contrato, o blockchain só era utilizado em transações financeira.

Para entender melhor, é necessário entender que o sistema de criptografia blockchain é utilizado em todas as transações que envolvem grande parte das criptomoedas, onde a ferramenta espalha os dados em vários blocos, descentralizando a operação. As informações ficam guardadas em vários blocos de informações, que estão interligados, formando uma cadeia ligada.

Por meio dessa ligação, o sistema funciona e realiza as transações, permitindo o acesso a cadeia somente por quem possui a chave. Isso protege mais ainda as informações, pois caso alguém consiga invadir um bloco, ele conseguirá ver apenas uma parte da informação contida na cadeia, deixando mais seguro a transferência de valores por meio da internet.

Os Smart Contracts utiliza dessa tecnologia de criptografia de dados, só que ao invés de utilizar o sistema somente em transações financeiras, também é aplicado o conceito de proteção de dados em um contrato inteligente. Isso possibilita que as vantagens da segurança blockchain fosse utilizada em outras áreas.

Como funciona os Smart Contracts?

Partindo da ideia das criptomoedas, que é um tipo de dinheiro que só pode ser usado no mundo digital, os contratos inteligentes funcionam de maneira igual. Eles funcionam igual um contrato normal, que serve para firmar parceria entre duas partes.

  • Entretanto, diferente dos contratos convencionais, esse tipo não pode ser adulterado ou perdido, pois além de ser totalmente digital, ele utiliza da tecnologia blockchain, que fragmenta os dados em vários blocos, formando uma rede de informações que só pode ser acessada através de uma chave.

Isso garante que tal contrato assinado seja cumprindo, sendo que ele é auto-executável, garantindo maior segurança a ambas as partes da parceria. Isso fez com que muitas empresas passassem a utilizar desse sistema, dependendo do seu mercado de atuação.

Através dos smart contracts, muitos estabelecimentos passaram a firmar acordos pela internet, tornando mais seguro de que aqueles que fazem parte do contrato cumpram com suas partes. Entretanto, existem outras áreas onde esse tipo de aplicação não é aplicável.

Powered by Rock Convert

Escrever comentário

Shares